07 janeiro 2014

Obras da Beira Rio e Calçadão prosseguirão em ritmo normal, garante secretário de Infraestrutura

“As obras que estão sendo realizadas na Beira Rio e no Calçadão vão ter prosseguimento até sua conclusão final, quando então serão recebidas e pagas pela Prefeitura de Imperatriz”. A informação foi prestada pelo engenheiro Roberto Alencar, secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos.

Obras da Beira Rio
            O secretário esclareceu à imprensa, que apesar da enchente do rio Tocantins ter causado uma erosão na obras de contenção da Beira Rio, nenhum prejuízo foi tomado pela Prefeitura de Imperatriz, conforme especulam alguns setores da imprensa. “Se existe prejuízo, este é da empresa construtora responsável pela obra”.

            Roberto Alencar esclareceu, ainda, que a Prefeitura não mediu, nem recebeu a obra que ainda está em sua fase inicial. Ele observa que a obra começou a aproximadamente quatro meses, porém somente o calçamento da lagoa II é que foi concluído. Agora vai começar o calçamento da lagoa I, da praça e quadra esportiva, para depois chegar à zona das peixarias.

            O engenheiro afirmou que as obras da área de contenção devem ser suspensas durante o período invernoso. Alencar garantiu, entretanto, que as obras de calçamento prosseguirão durante todo o inverno. “Portanto, quero deixar claro que a Prefeitura de Imperatriz não tomou nenhum prejuízo, a não ser pelo atraso da obra de contenção”, afirmou.
Obras do Calçadão

            Calçadão - Com relação às obras do calçadão, o secretário municipal de Infraestrutura garantiu que elas serão retomadas a partir da próxima semana. Informou que a construtora responsável pela obra vai fazer uma drenagem com o objetivo de sugar toda água empoçada na parte do calçadão que já se encontra revitalizada.
            Roberto Alencar afirmou que a empresa vai iniciar a obra na outra parte do calçadão, porém somente com a conclusão de toda obra é que o Corpo de Bombeiros vai fazer um teste visando constatar a qualidade da obra. “Depois do teste feito pelos bombeiros é que a prefeitura fará a medida para então realizar o pagamento da obra caso ela tenha passado no teste”, concluiu Alencar. (Domingos Cezar/ASCOM)
           

            
Postar um comentário