22 fevereiro 2014

Hamilton articula e convence Silva e Esmeradson a não antecipar eleição

Não há quem duvide do poder de articulação do presidente Hamilton Miranda, apesar de não apresentar nenhum charme político.  

No entanto, Hamilton é reconhecido por articular inteligentemente as suas pretenções, sejam elas quais forem, e até dirimir, como ocorreu agora em fato recente, mexidas políticas que possam, de alguma forma, diminuir sua posição de líder maior no legislativo municipal.

Havia nos bastidores dois ensaios para antecipar a eleição da mesa da camara; Um articulado pelo vereador Silva, que deseja ver o vereador Zé Carlos presidente, o outro pelo vereador e vice presidente da câmara, Esmeradson de Pinho.

Hamilton, por sua vez, conseguiu em uma breve articulação desmanchar as duas possibilidades. Com a primeira prometeu que garantirá a sucessão, se estes não adiassem o processo, pois, segundo ele, uma eleição antecipada o traria certo desgaste, o que ele não deseja de forma alguma, por atrapalhar suas pretensões políticas futuras, que envolvem de forma antecipada, e até conturbam o cenário político local, de ainda ser o sucessor de Madeira. Esmeradson também foi convencido de desistir do processo, desta, Hamilton, articuladamente, trouxe o vereador para a mesa de negociações e disse que essa disputa apenas desgastaria a ambos, convencendo o vereador a também desistir de adiantar o processo.

O receio porem passa por outro processo; O da eleição Estadual, com uma provável eleição do comunista Flávio Dino, se confirmando o que apresentam as pesquisas hoje, interromperia o objetivo dos pretensos, que vêem a possibilidade da eleição cair no colo do vereador Carlos Hermes, também comunista.

E é exatamente isso que incomoda tanto os vereadores.


Postar um comentário