Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ainda sobre a pesquisa...

por Holden, em 27.06.11


No levantamento minucioso feito pelo instituto que fez a pesquisa, foi constatado o seguinte? 
49% da população acreditam que Madeira tem credibilidade.

Sabe o que é QUARENTA E NOVE POR CENTO?
Ainda não entendi porque fizeram esse tipo de pergunta às pessoas entrevistadas. Será se houve comparação entre Ildon e Madeira ? 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:48


Os gays resolveram manifestar seus pensamentos boioleticos à diversidade. Só não pensaram antes de agir e arrumaram mais um inimigo, a maioria católica da população brasileira.

Além dos evangélicos que já criticavam incansavelmente a lei homofobica, agora os católicos são os novos adeptos dos “contra gay”

Dona Marta, a senadora dos gays resolveu retirar da pauta a PL 122, a intenção é tentar trocar o nome e mudar a articulação para aprovação da lei. Dona Marta, acredita que o projeto como está, caiu na desgraça da comunidade bem informada. Quer dizer, dificilmente após a nova afronta a sociedade, a comunidade gay terá uma chance de aprovar a lei do capeta, que criminaliza quem diz que gay é gay.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:35



A doutora foi lançada a prefeita. Só faltou as asinhas e o anelzinho para se tornar de vez uma santa.
Será se a administração da doutora, na secretaria de Saúde, teria mesmo razões para uma canonização? 

O blog está fazendo uma solicitação de informações a prefeitura, para termos acesso a belíssima gestão da doutora. Se for comprovado a idoneidade, nós vamos pedir em carta aberta ao papa a santificação da Doutora sorridente. Será mais um favor que faremos a este povo que é santo e que não deve habitar no meio dos impuros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:29


O prefeito Madeira resolveu dar uma voltinha nas quadrilhas juninas. Bem recebido e bem humorado, a população agradeceu a tão honrada visita.  Teve avisos no microfone e mensagens de agradecimento.

Muito diferente do outro prefeito. Que nem no gabinete era encontrado. E a pesquisa?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:15



Governo do Estado quer acabar com a extrema pobreza no Maranhão. Com certeza não será em 4 anos de governo Roseana, por dois motivos:

Eles nunca quiseram fazer nada antes.
E seria matematicamente impossível tal feito em 4 anos.

A ideia do governo deve ser passar a população, que se enquadra na pobreza extrema, para pobre. Será um feito inédito e quase impossível quando não se investe nas pessoas. Fato curioso, é que dias antes da publicação da veja, o parado governo da Roseana resolve fazer esse anuncio.

Na publicação da revista, o Maranhão é comparado aos mais miseráveis do mundo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:10

