26 maio 2014

Prefeitura de Estreito vai gastar mais de 10 milhões em aluguel de veículos

A prefeitura Municipal da cidade do Estreito realizou processos licitatórios para a contratação de uma verdadeira frota de veículos, que deve ficar a disposição do município em seus mais diversos departamentos, no entanto, também realizou um processo para compra de pneus que chegam a quase 1 milhão de reais.

O prefeito Cicin (PMDB), é um dos principais aliados do governo na região, e talvez um dos poucos municípios que vem sendo agraciados com os recursos do Estado e com o apoio de figuras como Hildo Rocha, que é pré-candidato a Deputado Federal e ex-secretário das cidades do governo Roseana, do seu maior apoiador, o Senador João Alberto, e também do Deputado Estadual Leo Cunha.
 Tanque cheio – Impressionante a necessidade que o município de Estreito tem de transportes para o serviço público. Só com aquisição de combustíveis, lubrificantes e derivados a Prefeitura está gastando R$ 3.444.480,00 (três milhões, quatrocentos e quarenta e quatro mil, quatrocentos e oitenta reais). Quem vai fornecer o produto é o Posto de Combustíveis Caiçara Ltda – ME, que venceu o pregão presencial e assinou o documento em 2 de janeiro deste ano.


Super-frota – E para quem tem tanto para gastar com combustíveis, imagina-se logo o tamanho da frota. Pois bem: a mesma Prefeitura de Estreito precisou de dois contratos de locação de veículos para suas necessidades. O primeiro foi firmado com a Serra Grande Construções Ltda – ME, é de R$ 4.479.671,54 (quatro milhões, quatrocentos e setenta e nove mil, seiscentos e setenta e um reais e cinquenta e quatro centavos). O segundo, no valor de R$ 6.078.500,00 (seis milhões, setenta e oito mil e quinhentos reais), foi assinado com a CDF Empreendimentos Ltda-ME. Tudo por pregão presencial. Prestemos atenção: são mais de R$ 10 milhões gastos com aluguel de veículos!


… e os pneus – Mas não é só. Além de combustíveis e carros alugados, a Prefeitura de Estreito também está investindo na compra de pneus e câmaras de ar. O contrato firmado com a A. Lucena Barros Neto Pneus – ME, por pregão presencial, é de R$ 671.530,00 (seiscentos e setenta e um mil, quinhentos e três reais). A pergunta que não quer calar: Essa super-frota de carros alugados (que está saindo por mais de R$ 10 milhões) é toda de carros sem pneus?

Com informações do Blog do Garrone/JP e contribuição, na introdução, do terrorista cibernético Holden Arruda.
Postar um comentário