29 novembro 2016

Vereadores formam bancada evangélica, agora resta saber se votarão por interesse ou princípios.



Os vereadores Maura Barroso e Irmã Telma do PROS e Ricardo Seidel do REDE, confirmaram a formação da “bancada evangélica” na câmara, a ideia é votar em conjunto na escolha do presidente da câmara e nos projetos de interesse da bancada, entretanto, além do voto, procuramos saber se a bancada vai votar pelo principio a qual norteia o evangélico ou pelo interesse politico, mas não obtivemos respostas concretas.

Segundo a vereadora Irmã Telma, é a intenção é “aumentar a representatividade para com os evangélicos”.  Já o vereador Ricardo Seidel disse que a bancada evangélica já teria decidido em qual candidato a presidente da câmara iria votar, “Nosso bloco já decidimos. Estamos votando em bloco” (sic) respondeu.  Porém, perguntamos se a bancada votaria na eleição da câmara baseado por princípios ou interesse político, mas o jovem parlamentar desconversou e retrocedeu na afirmação que a bancada já teria um candidato, “... estamos decidindo em bloco, e em breve anunciaremos juntos”, finalizou.

Tentamos falar várias vezes com a vereadora Maura Barroso (PROS) e com o vereador Zeziel (PSDB) para saber a posição da bancada, mas não conseguimos contato.

Se consolidar o projeto, a bancada inicia com poder de decidir eleição, com 4 votos.

Hoje pela manhã os novos vereadores se reuniram com pastores do lado de lá da BR (Centro), coordenados pelo Pastor Raul Cavalcante. Apesar do encontro, nenhum dos três vereadoras assembleianos eleitos faziam parte do projeto eleitoral dos pastores políticos da Assembléia de Deus.
Postar um comentário