22 novembro 2016

TRE começa a cruzar informações prestadas por candidatos...


Em Imperatriz o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) começou a cruzar informações com coligações que as mulheres que saíram candidatas não receberam votos. 

Para estimular a candidatura de mulheres e consequentemente aumentar a representação feminina, as coligações devem ter no minimo 30% (trinta por cento) de mulheres. O problema é que muitos partidos e ou coligações, colocam candidaturas apenas para cobrir a cota, e não exatamente para concorrer.

Nesse caso, serão aplicadas as sanções legais de acordo com as normas eleitorais e, naturalmente, anulação de coligações. 
Postar um comentário