Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





É a afirmativa do presidente do sindicato em Imperatriz. Logo que soube do comentário feito em um jornal diário entrou em contato na capital para averiguar a informação.
Segundo o João Assunção, um juiz autorizou a execução do serviço de um bairro ao centro da cidade, devido a deficiência de transporte público coletivo, mas o serviço foi autorizado para veículos particulares, que na visão do magistrado, poderia trazer passageiro e cobrar pelo transporte.
A lei só da direito a exploração do serviço de transporte de passageiro feito por taxi ou ônibus ou moto, mas em nem uma hipótese sem a autorização feito através  concessão pública e de nem uma forma feita por veículo particular.
O sindicato de São Luiz já entrou com pedido de revogação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:24

Vereador

por Holden, em 09.11.11

O  que antes não era praxe, agora virou regra, é a aparição de alguns vereadores em pontos comerciais, no centro da cidade e em alguns eventos de visibilidade.
Um pré-candidato a prefeito da cidade acredita em renovação de quase 100 (por cento), em uma visão mais real talvez chegue aos 70 (por cento), mas o importante nisso tudo é que a população está mais informada e mais atenta.
A observação do primeiro parágrafo foi feita por um eleitor e observador é claro, e para aqueles candidatos que acreditam na displicência e ignorância do povo, deve ficar bem esperto. pois eles estão de olho!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:17

Segundo o índice IFDM (Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal), a cidade maranhense de Jenipapo dos Vieiras é a quarta pior cidade do país em termos de qualidade de vida.
Na lista dos dez piores municípios do país, o Maranhão tem três cidades: Marajá do Sena (1º lugar) Jenipapo dos Vieiras (4º lugar) e São Féliz de Balsas (6º lugar). 
 
Veja a lista : Confira aqui
 
Fonte:Barra do Corda News

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:24

Como faz em quase todo final de semana, a deputada estadual Valéria Macedo esteve mais uma vez visitando os municípios de sua base eleitoral. Desta vez, sábado, 05/11, voltou a Sítio Novo-MA, onde além de manter contatos políticos, participar de reunião com seu grupo, participou da abertura da tradicional Vaquejada, no Parque Protásio José Marinho, naquele município.

Acompanhada de seu esposo, o advogado Marco Aurélio, do pré-candidato a prefeito Wander Inácio (PDT), dos vereadores Levi Marinho e Antonio Coelho, e outros correligionários, Valéria participou do palanque das autoridades e a noite fez questão de conferir de perto o evento que segundo ela o impressionou muito, pela quantidade de pessoas presentes e o nível de organização.

“É sem dúvida uma das maiores Vaquejadas do Maranhão, pois aqui vi gente de toda a região, lideranças políticas, comunitárias e pessoas do povo, que tanto abrilhantaram esse evento tão bem organizado. Sinto-me honrada em presenciar tudo isso e parabenizo os organizadores desta grande festa”, disse Valéria.

Depois de percorrer todo o Parque, observar um pouco a disputa dos vaqueiros na derrubada de bois, Valéria esteve numa das barracas centrais do parque, onde a todo o momento recebia cumprimentos de aliados, políticos da região e eleitores que o abraçavam com entusiasmo, parabenizando a deputada pela sua atuação parlamentar, nesses nove meses de mandato.


“Esses momentos são gratificantes, já que acabam sendo uma forma de nos congratularmos, não apenas entre nós, os políticos, mas também com o povo, que não olha para as divergências ou cores partidárias, quer apenas ver o nosso trabalho, nossa atuação em seu favor”, comentou Valéria, emocionada com a recepção calorosa que recebeu. 
(da Assessoria)


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:43

José Fernandes, um bom secretario!

por Holden, em 06.11.11

O secretário de Agricultura é um dos melhores no governo, com sua ação, humanismo e responsabilidade na condução da pasta.