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] i$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div dir="ltr" style="text-align: left;" trbidi="on"><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-2VqSTS_bCrw/TgiMrfjCNRI/AAAAAAAABHc/tPl3CVLrNJ0/s1600/arraia.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="213" i$="true" src="https://1.bp.blogspot.com/-2VqSTS_bCrw/TgiMrfjCNRI/AAAAAAAABHc/tPl3CVLrNJ0/s320/arraia.jpg" width="320" /></a></div><br />Desde antes de Cristo já havia festa no mês de junho e julho, acendiam-se fogueiras para saudarem o verão europeu, até que o catolicismo fundiu as comemorações pagãs ao aniversário de São João dando origem assim às hoje conhecidas festas juninas.<br /><br /><br />No Brasil, as festas são populares desde 1583. Em Imperatriz sempre tivemos grandes quadrilhas, apesar do tempo ter levado a maioria dos arraiás da nossa cidade. <br /><br />O Estado da Paraiba, Ceará e Pernambuco tem os maiores arraiais do mundo, mas nossa cidade sempre enviou participantes para estes tradicionais arraiais. Através da mirante, o arraiá da Mira, pela segunda vez a quadrilha "Zé Comeu" participará do evento "Festival de Quadrilhas" realizado pela Globo Nordeste.<br />Durante muito tempo essas programações juninas não tinham identidade, ou eram feitas por grupos e organizadores de bairros com dificuldade e muita força de vontade.<br /><br />Agora o "Arraiá do povo Festeiro" trouxe um marco para nossa história e acima de tudo, resgata uma imagem cultural que poderia estar com seus dias contados, a tradicional festa de arraiais e danças de quadrilha.<br /><br />Como citou o profesor Isnandes em seu blog: "<em>Sinto saudade das fogueiras nas portas das casas</em>."<br />Esse é o inicio para o resgate e sem duvida veremos no próximo ano esses costumes de nossa infância restabelecido, assim como já está sendo a “marchinha” e “Jardineira” no carnaval, evento também realizado pela prefeitura.<br /><br />A festa já se consagra como um sucesso de participação e elogios. No facebook, já vemos várias manifestações sobre o evento e mais uma vez temos que parabenizar a fundação cultural pelo sucesso e organização.<br /><br />A grande sensação, para aqueles que prestigiaram foi o “Arraiá do povo feliz”, que é feito pelos freqüentadores da casa do idoso, o pessoal da melhor idade. Uma grande festa, onde o mais novo dançarino tinha 60 anos de idade.<br /><br /><span style="color: red;">Pesquisa: Editora Abril/ Foto:Thiago Sousa/ Escrito por Holden Arruda</span></div>

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:20

Sem cadastro no fundo nacional, cerca de 300 municípios do país correm o risco de perder recursos para o setor a partir de julho
Cinquenta e Oito municipios do Maranhão e Trinta e quatro piauienses terão recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) suspensos porque seus gestores públicos estão descumprindo a Lei 8.142/90, que obriga às Prefeituras Municipais a criar o Fundo Municipal de Saúde para receber os recursos financeiros do Fundo Nacional de Saúde.


Os municípios ainda estão utilizando o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da Prefeitura ou das Secretarias Municipais de Saúde, ato considerado ilegal pela legislação vigente.

O Ministério da Saúde publicou uma nota técnica alertando as Prefeituras para que criassem os Fundos Municipais. No entanto, até esta sexta-feira, 592 municípios brasileiros deixaram de criar o Fundo.


Por conta disso, em reunião realizada pela Comissão de Intergestores Tripartite (CIT) ficou decidido que, a partir do dia 30 deste mês, ficará suspenso todas as transferências financeiras federais para as ações e serviços de saúde nesses municípios.


Ao todo, pelo artigo 4º da Lei 8.142/90, os municípios teriam que ter obedecido seis critérios: Criar o Fundo Municipal de Saúde, o Conselho Municipal de Saúde, ter um plano de Saúde Municipal, apresentar relatórios de gestão anuais, dá as contrapartidas de 15% da arrecadação nas áreas de saúde, possuir Plano de Cargos Carreiras e Salários (PCCS) para os funcionários da saúde.

No parágrafo único do referido artigo, o Ministério da Saúde determina que, nos casos em que os municípios estiverem com os recursos suspensos, o órgão repassará automaticamente os recursos para a gestão do Estado.


No Maranhão a FAMEM, através do seu Presidente Junior Marreca, está avisando a todos os Prefeitos para que as devidas providencias sejam tomadas e os gestores não sejam penalizados.


