08 julho 2013

Banco do Brasil aumenta agencia mas não diminui a incompetência...

A desculpa (esfarrapada) de um funcionário do Banco do Brasil, agencia da praça da cultura, sobre a falta de caixas eletrônicos funcionando e de, (pasmem) papel para impressão, resume, sem meios termos, a incompetência e desorganização que são submetidos os clientes do Banco do Brasil em Imperatriz. Segundo ele, o motivo seria a grande quantidade de saques feita por servidores do Estado, como se fosse um ocorrido esporádico e não corriqueiro, como é o pagamento dos servidores, e isso, por volta de 16 horas da tarde de hoje (08).

Sem projeção também é a incompetência. Mas o que ocorre de verdade, é que os bancos em Imperatriz, desprovidos de qualquer fiscalização ou controle, pintam e bordam com a cara dos clientes, abusando da incompetência e fazer o minimo no qual é a obrigação de um banco, atender. No caso do BB, Banco do Brasil, tanto a agencia Central quanto os demais, fingem que prestam um serviço eficiente e os clientes, insatisfeitos, fingem que são bem atendidos.

No mês passado, um servidor do BB, conhecido por David, maltratou gravemente um cliente, e até o momento continua no mesmo balcão, fazendo atendimento e provavelmente maltratando mais pessoas.

Dentre todos os caixas do BB, agencia da praça da Cultura, somente dois estavam funcionando hoje.


Definitivamente, é muita incopetência.
Postar um comentário