11 fevereiro 2015

ITZ: Hamilton Miranda é contra a regulamentação que beneficia usuários do transporte Urbano

O vereador e pré-candidato a prefeito, disse hoje em discurso na câmara, ser contra a faixa exclusiva para ônibus e defende que os veículos pequenos deveriam ter mais espaço para trafegar.

Na ansia de atirar no Secretário Transito J. Ribamar o vereador Hamilton Miranda (PSD) acabou acertando na maioria da população economicamente ativa de Imperatriz, exatamente aquela que é beneficiada com a faixa exclusiva para ônibus.

Imagem blog da Kelly
Segundo o vereador, a faixa exclusiva demarcada na Rua Luiz Domingues  estaria atrapalhando os condutores comuns, que estariam se deparando com um ‘beco’ (sic) no lugar da rua. Segundo ele a cidade não comportaria as medidas que estão sendo implantadas no trânsito de Imperatriz.  

O problema é que a prioridade lançada pelo parlamentar Hamilton Miranda está invertida, e vai contra a maioria da população, já que são eles que buscam diariamente esse tipo de transporte e esperam que tenha cada vez mais agilidade ou, mobilidade. A ideia de mobilidade, no entanto, não ter por objetivo, a priori, facilitar a trafegabilidade de veículos de transporte individuais - como o veículo de passeio - , mas sim, de diminuir o tempo de percurso dos veículos coletivos, neste caso, os VLT’s, BRT’s ou o ônibus, no caso de Imperatriz.

Em Imperatriz o “programa mais asfalto”, por exemplo,  executado pelo governo do Estado em parceria com o município, está sendo executado nas ruas de maior fluxo, mas principalmente as vias de acesso do transporte coletivo.

O desejo do vereador Hamilton não só vai de encontro com as novas normas mundiais de mobilidade, mas também contra a maioria da população de Imperatriz, que se deslocam diariamente para escolas ou atividades profissionais dos mais diversos e distantes bairros, e que sonham que a sua permanência dentro do ônibus coletivo seja cada vez menor.
Postar um comentário