É isso que cada pessoa que acompanha o trabalho de José Fernandes afirma. Apesar de ter dificuldades como todos, o atual chefe da pasta de agricultura surpreende na forma que conduz seu posto. Muitas vezes sem mencionar, procura discutir e encontrar soluções para problemas de outras pastas, sem olhar a quem e sem desviar o caso para outro secretário, como muitos fazem e dizem: Não é a minha responsabilidade!

Assim deveria ser todos os secretários. Como José Fernandes, é o que o povo diz. Eu somente transmito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:39

Apesar das muitas criticas ao estilo Escórcio, abusado e grosseiro é indiscutivel sua dedicação ao interesse público da cidade de Imperatriz, principalmente quando ao fundo podemos ver Madeira e Chiquinho Escórcio dividindo feitos que melhoram as condições da nossa cidade.

Na mesma proporção o deputado Hélio Santos que recentemente deixou o partido tucano, mesmo partido de Sebastião Madeira sem pelo menos dedicar-se ao fato que o prefeito de Imperatriz foi um dos principais aliados em sua campanha, e quem sabe dar uma satisfação. Hélio Santos pelo pouco tempo que passou de um aliado partidário preocupou-se pouco com nossa região, perdendo feio para o Deputado Escórcio que teoricamente não teria o mesmo compromisso.

Com o intuito de resolver o problema financeiro na área da saúde de Imperatriz, Chiquinho já viajou várias vezes para Brasilia, entre estas, duas na companhia da secretaria dra. Conceição e o prefeito Madeira. De quebra trouxe ainda uma montadora de motos que vai ajudar a grande condição econômica a qual a cidade está passando.

Com a ajuda do deputado, Madeira não deve discordar, mas passa a entender também o quanto é dificil escolher seus aliados, quando ajudou Hélio Santos.

Se não bastasse, o outro aliado, ou ex-aliado Edimilson Sanches passa a ser um dos críticos a gestão atual. Talvez por isso, Madeira preferiu um candidato de Açailândia em vez de Sanches, a pretensa cobra que iria lhe picar, um ano depois.

Com as constantes ajudas vindas de onde teoricamente não deveriam vir, Madeira deve viver hoje a grande controvérsia de sua vida politica. Deveria ter ajudado mais seus inimigos políticos em ter que acreditar no bicho que sonha em devora-lo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:16

Coelho Neto pede socorro.

por Holden, em 06.11.11

O relato ocorreu hoje pela manhã quando o vice-governador Washington Oliveira comentava sobre sua volta ao Estado após passar alguns dias fora do Estado.
·         
·         
Américo de Sousa S.O.S saúde pública de Coelho Neto. Vice-governador o povo de Coelho Neto está morrendo à mingua. Só um hospital funcionando precariamente. Vamos reabrir o Hospital Coronel Ivan Rya para atender o povo de Coelho Neto.

Os comentários na cidade de Imperatriz é totalmente o contrario, justamente por que a atual secretária de saúde de Coelho Neto é candidata a prefeita em Imperatriz. Quem realmente está com a razão. Os moradores que recebem tratamento por lá, ou a turma do DEM que jura que a saúde melhorou?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:08

A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Açailândia ajuizou, em 19 de outubro, Ação Civil Pública por improbidade administrativa contra o prefeito de Cidelândia José Carlos Sampaio. O MPMA pede a devolução ao erário municipal de R$ 919.232,15. A ação foi motivada pelo Acórdão (decisão) nº 52/2011 do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que considerou irregulares as contas de gestão do Fundo Municipal de Saúde (FMS), do exercício financeiro de 2008, apresentada pelo gestor. Interpôs a ação o promotor de Justiça Francisco Teomário Serejo Silva. 


Também foi solicitada a perda da função pública do gestor, a suspensão dos direitos políticos dele pelo prazo de oito anos, o pagamento de multa civil de até duas vezes o valor do dano, a proibição de contratar com o Poder Público, dentre outras penalidades.

Entre as irregularidades constam a realização de despesas sem processo licitatório, sem comprovantes e sem contrato de prestação de serviços. Também foi constatada ausência de demonstrativos de adiantamentos concedidos no exercício de 2008. O prefeito ainda apresentou despesas com pagamento de pessoal sem a assinatura dos funcionários na folha.

