15 março 2013

Audiências publicas: Coração dos vereadores não aguentam mais tanta pressão...


A audiência publica do transporte coletivo de Imperatriz trouxe aos bastidores da câmara de vereadores alguns fatos que podem direcionar a uma inovação política nas próximas eleições municipais, é o fim da safra de vereadores com a idade "meio" avançada.

Acontece que alguns vereadores tiveram que ir, literalmente, para a "água com açúcar" para controlar a pressão arterial e não correr o risco de um infarto ou uma parada cardíaca   O aumento de pressão foi tão grande, que alguns parlamentares já se limitaram a não comparecer mais nas audiências publicas e refutam suas condições de saúde de permanecer nelas. Um vereador comunicou aos companheiros de parlamento a decisão, inclusive, apresentando a sua filha que passará a ser a candidata do clã. - A mesma já até assiste as sessões.

Outro caso é o de um presidente de comissão, que passou mal no dia da audiência e teve que ser levado às pressas para uma sala ao lado do auditório, na correria o vereador disse: “Preciso preparar meu filho, pois eu não aguento essa pressão”, finalizou, enquanto outros companheiros perguntavam se não seria preciso ligar para o 192. Outro legislador, prevendo que sua comissão pode ser envolvida a qualquer momento em uma audiência e que o mesmo poderá ter que intermediá-la, já avisou: “Estou ficando velho, não aguento mais isso.”

Este é o termômetro das últimas audiências realizadas na câmara, que além da policia; que deve estar presente para conter os ânimos de alguns baderneiros, deve ser disponibilizado uma ambulância com médicos e enfermeiros, para controlar a pressão arterial dos vereadores.



Postar um comentário