03 março 2015

Direção da VBL esclarece fatos sobre denúncia feita no Bandeira-2 de sábado

Direção da VBL esclarece fatos sobre denúncia feita no Bandeira-2 de sábado.

Na edição do programa Bandeira-2 desta terça feira (3), a direção da empresa VBL, esclarece ao repórter e apresentador Raimundo Roma, sobre uma denúncia feita por um usuário identificado como Evando, cadeirante estudante da Universidade Federal Maranhão. Na reportagem, o usuário alegou que foi impedido de ser transportado pelo ônibus da empresa, porque a porta de acesso ao elevador estava trancada no cadeado. Ainda segundo ele, quando o cadeado foi aberto, o elevador para cadeirante, estaria com problemas. Fato que motivou o mesmo a fazer a denuncia no programa de TV. 

Em entrevista ao Bandeira-2, o diretor da VBL Denis Policarpo classificou o fato como isolado, disse que a empresa não orientação maus tratos e nem tão pouco impedi seus usuários de acessar os seus veículos nos mais diversos itinerários, “ lamentamos pelo fato isolados ocorrido no fim de um expediente no terminal de integração, abrimos uma sindicância para apurar o fato, porem queremos ressaltar que como veículos mecânicos, nossos carros estão sujeitos a falhas, porem o que podemos fazer, é trabalhar para corrigir essas falhas eventuais, assim como ouve a falha no acesso do usuário identificado como Evando em nosso ônibus, ao se dirigir a delegacia para registrar o B.O, mesmo também não encontrou acessibilidade na regional de policia, porem nem por isso adotou o mesmo comportamento em denunciar o estado”. 


“Quanto a denuncia feita relacionada a VBL, estamos garantindo a comunidade, de que nada fica sem a devida respostas e a providencia da empresa” Afirmou Denis Policarpo diretor administrativo da empresa.


Assessoria
Postar um comentário