José Carlos Sampaio foi condenado ao pagamento dos valores de R$ 185.209,20, em razão das despesas realizadas sem processo licitatório, e R$ 734.022,95, por causa das despesas realizadas sem comprovação.

"Conforme apresentado os fatos, verifica-se que o demandado incorreu em ato de improbidade com prejuízo ao erário municipal", afirmou o promotor de Justiça na ação.

Termo judiciário da Comarca de Açailândia, o município de Cidelândia fica localizado a 597km de São Luís.

Redação: Eduardo Júlio

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:31

Mentir causa câncer na laringe!

por Holden, em 04.11.11
O Ministério da Saúde adverte :

MENTIR DEMAIS PODE CAUSAR CÂNCER NA LARINGE!!!

Fonte: Lilicarabina

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:20

Saiu na primeira pagina

por Holden, em 04.11.11

Muita gente anda comemorando esta primeira página de jornal como uma forma de mostrar ao mundo que o enfermo EX presidente Defuntus Sebentus está se tratando de um câncer em um dos mais caros hospitais da pocilga e ao mesmo tempo um hospital do sistema público de saúde não tem remédio para tratar a população pobre que sofre da mesma doença que o EX presidente.



Na minha visão, o jornaleiro aproveitou o gancho da doença do Sebento e mandou bala na matéria em que mostra o descaso da saúde pública no Brasil.


Acontece que o hospital de Heliópolis é administrado pelo governo do estado de São Paulo, portanto, pelos tucanos do PSDB que são o objetivo máximo na campanha de esculhambação que os PTralhas promovem visando sempre todas as eleições que virão na pocilga.


Todos sabemos que alguns medicamentos para o combate ao câncer que são distribuídos na rede estadual de SP, são mandados pelo ministério da saúde, e sabemso também que estão faltando medicamentos por conta da bandalheira, e da incomPTência dentro do DESgoverno fedemal.


Antes de comemorar temos que saber se o governo de SP está dando mancadas nesse assunto, ou se o governo fedemal anda boicotando os hospitais de SP com fins eleitorais, e ainda, se o jornaleiro que escreveu a matéria faz parte da imprensa independente ou dos ratos da esgotosfera, só aí saberemos em que acreditar.


Por enquanto tudo está no campo da desconfiança ou da guerra de informações.


E...PHODA-SE!!!!

O MASCATE

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:03

“A matéria da Veja é mais uma prova de que o Brasil descobriu Imperatriz”, diz o prefeito Madeira.

O crescimento econômico de Imperatriz continua chamando a atenção do restante do país. Desta vez a cidade foi destaque de matéria na revista Veja desta semana que tratou do crescimento econômico das cidades com mais de 200 mil habitantes do país (excetuando-se as capitais). Segundo a revista, somadas, estas cidades correspondem a 22% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

O texto da Veja diz que Imperatriz é, hoje, “peça-chave no escoamento do minério de Carajás”, e que a cidade “tornou-se um dos principais pólos energéticos do Nordeste”. A matéria destaca o crescimento do comercio e a chegada de novas indústrias à cidade, citando a fábrica de papel e celulose Suzano, que vai gerar cerca de sete mil empregos para a cidade.

O prefeito de Imperatriz comentou a publicação da revista, segundo ele, não é de hoje que o município vem chamando a atenção do restante do país. “A matéria da Veja é mais uma prova de que o Brasil está descobrindo a cidade de Imperatriz e vendo o seu crescimento. Somos uma das cidades que mais cresce no país. Estamos vivendo um momento único, especial e fico feliz que tudo isso esteja acontecendo durante a nossa gestão ”, enfatizou Madeira.

Por fim, a Veja também citou o forte comércio atacadista do município que, segundo a própria revista, “fatura 1,5 bilhão de reais por ano”.

