08 setembro 2015

Em novo capítulo, Juliano Reis pede perdão ao Bispo e a Igreja

Cantor se redime e deve ir ao confessionário
Em mais um capitulo da novela proporcionada pela lei dos bares e o filme que deveria ter o nome: "Saiba como se meter em encrencas em rede social", o cantor sertanejo Juliano Reis, emitiu uma nota de esclarecimento para tentar contornar o estrago que trouxe seu comentário contra o bispo da arquidiocese de Imperatriz, Dom Gilberto. (leia abaixo)

SAIBA MAIS: Lei dos Bares atrai a atenção social e leva novo impasse para a câmara resolver. 

Agora fica por parte da Igreja que ja se mobiliza para ocupar a câmara na próxima quarta-feira, quando será votado a nova lei, no entanto, é importante destacar que a redenção e o pedido de perdão do cantor deve ser aceito, para que os irmãos católicos não tenham insucessos em sua caminhada, além do risco de terminar indo para o inferno´por causa do sertanejo. 

Apesar do erro, Juliano Reis é um homem que defende princípios familiares, não perdia uma missa e ainda cantava nos festejos totalmente de graça. 

Veja abaixo a nota de esclarecimento:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Ontem, dia 06 de setembro, após uma publicação postada em meu Facebook que veio a ter uma grande repercussão por parte da comunidade católica, decidi retirá-lo por compreender que tratei o assunto com excesso, usei expressões fortes e as atribuí a Bispo Don Gilberto. 

Venho através desta publicação, pedir as sinceras desculpas ao bispo DOM GILBERTO e TODA a comunidade católica da região, não foi a minha intenção direcionar aquele post aos católicos pois estaria falando e ofendendo a mim mesmo.
Sou humano passível de erros, e como ser imperfeito, cometi um erro. No calor da emoção, escrevi palavras denegrindo o nosso QUERIDO BISPO. Sempre tive uma admiração não só pela pessoa, mas pela sua forma de direcionar a igreja e também a todos os seus fiéis, sei de sua integridade, sua ombridade e sei que se ele está ocupando essa conceituada posição, a conseguiu por seus méritos e por ser um homem de Deus.

Dom Gilberto, aceite minhas desculpas, entenda que sou humano e cometi um erro, e que atire a primeira pedra quem nunca errou! As mesmas desculpas eu peço a toda comunidade católica. 

Sou a favor da paz, do diálogo e totalmente intolerante à violência, após a publicação, logo retirei a minha postagem, mas continuei e continuo recebendo OFENSAS e AMEAÇAS. Não precisamos disso, a todos, sem distinção, minhas sinceras desculpas.

Continuo a defender que a lei seja modificada, pois a lei vigente mistura todos os ambientes noturnos.

O único objetivo e que defendo é que a nova lei faça a distinção do que é bar, lojas de conveniência, casas de shows e boates. As Boates e casas de shows, desde que adequadas às normas da secretaria de meio ambiente, podem sim funcionar até as 04:00, mantendo assim o nosso sustento, entretanto, quanto aos Bares, lojas de conveniências e restaurantes, somos a favor que fechem até as 02:00, fazendo com que diminua também o índice de criminalidade, somos também a favor que haja uma lei que proíba o excesso de som que atrapalha e perturba o descanso da vizinhança.

Desejo que tratemos cada ambiente como tal e não coloquemos todos como se fossem a mesma coisa.

Reconhecer um erro e pedir perdão, é demonstrar a humildade e grandeza,
Perdoar, é entender que o único que pode nos julgar é Deus, e isso, é estar mais próximo de seus ensinamentos.

Juliano Reis.
Postar um comentário