13 março 2013

IDADE DA PEDRA: blogueiros e jornalistas sem internet na câmara de Imperatriz...


É visível a grande quantidade de jornalistas que tem ocupado as sessões da câmara de Imperatriz, mas é mais visível ainda, é a condição a que estes estão se submetendo para coletar suas pautas e informações diárias, para ser encaminhadas às suas redações. Eu cito a sala de imprensa Wilson Alisson, ou a cabine de imprensa, como é mais conhecida.

Apesar de estar disponível a conecção wifi ela nunca conecta, dificultando uma transmissão simultânea. 

Os jornalistas ou blogueiros, juntos com os vereadores, são personagens da democracia, pois ajudam a divulgar os erros e acertos do legislativo municipal, os jornalistas não tem disponível as condições básicas para construir a notícia; Internet (wifi) que simplesmente não funciona, não existe cadeira com escrivaninha e nem cadeira suficiente para atender os jornalistas, o resultado é o que todos que trabalham nesta área já conhecem.

Se o espaço não é suficiente, a saída viável é a câmara de vereadores se modernizar e transmitir as sessões ao vivo pela internet, ou até, na mais distante das hipóteses, transmitir a sessão em vídeo em tempo real, também pela internet.  
Na cidade de Grajaú já foi testado tal feito, mesmo a conexão sendo uma das piores que possa existir, só foi cancelado porque a câmara deixou de pagar a empresa que instalou o equipamento.

Tenho certeza que a sociedade, que muitas vezes não tem tempo para assistir as sessões, ficaria satisfeita em saber como funciona a câmara de vereadores de Imperatriz.

Postar um comentário