10 março 2016

Jararaca arrependida...


A principio a ideia de jogar todo o fan clube (CUT, PT, MST e etc) contra a ação da PF que resultou na condução coercitiva de Lula, fazia perfeitamente parte da peça, claro, há tempos o ex-presidente previa  o que poderia ocorrer, no entanto, somente a condução já seria lucro para um bom orador e ex-presidente da Republica que saiu como um dos mais populares da história do País. Mas, o que Lula nem o PT esperava é que essa briga fosse comprada  pelos operadores da justiça, já que na tentativa de desqualificar a ação, Lula desqualificou a propria lei, assim, mais que o PSDB, o judiciário justiça em suas mais variadas representações acabaram se interessando pelo cardápio.

O pedido feito pelo MP-SP, de prisão e indiciamento por lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio, é apenas um dos primeiros processos que podem incomodar o ex-presidente. Ao criticar a justiça e a execução determinada por um juiz Federal, Lula passou de jararaca pisada no rabo para uma vitima de seu próprio veneno. 

Ainda é provável que Lula venha a ser realmente preso, afinal, restaurar a ordem e a força da justiça está agora nas mãos das próprias vitimas das falácias e incitações, o próprio Luis Inácio. 

Não estranhe se acordarmos qualquer um desses dias pela manhã e o noticiário anunciar a detenção provisória de um ex-presidente que erroneamente se achou acima da lei. 


Pedido de prisão de Lula, feito pelo MP, cita palavrão usado pelo ex-presidente

           O promotor Cassio Conserino (Foto: Aloisio Mauricio / Fotoarena/Agência O Globo)

Em vídeo gravado por deputada, o ex-presidente lançou mão de frase ofensiva para desdenhar investigação
BRUNO FERRARI
10/03/2016 - 18h36 - Atualizado 10/03/2016 20h18


No pedido de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encaminhado pelo Ministério Público de São Paulo à Justiça, nesta quinta-feira (10), os promotores envolvidos na investigação citam episódio em que o ex-presidente "protagonizou verdadeiro ataque às instituições do Sistema de Justiça". Num vídeo gravado pela deputada federal Jandira Feghali, o ex-presidente, de acordo com os promotores, afirmou: "antes que ela (Feghali) fale qualquer coisa, é possível ouvir Lula dizendo "eles que enfiem no c... todo esse processo". Ato contínuo, os promotores afirmam: "mais não é preciso dizer".  
Postar um comentário