29 setembro 2015

Incondicional?


Depois de estar com o pé no PDT, o suplente de vereador Alberto Sousa, decidiu que deveria conceder apoio incondicional ao então pré-candidato comunista Clayton Noleto, o secretário desistiu, e Alberto teve que se reconciliar no processo em favor da candidata Rosângela Curado. O vereador Rildo Amaral também decidiu pelo apoio incondicional, mas também resolveu tocar o processo de forma incondicionada.
Postar um comentário