08 abril 2014

Com Edinho Lobão, Hamilton Miranda assiste seu projeto pessoal afundar.

Não deu outra, com os recentes acontecimentos no meio político estadual, como a renuncia da pré-candidatura de LF e o surgimento quase que como uma catástrofe do agora pré-candidato Edinho Lobão, também se assanharam os ânimos do presidente da câmara, Hamilton Miranda, que já vê na desgraça do próprio grupo, - cercado em meio a uma crise de reestruturação - ,afundar também seu projeto pessoal. 

Ildon e Lobão, eternos aliados.
O presidente resolveu atirar no governo Municipal, a quem se julga aliado, e diz faltar mais comunicação do governo com os problemas das classes organizadas, aquelas, para quem não lembra, as mesmas que Hamilton Miranda, volta e meia, esturra contra elas.

O que deseja o presidente é aparecer em meio a crise do seu grupo, e a oportunidade de tentar desbancar um provável ressuscitamento do ex-prefeito Ildon Marques, único, que a essa instancia, atrapalharia os projetos de Hamilton, se a indicação de Edinho como candidato do grupo Sarney vir realmente a se fortalecer. 

- Isso é tudo que não esperava o presidente.

Lobão e Edinho são aliados de primeira hora do ex-prefeito, que já até deu uma mãozinha favorecendo as empresas da família lobo. Ildon, por sua vez, nunca escondeu seu projeto de voltar a ocupar a cadeira do executivo municipal, o que 'choca', diretamente, com os projetos pessoais de Hamilton.


Postar um comentário