16 março 2013

Valéria reivindica melhorias para a segurança pública da região tocantina


A deputada estadual Valéria Macedo (PDT), esteve quarta-feira, 13, em audiência com o Secretário de Estado da Segurança Pública, Aluísio Mendes, quando fez várias reivindicações de melhorias para segurança pública da região tocantina.
Valéria estava acompanhada do presidente da Câmara Municipal de Ribamar Fiquene, Júlio César e do secretário de Infraestrutura de Campestre, José de Morais, que representava o prefeito Valmir (PT).

A parlamentar pediu ao secretário que aumente o efetivo do policiamento militar nos municípios de Estreito, Porto Franco, Ribamar Fiquene, Montes altos, Sítio Novo, Lajeado Novo e São João do Paraíso; solicitou novas viaturas e imediatos consertos das viaturas existentes nos citados municípios; a instalação de delegacias e a efetivação de delegados em todos esse municípios já que até o momento essas localidades ainda não contam com o serviço desse profissional, uma garantia jurídica para a população.

“Todos os municípios citados estão com contingentes policiais insuficientes, as viaturas necessitando de reparos e troca de peças, principalmente os municípios que são cortados pela BR-010 (Belém-Brasília) e Br 226, além de importantes rodovias estaduais e trecho da Ferrovia Norte Sul. Diante do fluxo de pessoas e dos investimentos econômicos nessa região necessitamos da urgente  intervenção do estado para o combate a violência que só tende a aumentar”, diz Valéria.

O secretário garantiu a recuperação das viaturas de Campestre do Maranhão, como também se comprometeu que até junho deste ano vai colocar um escrivão de policia e um agente para atender a população campestrina.

Para Ribamar Fiquene, Aluísio garantiu o retorno do livro de ocorrências e em futuro próximo um escrivão e um agente de investigação policial. Já para o município de Lajeado Novo garantiu o retorno da viatura que está em conserto. 

Sobre o aumento nos efetivos policiais dos municípios, o secretário informou que a convocação dos policiais concursados do ultimo concurso realizado, vai aumentar o contingente policial em torno de 1.100 policiais que serão distribuídos  no interior do estado, como também os 50 delegados que serão lotados ainda esse ano e mais 50 ano que vem.

“Infelizmente o Maranhão ainda está longe de atingir a recomendação aceitável pela ONU que é de 1 policial para 300 habitante. E com a posse desses (mais 2.000 policiais), o efetivo dos policiais militares ainda vai ser de 1 policial para 692 habitantes”, disse Aluísio, alegando que essa dificuldade se dá pelo fato de o Estado do Maranhão passar 20 anos sem realizar concurso público nessa área.

A deputada cobrou também a instalação nos municípios maranhenses das Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher, obtendo do secretário a garantia que até o final de 2014, o estado implantará essas especializadas em pelo menos 18 regionais do estado.
Na oportunidade, Valéria cobrou também a instalação de IMLs em Estreito e Balsas, no sul do estado, aproveitando para lembrar ao secretário da importância dos mesmos devido a distância para imperatriz e também das dificuldades geradas pela demanda.
Aluísio Mendes respondeu que apenas Balsas, Pinheiro e Maracaçumé estão previstos a implantação de um IML este ano, quanto a Estreito seria acatada a indicação para o ano que vem em diante, após previsão no orçamento estadual.

“Em toda a região temos apenas um IML, em Imperatriz, o que é insuficiente, causando transtornos aos entes queridos daqueles que na hora de descansarem em paz necessitam desse serviço. Muitas vezes aguarda-se mais de um dia para a liberação de um corpo”, informa Valéria.
Postar um comentário