04 agosto 2013

Prefeitura deve regularizar pelo menos 80 mil imóveis em Imperatriz

Primeiros 500 documentos foram entregues neste sábado. Mais 3 mil já estão praticamente prontos
           
O sonho da legalização do imóvel. Muita gente espera isso há 10, 20, 30, 40 até 50 anos, como a dona Zenaide Lopes Soares, 84 anos, 40 deles lutando pelo título de sua casa, que apos quatro décadas de espera, depois deste sábado (3), pode dizer: agora sou proprietária do meu maior bem, o meu lar.
              
Em solenidade realizada na manhã de ontem, o prefeito Sebastião Madeira, e o secretário de Estado da Infraestrutura Luís Fernando, acompanhados do secretário municipal de Regularização Fundiária (Serf), Daniel Souza, e do Deputado Estadual Leo Cunha, fizeram a entrega dos primeiros 500 títulos de propriedades aos moradores de vários bairros de Imperatriz.

O evento, que aconteceu no auditório da Universidade Aberta do Brasil (UBA), localizada na Praça União, no Centro, contou com a participação de lideranças comunitárias, vereadores, secretários municipais, autoridades civis e militares, foi pautado pela alegria e emoção de cada cidadão beneficiado com o maior programa de regularização fundiária urbana do estado do Maranhão.

Madeira foi recebido com alegria pela comunidade que lotou o auditório, entre abraços calorosos e aplausos pela iniciativa de promover, depois de décadas de espera, pela emissão de títulos de propriedades pelo município de Imperatriz.
Na ocasião, o gestor municipal destacou que a entrega do documento [título definitivo] representa a “carteira de identidade” do imóvel do cidadão beneficiado pelo projeto de regularização fundiária. “Queremos até o final do nosso governo beneficiar o maior número de famílias com a entrega de pelo menos 80 mil títulos definitivos”, garantiu o prefeito ao anunciar que pelo menos mais três mil títulos já estão praticamente prontos para serem entregues nos próximos dias.


O prefeito agradeceu as parcerias com o legislativo e demais órgãos e instituições que prestam serviços à comunidade. Ele destacou o empenho do Secretário Luis Fernando, que se sensibilizou com a questão fundiária da cidade e viabilizou o processo de titulação dos imóveis da Vila Cafeteira, área do estado que ocupada há mais de 30 anos. "Quero agradecer o apoio do Luis Fernando que levou à governadora a necessidade de regularizar a área da Cafeteira onde a entrega dos títulos já vai ser realizada em Setembro".
Representando o Governo do Estado, Luis Fernando, parabenizou a gestão municipal pelo ato de coragem. "A questão fundiária é um dos principais problemas urbanos de um município, que o Madeira e sua brilhante equipe estão enfrentando com êxito".
Em seu pronunciamento, o titular da Secretaria Regularização Fundiária Urbana em Imperatriz, Daniel Sousa, destacou a celebração da cidadania por meio do trabalho do órgão.    "O problema e antigo e ninguém ousou enfrentar anteriormente. Mas o prefeito firmou esse compromisso, e assim como em todos os outros, esta honrando sua palavra, por meio do trabalho de uma equipe comprometida em garantir a documentação dos imóveis em situação irregular na cidade. hoje tenho a honra de anunciar que alcançamos a nossa primeira meta com a entrega de 500 títulos definitivos de propriedade gratuitamente a comunidade".

Zona rural - Na cerimônia de entrega dos títulos  realizada ontem,  o prefeito recebeu do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agraria (Incra),  cerca de 800 hectares doados pela União ao Município de Imperatriz, para que a Prefeitura efetue a regularização das terras dos povoados 1.700 e Coquelândia, na zona rural de Imperatriz.
Na ocasião José Inácio Sodré, Superintendente do Incra no Maranhão, observou que Imperatriz sai na frente com a primeira Secretaria Municipal de Regularização Fundiária do Maranhão. "Imperatriz dá um passo importante para mostrar para todo o Maranhão que o desafio de regularizar individualmente os imóveis de cada município é possivel". (Da ASCOM)
Postar um comentário