24 maio 2014

Tá, então condenem o pastor e salvem a rainha dos baixinhos!!!

O Deputado Federal Pastor Eurico (PSB), que ficou conhecido no Brasil inteiro por ter 'ofendido XUXA’, a rainha dos baixinhos, não só trouxe a tona um caso que há muito tempo está sob judice e proibido de qualquer divulgação dos vídeos que reproduzem o filme “Amor estranho”, onde a rainha dos baixinhos mantém relações com uma criança de 12 anos, mas também despertou o interesse de boa parte da sociedade em saber do que realmente se trata de toda essa polemica. Xuxa, que agora tira onda de madrinha das crianças abusadas sexualmente (que é uma boa bandeira) e foi convidada pela presidente Dilma Rousseff para participar do ato de assinatura da lei que torna em crime hediondo o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.
A Meneguel, também, para que a vergonha nacional não passasse sem uma resposta, já que nas audiências somente os parlamentares tem direito de se pronunciar, deixou sua marca ao fazer um coraçãozinho com a mão, por inocência ou proposital, o mesmo símbolo que representa a marca da pedofilia.

Postar um comentário