04 maio 2017

Agricultura fiscaliza abate clandestino


Medida busca garantir qualidade na mesa do imperatrizense

Com o objetivo de coibir o abate, a comercialização e o transporte irregular de carnes, em especial bovinas e suínas, a Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Produção - SEAAP - realizou na sexta-feira (28), uma operação de fiscalização preventiva em pontos estratégicos da cidade.
A iniciativa envolveu 12 técnicos do órgão e os fiscais estiveram no Porto da Balsa, Ponte Dom Afonso Felipe Gregory, na Avenida Pedro Neiva de Santana, e fizeram orientações aos motoristas que transportavam animais e carnes sobre irregularidades de alimentos considerados fora dos padrões sanitários.

“O trabalho foi mais preventivo, com esclarecimentos sobre leis e os riscos da clandestinidade de animais, prática bastante comum em estabelecimentos que fazem o abate sem fiscalização, considerada crime contra as relações de consumo”, explica o secretário da pasta, Paulo Marcelo Araújo.

Segundo ele, as ações serão contínuas e buscam a conscientização para evitar atividades clandestinas. “Nosso objetivo é garantir um produto de maior qualidade na mesa do imperatrizense, uma vez que o consumo de carne não inspecionada causa grandes prejuízos à saúde da população”, afirma. 

Francisco Lima - Ascom/PMI

Postar um comentário