16 junho 2014

Adversários de Flávio Dino usam fake com foto de estudante morta em Teresina para ataques

Blog Marrapa
Adversários do pré-candidato Flávio Dino resolveram partir para uma 'guerra suja' nas redes sociais. A estratégia seria criar personagens fictícios/falsos - os chamados fakes - para atacar o comunista.



Um levantamento feito no perfil do Twitter de Edison Lobão Filho (@Lobao_Filho), pré-candidato do PMDB ao governo do Maranhão, revela que vários internautas que interagem com ele não existem de fato.

São perfis fictícios criados recentemente, que usam fotos de outras pessoas e se dedicam a divulgar as ações do suplente de senador, além de atacar o pré-candidato da oposição, Flávio Dino (PCdoB).

Entre os “seguidores” fakes de Edinho Lobão está um perfil com o nome e foto da estudante Fernanda Lages (@fernandaeliesi), que foi encontrada morta em uma obra abandonada na cidade de Teresina (PI), no ano de 2011.

Na época, o deputado estadual Marcos Caldas (PRB), mais conhecido como Marcos Play, chegou a ser investigado sob acusação de estar relacionado ao crime, envolvido em uma suposta rede de prostituição.

Um dos acusados pelo assassinato do jornalista Décio Sá, o advogado Ronaldo Ribeiro também foi citado nas investigações do caso, por ter defendido gratuitamente a prostituta envolvida com a morte de Fernanda Lages.

A estudante agora foi “ressuscitada” como ativa defensora de Edinho nas redes sociais.

Postar um comentário