12 novembro 2013

Amapá: Sarney costura candidatura unica ao Senado


O senador pelo Estado do Amapá e ex-presidente da republica, José Sarney, está, desde o final de semana em Macapá, capital do Estado, onde, reúne-se com lideranças políticas e políticos.  O objetivo do Senador, que tem a fama de aparecer somente em épocas de eleição, é viabilizar uma candidatura única ao Senado, alem de registrar sua
biometria no TRE, que encerra o cadastramento até o final deste mês.

Segundo o que informou o jornal da capital "aqui Amapá", o Senador teria recebido a informação de prê-candidatos, que não concorrerão ao mandato, deixando livre o caminho para Sarney.

Apesar do governador João Capiberibe, ser rival histórico do Senador, os dois mantiveram conversas que podem, de certa forma, ser avaliada como o sinal positivo para a proposta de Sarney. Capiberibe, que é do PSB de Eduardo Campos, tenta inaugurar a ponte da integração, que liga Amapá a Guiana Francesa, mas recebeu o recado da embaixada francesa que somente com a presença da presidente Dilma a ponte será inaugurada, o que obrigou o governador a tratar pessoalmente sobre o tema. Segundo informações palacianas, Sarney teria ligado para a presidente que confirmou a inauguração para o final do ano. Capiberibe concorre a reeleição.

No Maranhão ventila-se a possibilidade da governadora do Maranhão  Roseana Sarney, vir também a ser candidata ao senado, o que destaca o poderio do clã em suas estratégias políticas, elegendo, se as eleições do próximo ano se confirmarem, dois Senadores da mesma família.


Postar um comentário