Reação em cadeia

Desde a aprovação da lei municipal que reduziu os impostos para as empresas que se instalarem na cidade, Imperatriz vem sendo alvo de constantes investimentos de nível nacional. O principal destes empreendimentos é a fábrica da Suzano Papel e Celulose, atualmente em construção que com os incentivos e o apoio do Governo do Estado se instala no município. A empresa tem investido na capacitação dos trabalhadores da cidade, priorizando a contratação de mão-de-obra local.

A prioridade pela contratação de trabalhadores que residam em Imperatriz é, inclusive, uma das exigências da já citada lei. O objetivo da Prefeitura e da Câmara é aumentar a oferta de empregos na cidade.

Além da Suzano, outras empresas também se instalaram na cidade. O grupo Mateus instalou uma nova loja na cidade, maior que todas as já existentes no município. No mesmo ramos, o Atacadão, empresa do grupo Carrefour, também inaugurou uma filial na cidade.

No ano passado a Kia inaugurou uma concessionária na cidade. A unidade local tem sido uma das principais revendedoras da marca no país e, por isso, tem recebido, repetidamente, a visita do presidente nacional da empresa, José Luiz Gandini. Em uma desta visitas, o empresário afirmou: “[Imperatriz] é um centro comercial, uma cidade que está desenvolvendo muito. Era o nosso sonho ter um grupo forte aqui em Imperatriz para representar a nossa marca. Sempre foi nossa intenção estar aqui. Em termos de crescimento, é uma cidade que tem futuro no Brasil, porque é uma economia que está crescendo. Nós tínhamos que estar aqui”.

Recentemente foi inaugurado o Tocantins Shopping e, no próximo ano, deve ser inaugurado o Imperial Shopping, atualmente em fase de construção. A cidade também deve receber uma fábrica da Coca-Cola. Recentemente, foi anunciada a chega de uma montadora da Motocargo para o município.

Opiniões

Várias autoridades, empresário e representantes de órgão e instituições já opinaram sobre crescimento econômico da cidade. Um exemplo disto acontece na abertura da XI Feira do Comércio de Imperatriz (Fecoimp), realizada no em setembro. Na ocasião, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII), Gilson Kyt, destacou a vocação do município para o crescimento econômico. “Imperatriz tem vocação para o empreendedorismo, para o desenvolvimento, e vinha um pouco adormecida no decorrer dos anos. Quando o setor público se une ao setor privado, a comunidade cresce. É isso que está acontecendo em Imperatriz”, argumentou ele.

Antes dele, o empresário Marcone Marques, o Marcone Tok Bolsas, explica que as empresas que se instalam na cidade sabem que, aqui, há incentivo. “Essas empresas que estão vindo para Imperatriz não estão vindo por acaso. Eles estão vindo para Imperatriz porque sabem que aqui há um potencial e tem um incentivo muito grande”, disse.

Já o gerente do Armazém Paraíba, Dílson Alves, é enfático ao opinar sobre o motivo do atual crescimento econômico da cidade. ““[É a] administração. É verdade que Imperatriz está ao lado da Belém-Brasília, esta bem situada, tem o rio ao lado, recebe consumidores do Tocantins e do Pará, mas a administração local melhorou muito, isso faz com que a cidade alcance esse progresso. Imperatriz andava somente com suas próprias pernas. Hoje, continua andando com suas próprias pernas, mas com uma grande ajuda da administração local. Isso é a Imperatriz de hoje”, garante.

Este crescimento também chamou a atenção de pesquisadores da Universidade de Campinas (Unicamp) que, atualmente, desenvolvem pesquisas tendo a cidade como um dos locais pesquisados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:42


O município de Porto Franco realizou Sábado, 29/10, juntamente com outros parceiros, o 2º Fórum de Implementação da Política Intermunicipal de Gestão de Resíduos Sólidos da Região Tocantina.

O evento, que teve o objetivo de conscientizar a comunidade em geral sobre a responsabilidade que todos têm com os resíduos sólidos urbanos, destinação final, reciclagem e reaproveitamento, além de preparar os municípios da região para se adequarem á nova lei que trata sobre o assunto, contou com a presença de mais de 400 participantes.

