19 outubro 2016

Em Sitio Novo, comerciante que votou contra o prefeito é proibido de abrir as portas


Um comerciante do ramo de bebidas teve seu estabelecimento, no ultimo final de semana, proibido de voltar a funcionar, segundo ele, por ter votado contra o atual prefeito de Sitio Novo-MA, João Pequiá. Após a conquista da reeleição, teria iniciado a 'caça às bruxas' na cidade, impedindo, inclusive, a abertura desses comércios. Em uma área que estão vários bares, como relata no vídeo, pelo menos outros 2 comerciantes estão proibidos trabalhar, possivelmente pelo mesmo motivo.

Ainda no vídeo, é possível ver uma pessoa que foi identificada como sendo parente do prefeito, seguiu o comerciante e tomando de forma agressiva seu aparelho celular no momento da filmagem, deixando evidente o clima de instabilidade politica e principalmente em confronto direito contra a liberdade democrática.

As retaliações sob força e pressão politica no município deixa uma suspeita evidente de como deve ter ocorrido o processo eleitoral deste ano.

A nossa redação procurou entrar em contato com a assessoria do prefeito, mas até o momento não tivemos retorno. Este espaço está aberto para ouvir e publicar a versão do prefeito.






Postar um comentário