30 março 2013

Sou negro, pobre e gay...


...Se bem entendi, foram estas as palavras do boi tangido que foi preso na manifestação contra o deputado Marcos Feliciano.
Bem, após as leis das cotas, eu já nem sei direito quem é negro ou não, pobre e gay vá lá.
Mas o cidadão de estereótipo PTralha chamou o deputado de racista e conseguiu o que queria, tumultuar a sessão, ser preso e acusar a polícia legislativa de truculência.
Todo esse movimento contra Feliciano é jogo de cartas marcadas, estão usando o politicamente correto para abafar tumultuar e manter espaço na imprensa diariamente.
Se o Feliciano sair é a mostra de que a democracia já era, pois uma minoria de 200 ou 300, se tanto, conseguiram calar os votos de mais de 200 mil que elegeram o polêmico deputado.
E os PTralhas sempre disseram que quando Genoíno foi eleito era a vontade soberana do povo, e por enquanto a soberania do povo está ganhando de goleada contra os manifestantes.
O duro mesmo foi ver uma parte dos artistas...os mesmos de sempre, fazendo coro aos bovinamente tangidos contrários ao Feliciano.
Mas, os artistas se preocupam tanto com o país e não dão um pio contra os bandidos que estão na CCJ e continuam deputados?
Eita país de hipócritas!!!

FORÇA FELICIANO!!!
Sua manutenção nos direitos dusmanus é o contra ponto ao bandoleiramente corretos que usam os idiotas para desviarem as atenções.

Ahhh na minha visão, o manifestante preso deveria responder processo por falsidade ideológica. Pobre e gay...até pode ser mas, negro?
E PHOD@-SE!!!

Du blog Mascate
Postar um comentário