22 outubro 2015

Vereador Pimentel expõe motivo da fúria contra o PC do B

Em uma das poucas oportunidades que foi possível usar a tribuna do parlamento mirim na cidade de Imperatriz, o vereador Pimentel, agora PDT, revelou o motivo que lhe alimenta a vociferar discursos contra o governo do Estado e especialmente ao secretário Clayton Noleto. 

No uso da tribuna na manhã de hoje (22) com o forte alarde de uma provável conversão do vereador Esmeradhson ao comunismo, o decano no parlamento, vereador Pimentel, disparou: “Flávio e Madeira não tem opção, só tem o nome de Rosangela Curado...”. e contrapôs, em seguida, seu discurso dias atrás, quando tentou desqualificar a pré-candidatura do secretário Clayton Noleto (PC do B), quando disse: “Esse secretário é ‘apressadinho’”, agora, por necessidade natural saiu em defesa da unidade com o PC do B.

O PDT sabe da necessidade de ter o PC do B como vice de Rosangela e, exatamente por isso convocou a tropa de choque no parlamento mirim para envenenar qualquer possibilidade de uma outra conjuntura que não satisfaça o famigerado desejo dos pedetistas. O PC do B, por outro lado, aguarda as oportunidades e lança à todo momento uma nova especulação, uma prova, porém, do desnorteio que impera hoje o projeto absolutista do governo de projetar alianças com quem quer que seja. Sob a lógica articulada que tomou o parlamento, o vereador Rildo Amaral (SD) disse que há realmente um projeto articulado do PDT de sangrar o governo e diminuir a possibilidade de projetar candidaturas majoritárias em Imperatriz, e questionou demonstrando a aliança na conjuntura Estadual.


A fúria do PDT denota que a guerra pela sucessão do prefeito Sebastião Madeira (atual prefeito), dificilmente terá limites, frente a questões que deviam delimitar esse enfrentamento, como a conjuntura de alianças a nível de Estado, o desejo de enfrentar os comunistas e conter os avanços e alianças a grupos políticos regionais que até ontem estavam montados sob a confiança sarneysistas, afim de emplacar uma nova ordem, dificilmente será acatada goela abaixo por grupos teoricamente alinhados. 

O retrato dessa busca por mais espaço, travada nos bastidores na cidade de Imperatriz, também deverá ser o mesmo em todas as regiões do Estado.
Postar um comentário