28 fevereiro 2014

Prefeito de João Lisboa refuta declaração de vereador larroquino e diz que FPM sempre foi para Senador La Roque.

O prefeito de João Lisboa disse estar pronto para cuidar dos povoados do Centro do Zezinho, e que sempre o fez mesmo com os recursos indo para Senador La Roque.

O prefeito de João Lisboa, Jairo Madeira, refutou as declarações do vereador da cidade de Senador La Roque, Bartolomeu Gomes (PDT), sobre a questão limítrofe entre as duas cidades, e disse conter inverdades quando o mesmo diz que “João Lisboa estaria recebendo os recursos do Governo Federal para administrar os povoados, mas Senador La Roque que estaria sendo responsável pelos moradores"(sic). (Veja aqui)

                     Jairo Madeira disse que os recursos da Atenção Básica e da educação são recebidos pela prefeitura de Senador La Roque, e disse que; dizer que Senador La Roque não recebe os recursos para cuidar dos povoados é uma mentira que vem sendo divulgada ao longo dos tempos; “A população sim é contada para João Lisboa, mas mesmo assim nem no FPM recebemos recursos a mais”.
"Sempre cuidei dos povoados, mesmo com os recursos
indo para S.L. Roque" (Jairo Madeira)

O prefeito Jairo Madeira explica que antes de iniciar a sua gestão no inicio de 2013, João Lisboa já possuía o coeficiente 1.2, e continua nesta mesma faixa, para mudar para 1.4 seria necessário que tivesse mais de 23.773 habitantes. Atualmente, segundo dados do ultimo censo do IBGE, a população é de 23.450 habitantes. Jairo Madeira disse ainda, que nunca se negou a dar assistência para as pessoas dos povoados em questão, que diariamente são atendidos em nosso Hospital Municipal e nas repartições publicas e lamentou não poder cuidar da Educação e do PSF, Iluminação Pública e outras demandas, pois, segundo ele, os recursos, de fato, são destinados para Senador La Roque, e ainda queixou-se de estar sendo impedido de atender os povoados; “Já tentamos levar as ações do nosso governo àquela região e somos impedidos, a última iria ocorrer no sábado dia 15/02 e fomos avisados um dia antes que um pequeno grupo articulado pelo prefeito Chico Nunes estaria prontos para impedir a nossa entrada nos povoados”, denunciou. 

O prefeito Jairo Madeira afirmou ainda, apoiar a decisão da justiça em 2012, que, para ele, “corrigiu uma grande lesão ao município de João Lisboa provocada pela lei criada pelo deputado Hélio Soares (considerada inconstitucional pela Justiça) que depois de concedermos território para criação de senador La roque e Buritirana a lei  transferiu ilegalmente a metade do município de João Lisboa (mais de 600Km² e 3.000 habitantes)para senador La Roque,  o que constitucionalmente inadmissível, deixando João Lisboa menor que os municípios emancipados” e finalizou se colocando a disposição para administrar os povoados em questão.  
 

Postar um comentário