 Fonte: Blog do SUS

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:51

Daví Jr.: Amador ou armador

por Holden, em 27.06.11

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] i$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div dir="ltr" style="text-align: left;" trbidi="on"><br /><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-DZ4k954x3SI/Tgh5089PqnI/AAAAAAAABHY/DVCgvHYYAGo/s1600/BEBE_C%257E1.JPG" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" i$="true" src="https://1.bp.blogspot.com/-DZ4k954x3SI/Tgh5089PqnI/AAAAAAAABHY/DVCgvHYYAGo/s1600/BEBE_C%257E1.JPG" /></a></div>Após assumir seu segundo mandato, desta vez como suplente, o deputado Davi Jr. Simplesmente sumiu. Até a duas semanas atrás quando foi palco de um possível escândalo a respeito da sala que era do deputado falecido Luciano Moreira.<br /><br /><br />Na semana seguinte o deputado que resolveu aparecer, também resolveu inocentemente emitir uma nota reivindicando uma obra feita pela prefeitura que o seria de sua autoria e que o executivo não teria dado os devidos créditos.<br /><br />Logo depois do <em>chôrôrô,</em> vários blogs lembraram que o Deputado desaparecido ainda é deputado. Se não bastasse sua ausência, alguns recursos que o foram prometidos durante a campanha, simplesmente desapareceram do papel.<br /><br />Um jornal da cidade, diz que a culpa é do próprio deputado que não tem se quer uma assessoria de imprensa, ou se tem, ninguém sabe quem é.<br /><br />A última do momento é saber; Quantos discursos o deputado já fez na câmara Federal. Fizemos uma busca no Google, mas não encontramos ainda nem um.<br /><br />Daví Jr. aguardou por 6 meses para dizer algo. <em>Disse que a obra da ponte do bacuri é sua!</em></div>

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:40

Madeira lidera pesquisa, parte 2

por Holden, em 26.06.11

"Além de a pesquisa ter sido feita por um grupo que não faz parte da atual gestão municipal, os números favorecem bastante o prefeito Madeira."

Madeira lidera apertado a tal pesquisa, o que nos faz refletir sobre os problemas que foram enfrentados, principalmente sobre infra-estrutura nos bairros.
Seria previsível Madeira estar na frente das pesquisas, a cidade tem elevado seu nível de informação, cultura e educação. As faculdades e grandes eventos culturais mostram essa indicação.

O Salimp mais uma vez fecha com sucesso. Eventos como os promovidos pela Fundação Cultural e teatrais crescem em nossa cidade. São provas de uma classe mais bem informada.
Cursos técnicos e profissionalizantes estão lotados. Inscrições para o programa de capacitação da “Suzano” superaram a expectativa.

O Seminário de resíduos sólidos bateu Recorde de presença e inscrição.
Se observarmos atentamente são preocupações modernas e conscientes. Este é o momento que nossa cidade vive a expectativa e observam a perseverança do administrador municipal.

Se novamente analisarmos a pesquisa, veremos que não há novidades. A atual gestão municipal, apenas retoma compacivamente  seus números anteriores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:21

Pesquisa quentinha! Prefeito Madeira comemora junto com o povo.


Acabamos de receber uma pesquisa feita e que demonstra a atual situação política de Imperatriz. A primeira suspeita, é quando os dados vêem do próprio governo, até seria meio suspeita. Mas de onde vem a informação é difícil de ser contestada.

Apesar de todos os problemas enfrentados pelo atual governo, como; bairros e ruas destruídas por conta das fortes chuvas do ultimo inverno.  Apesar de toda a torcida contra a atual gestão;
Pesquisa, quentinha, mostra que o atual governo é a melhor opção para a população de Imperatriz. Com todos os problemas enfrentados, as pessoas acreditam que o prefeito Madeira tem dedicado sua vida a corrigir os problemas da nossa cidade.

E olha de onde vem a tal pesquisa, por ironia do destino. De um grupo que é oposição ao prefeito.
Com certeza, essa é uma bomba para aqueles que torcem para Imperatriz não continuar crescendo, que torcem para não vir empresas de todo o país investir em nossa cidade.

Continue assim prefeito Madeira. Esta é a maior prova que Imperatriz está no caminho certo.

