24 junho 2013

População abandona movimento que se tornou politiqueiro em Imperatriz

Sem a mesma repercussão, protesto em Imperatriz frustra por ter proposito eleitoreiro.

Era de se esperar que a adesão ao movimento em Imperatriz não aumentasse e de fato, não ocorreu. Frustrados, alguns aproveitadores do movimento que cresceu nacionalmente, em função dos desmandos do governo Federal com a saúde e educação, tentaram vincular uma bandeira política de um vereador e usaram o anseio do povo para dizer que o problema seria a empresa de ônibus VBL, que na verdade, serve de bandeira política para uns poucos da esquerda farsista.

O #vaiprarua da semana passada, verdadeira e legitimo, servia para repudiar a roubalheira petista, mas, propositalmente, para evitar tal desgaste na região onde “o bolsa família” impera, usaram os manifestantes de chacota e contra a empresa de ônibus. De fato que, o serviço de transporte urbano precisa urgente de uma reparação e não somente na empresa, mas em todo o sistema, assim como em todo o Brasil, mas exatamente por estar ligado a uma bandeira eleitoreira a quantidade de pessoas que participaram hoje, com relação ao primeiro ato, virou um desastre para quem acreditava no aumento da adesão, diminuiu. 

O verdadeiro movimento, não politizado, caminhou contra a PEC 37 e a 33, o problema é que boa parte dos manifestantes se quer sabem do que se trata, mesmo sendo tão debatido, jovens até do curso de direito de uma faculdade de Imperatriz chegaram a dizer que o movimento era legitimo, mas realmente, não souberam se quer avaliar as duas PECs.  Então ta.

Depois de hoje, dificilmente os mesmo lideres terão coragem para seguir com a bandeira seja ela do que for; primeiro porque não passam de meros aproveitadores, segundo porque tentam desvincular a causa, construindo factoides e tumultos por onde passam.


Se quiserem continuar, sigam em frente. Mas sozinhos, pois em torno de 80% das pessoas que participaram do movimento anterior felizmente perceberam que estavam sendo feitos de marionetes políticas da oposição, com carro de som e tudo, menos legitimidade e moral pra reivindicar alguma coisa.
Postar um comentário