Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Seguindo pela logica, a tentativa de Jean Carlo, vice prefeito, em formar um grupo de oposição ao PSDB em Imperatriz, formado pela base da presidente Dilma, ainda está acéfala, ou seja, falta um partido: A adesão do PMDB de José Sarney e João Alberto, para a concretização da ideia mirabolante de Jean.

Afinal, não seria a base de Dilma que estariam no palanque dos partidos formados principalmente pelo PC do B, como afirma o vice-prefeito. Em entrevista cedida ao "mega-ultra jornalista" Conor Pires de Farias, Jean confirma a tese. Segundo ele não teria nada de pessoal contra Madeira, estaria apenas seguindo orientação do PDT Nacional, o mesmo que faz parte do governo Dilma, seguindo da maior bancada, a do PMDB e os outros esquerdistas.

Agora Jean passa para a segunda etapa, tentar articular o mais rápido possível com o Sarney e a presença do seu partido no palanque, visto que Ildon corre contra o tempo para estar com seu "Nada consta" no bolso. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:25


em meio a uma disputa pública com o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes, o ex-presidente Lula disse ontem ter de "tomar cuidado" em relação a "uma minoria" que não gosta dele. No mesmo dia, recebeu afagos da presidente Dilma Rousseff. Em Brasília para participar de um evento da ONU, Lula iniciou o discurso dizendo, sem citar nomes, que os que não gostam dele "estão aí, né, no pedaço". "Você sabe que tem muita gente que gosta de mim, mas tem algumas que não gostam. Eu tenho que tomar cuidado contra essas [pessoas]. São minoria."
.
Em sua fala ontem, Lula também fez críticas à imprensa ao falar da criação do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome. "Diziam que era assistencialismo, demagogia, 'tá incentivando o pobre a ser preguiçoso, e ter mais filho', numa demonstração de que para ser um bom jornalista não é preciso ficar com a bunda na cadeira. Mas ir para rua ver como vive o pobre", disse o ex-presidente à plateia. 

"Eles não sabiam que tem catador de papel que são mais formadores de opinião publica que alguns pseudo-sabidos aparecem na televisão ou escrevem nos jornais", completou. Pela manhã, a presidente Dilma Rousseff aproveitou um evento no Palácio do Planalto para fazer uma espécie de desagravo a Lula."As pessoas nos lugares certos e na hora certa, elas mudam os processos e transformam a realidade. E por isso eu queria, de fato, aqui, fazer uma homenagem especial ao presidente Lula", disse ela. Neste momento, a plateia levantou-se e entoou um "olê, olê, olê, olá, Lula, Lula". Dilma almoçou depois com o ex-presidente. (Folha de São Paulo)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:02

Pág. 6/6





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D