11 março 2014

Venezuela: filas enormes para obter comida e braço marcado feito gado

O socialismo do século 21 é muito parecido com aquele do século 20. Seu resultado é invariavelmente o mesmo: miséria, caos social, escravidão. As prateleiras vazias costumam ser a sua marca registrada. Filas enormes surgem a todo momento para as coisas mais básicas. A burocracia poderosa se beneficia, um grande mercado negro aparece, e o povo fica de barriga vazia.
Segundo o site Business Insider, os venezuelanos já estão sendo marcados com números nos braços, feito gado, para ter acesso aos poucos produtos nos mercados. É o governo tentando organizar a desgraça que criou, colocar as imensas filas em ordem. São imagens como esta:
Essas filas estariam se formando em cidades menores, não em Caracas (ainda). O racionamento já teve início, com cada um tendo uma quantidade limitada de produtos que pode adquirir. A imagem abaixo, uma fila para o supermercado San Cristobal, a 660 km de Caracas, dá uma boa ideia da situação:
É esse o “progresso” que o PT defende e pretende importar para o Brasil. Para o ex-presidente Lula, isso tudo é fruto do “excesso de democracia” do país vizinho. A presidente Dilma prefere apoiar Maduro em vez de defender o povo nas ruas desesperado em busca de mais liberdade e, como vemos, alguma comida. O socialismo jamais foi capaz de produzir riqueza. Nada mudou. Inclusive a incrível incapacidade de aprender com os erros passados…
Rodrigo Constantino
Postar um comentário