15 abril 2013

Inferno Astral: VBL é denunciada no Estado e pode perder linhas intermunicipais...


A empresa VBL foi um dos temas para um discurso no encontro dos legislativo organizado pela Assembleia Legislativa do Maranhão.
O evento ocorreu neste sábado no Hotel posseidon e teve a presença de vereadores de vários municipios da região e Deputados Estaduais.,

A queixa apresentada por uma vereadora do Amarante já havia sido motivos de um discurso do deputado Bira do Pindaré (PT). Segundo a vereadora, no uso da sua palavra, a empresa não teria mais condições de prestar o serviço com qualidade, portanto, deveria ser aberta em regime de urgência uma nova licitação para concessão para que outra empresa viesse a prestar o serviço. Segundo o presidente Arnaldo Melo, o pedido será encaminhado para a agencia de transporte do Estado, responsável pelo fiscalização serviço.
A empresa que presta o serviço de transporte em Imperatriz, é detentora da linha intermunicipal que liga Imperatriz a Amarante.

A empresa VBL já teria enfrentado o governo Roseana em outras ocasiões o que poderá apressar a execução por parte do Estado, segundo informações prestadas ao blog, a empresa teria entrado com uma ação contra o governo, mesmo não estando atendendo a contento a prestação do serviço na linha intermunicipal.  Outro fator que pode pesar na balança  pode ser a ligação da empresa com o governo Jackson, onde na oportunidade, a empresa teria sido favorecida com uma linha saindo de Porto Franco com destino a São Luis, que foi cancelada logo após a cassação do ex-governador. Na oportunidade, a empresa que caracterizou seus ônibus com o nome “IMPERATRIZ”, promoveu coquetel em um grande evento onde anunciou o inicio dos trabalho, mas foi impedida no dia seguinte pela Geinfra, órgão fiscalizar do transporte no Estado.

É mais uma batalha a ser travada pela empresa VBL, que vive seus "dias de cão" perante a sociedade, mas não porque o povo é mal, mas exatamente por que a empresa relaxou na prestação do serviço e passou a oferecer um serviço de qualidade duvidável em toda a região, mesmo tendo viabilidade econômica e sem concorrência, impôs ônibus sucateados aos usuários da região, em um dito popular poderíamos afirmar que: A VBL  pode ter cavado sua própria cova.
Postar um comentário