(Não divulgaremos a fonte, nem os números,  pois a pesquisa não foi registrada no TRE. Mas em breve teremos novidades.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:32





“A terminação “istão”, em algumas das línguas faladas na Ásia Central, significa “lugar de morada” ou “território”. Assim, o Quirguistão é o lugar de morada dos quirguizes. O Cazaquistão, o território dos cazaques, e o Tadjiquistão, dos tadjiques. Também por esse motivo, o estado do Maranhão - tão miserável quanto as antigas repúblicas da extinta União Soviética e igualmente terminado em “ão” - poderia muito bem ser rebatizado de Sarneyquistão. Há 46 anos, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), abriga 32 dos cinqüenta municípios mais miseráveis do país


Quando Sarney chegou pela primeira vez ao poder, no longínquo ano de 1965, o Maranhão ocupava as últimas posições do ranking nacional de desenvolvimento. A partir de então, seu grupo venceu dez eleições para governador, chefiou o Executivo local por 41 anos e… conseguiu o feito de nada mudar. O “Sarneyquístão” continua ostentando os indicadores sociais mais vexatórios do país, comparáveis aos das nações mais desvalidas do planeta (veja o quadro). Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) concluído há duas semanas mostra que a pobreza extrema atinge 14% da população. Em 82 das cidades do estado, a renda média é inferior ao que o Bolsa Família paga em benefícios. Outro estudo afirma que 78% dos maranhenses dependem de algum programa oficial de transferência de renda. E não foi a natureza que condenou os maranhenses à miséria.”


Então foi o quê? Leiam a reportagem de Leonardo Coutinho na VEJA desta semana.


Por Reinaldo Azevedo





Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:24


Situada no sertão central cearense, Senador Pompeu ficou administrativamente acéfala durante quatro dias, até o presidente da Câmara de Vereadores assumir a prefeitura, na quinta-feira. Com 26.000 habitantes, ali sequer foram tomados cuidados mínimos para encobrir as irregularidades. 

O esquema era simples. Empresas contratadas em licitações fraudulentas retiam uma "comissão", entre 4% e 5%, sobre o valor das notas fiscais emitidas por serviços de pavimentação, calçamento e construção de açudes que eram executados por funcionários da secretaria municipal de obras.

Cerca de 2,6 milhões de reais foram gastos no município. As empresas suspeitas de participar da fraude têm em comum a figura de Raimundo Morais Filho. Detido em Fortaleza, ele é o dono das empreiteiras Daruma, Falcon, Prátika, Master, Êxito e outras doze que operaram no Ceará desde o final de 2003. "Essas empresas tinham engenheiros, contadores e advogados, mas atuavam sem máquinas ou trabalhadores".

Segundo investigações da PF, as mesmas empresas têm ligações com prefeituras do Maranhão.

Fonte:LiliCarabina/Veja

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:03

Sinto saudade das fogueiras...

por Holden, em 25.06.11


Sinto saudade das fogueiras nas portas nas casas, inclusive na véspera de São João e de São Pedro, da tradição de "passar fogo", do "cumpadi", da "cumadi" e dos "afiados". Acabou, tudo agora gira em torno dos exaustivos ensaios e da competição nos "arraiás" da vida. Saudosista??? Sou mesmo!
(Prof. Isnande Barros)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:21

Essa é a diferença!

por Holden, em 25.06.11



Que no inicio do mandato de Sebastião Madeira, apenas 11 escolas possuíam laboratório de informática montados em toda a rede municipal. Hoje, temos 70 laboratórios de informática na zona urbana e rural e que até 2012 não haverá nem uma escola sem este item básico para o desenvolvimento dos nossos alunos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:58

Vingança

por Holden, em 25.06.11

Neudson Claudino pede a expulsão do Professor Nonato do PSB, alegando que ele teria trazido transtorno ao partido. Alguns anos atrás o professor teria pedido o afastamento de Claudino pelo mesmo motivo.

Apesar de pequeno, o partido é sempre motivo para comentário nos bastidores da política, se não bastasse as duvidas em relação ao qual caminho seguir no cenário político local, as divergências entre os próprios correligionários sempre assumem a frente do debate.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D