20 agosto 2013

PEC 300: policiais cobram aprovação da matéria...

Mão no vespeiro – Manifestantes ocuparam a Câmara dos Deputados nesta terça-feira (20) para cobrar a votação, em segundo turno da Proposta de Emenda Constitucional nº 300, que cria um piso salarial para os policiais em todo o País.
Quando foi apresentada no plenário da Câmara, em 2010, a matéria recebeu o apoio de muitos parlamentares porque o ano era de eleições. Na ocasião, o ucho.info alertou para o perigo da PEC 300, uma vez que colocaria obrigaria muitos governantes ao descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal.
Diante do impasse, o governo federal, à época sob o comando do populista Luiz Inácio da Silva, prometeu criar um fundo, com duração de quatro anos, para ajudar no pagamento da diferença salarial, mas a proposta saiu de cena com a mesma rapidez que surgiu.
Aprovada em primeiro turno, a matéria foi colocada na fila de espera no vácuo da pressão feita por diversos governadores, que sem o tal fundo do governo federal não têm como pagar um salário maior aos policiais. Alguns dos mais efusivos defensores da PEC não mais estão no parlamento, mas a matéria deve ser alvo de protestos dos mais variados.
Nesta terça-feira, no plenário da Câmara os manifestantes exibiam uma faixa cuja inscrição permite imaginar o que pode ocorrer se a matéria não for aprovada: “Sem PEC, sem Copa”. Ou seja, durante a Copa do Mundo o Brasil poderá enfrentar um blecaute policial, o que comprometerá a segurança do evento.
Ucho.info
Postar um comentário