Estiveram presentes profissionais e empresas do setor de resíduos sólidos, os interessados em atuar na área ambiental sob a ótica de seus aspectos científicos e legais, como: advogados, engenheiros, geólogos, químicos, biólogos, administradores, jornalistas, estudantes, professores, ONG’s Ambientalistas, técnicos, consultores, catadores de materiais recicláveis, órgãos públicos federais, estaduais e municipais, secretariais de estado e município que tratem dos negócios da saúde e meio ambiente.

Além do anfitrião, o prefeito Deoclides Macedo, também estiveram presentes os prefeitos de João Lisboa, Emiliano Menezes e Grajaú, Mercial Arruda, representantes das prefeituras de Imperatriz (secretário Enéas Rocha), Estreito e Carolina, e membros do Ministério Público.

O encontro teve como palestrantes o Promotor do Meio Ambiente Jadilson Cerqueira que discorreu sobre Políticas de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010), o advogado Marco Aurélio Gonzaga Santos, sobre Consórcio Intermunicipal sobre Gestão de Resíduos Sólidos e o agrônomo Lourival Sousa Silva (AGED/ACIART) que tratou sobre a Destinação final ambientalmente correta das embalagens de agrotóxicos.


Na abertura, o prefeito Deoclides Macedo disse que Porto Franco, Imperatriz, João Lisboa, Carolina e Estreito estão saindo na frente, criando o Fórum e debatendo o assunto que ele considera de extrema importância já que até agosto do ano que vem os municípios Brasileiros terão que se adequarem às normas da Lei de Políticas de Resíduos Sólidos. “Para isso deverão ser criados Consórcios intermunicipais e parcerias públicas privadas”, afirmou Deoclides, aproveitando para lembrar das obrigações das comunidades, solicitando mais empenho no sentido de evitar jogar lixo em terrenos baldios lagoas e riachos, alertando para os prejuízos tanto para o poder público como para a própria população.

“Estamos saindo na frente, debatendo o assunto para criarmos um consórcio intermunicipal, pois só assim conseguiremos cumprir as novas exigências em relação ao novo ordenamento para os resíduos sólidos e o tratamento com lixo de toda natureza. Sem a união de esforços das prefeituras, empresas privadas e a população de nossa região, será impossível cumprir a Lei 12.305/2010, por isso estamos aqui tomando conhecimento, debatendo para nos juntarmos nessa empreitada”, disse o prefeito pedetista.

Durante seu pronunciamento Deoclides manifestou à representação do município de Estreito o desejo de juntamente com Campestre e Carolina ajudar na gestão do novo Aterro Sanitário que está em conclusão em Estreito pelo Consórcio de Energia de Estreito (CESTE), uma das obrigações do empreendimento para com aquele município.

O representante de Estreito agradeceu e disse que a parceria a ser formada entre esses três municípios será importante e imprescindível, já que Estreito não terá condições sozinho de manter o aterro sanitário devidos aos altos custos exigidos para sua manutenção.

Os demais discursos na abertura dos trabalhos seguiram na mesma linha, sempre apontando para a necessidade de se estabelecer parcerias e consórcios, principalmente entre os municípios menores e com poucos recursos financeiros para mais obrigações que virão em relação ao tema em discussão.

O advogado Marco Aurélio disse que de “acordo com a Lei 11.107/2005, sobre os consórcios, os municípios terão que criar uma associação pública, que é uma espécie de autarquia formada pelos municípios parceiros”. No caso do consórcio liderado por Estreito já há três municípios em fase de entendimento bem avançado, quais sejam, Estreito, Porto Franco e Carolina.

Todas as palestras foram seguidas de amplos debates sobre os temas e ao final grupos de trabalho foram formados, sendo que em breve será divulgado um relatório da conclusão final do encontro.

Outras edições do Fórum estão previstas nas cidades de Grajaú, João Lisboa e Itinga do Maranhão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:13

Pág. 4/4





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D