28 abril 2015

Audiência pública vai debater danos causados ao rio Tocantins

Imperatriz – A Comissão Permanente de Planejamento, Uso, Ocupação, Parcelamento do Solo e Meio Ambiente, da Câmara Municipal de Imperatriz, realiza nesta quinta-feira, 30, audiência pública para discutir “os danos causados ao rio Tocantins pelo despejo de esgoto in natura, lixo em suas margens e a extração de areia. A audiência atende solicitação feita pelos vereadores Alberto Sousa (PDT) e Fidelis Uchoa (PRB).

O presidente da Comissão de Meio Ambiente, Rildo de Oliveira Amaral (SD), disse ontem à reportagem que o objetivo da audiência pública é “avaliar os crimes ambientais contra o rio Tocantins, principalmente em relação ao despejo de esgoto in natura”. “Estudantes universitários dos cursos ligados ao meio ambiente; representantes dos órgãos ambientais do estado e do município; ambientalistas e secretários de meio ambiente dos municípios do Tocantins e do Maranhão estão sendo convidados para a audiência pública”, disse.

Ele também assinalou que engenheiros da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos Renováveis (Ibama) devem participar da audiência pública sobre os danos causados ao rio Tocantins. “Podem ser apresentadas fotos e vídeos pelos colegas Alberto Sousa e Fidelis Uchoa, que solicitaram a audiência pública, mostrando a real a situação do rio Tocantins”, emendou.

Rildo Amaral reitera a importância de preservação do rio Tocantins, bem como defendeu a adoção de medidas administrativas e uma campanha conscientização com objetivo de alertar sobre a necessidade de preservação do rio Tocantins. “Precisamos encontrar soluções ambientais com intuito de sanar os impactos causados ao rio Tocantins”, disse.

Membros – A Comissão Permanente de Planejamento, Uso, Ocupação, Parcelamento do Solo e Meio Ambiente é formada pelos seguintes vereadores: Rildo de Oliveira Amaral (presidente); Carlos Hermes Ferreira da Cruz (1º vice-presidente); Adonilson Lima (2º vice-presidente); Antônio José Fernandes de Oliveira (1º secretário); Hamilton Miranda de Andrade (2º secretário) e Edneusa Caetana Frazão e Richard Wagner Silva (suplentes).
Postar um comentário