16 agosto 2017

Governo premia mestres da cultura popular e tradicional do Maranhão vencedores do edital da Fapema

por Elizete Silva

Mestres e mestras da cultura popular e tradicional serão premiados pelo Governo do Estado, em cerimônia, nesta quinta-feira (17), às 18h30, no Convento das Mercês, em São Luís.  A homenagem é uma demonstração de valorização da cultura popular e tradicional do Maranhão.

Os premiados são vencedores do Edital 004/2017 Prêmio Mestres e Mestras da Cultura Popular e Tradicional lançado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur).

O objetivo da premiação é reconhecer o valor dos homenageados, que são detentores dos conhecimentos e expressões culturais populares e tradicionais que, por seus saberes e forma de expressão, preservam a história maranhense.

A cerimônia contará com a presença do governador Flávio Dino; presidente da Fapema, Alex Oliveira; secretários de Estado de Cultura e Turismo, Diego Galdino, e Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Davi Telles, entre outras autoridades. Os convidados serão recepcionados com a apresentação do Tambor de Crioula de Dona Martinha. Depois da premiação haverá a dança do bumba meu boi de Zabumba da Fé em Deus.

O prêmio articula em dois eixos. Vai reunir o que é produzido pelos homenageados para transformar em conhecimento que possa ser apropriado por todos. Como forma de resguardar esse conhecimento já existe uma lei de proteção desse patrimônio, um edital da Fapema para pesquisar o patrimônio imaterial e o Instituo Estadual de Ciência e Tecnologia, que é dedicado à economia criativa.

O presidente da Fapema destacou a preocupação do Governo em valorizar a cultura popular que está associada ao patrimônio imaterial e a economia criativa.  “A economia criativa existe para transformar esse conhecimento em produção de economia, em produtos culturais que possam contribuir com a economia do estado. Mas, para que isso ocorra é preciso que a gente proteja a fonte de todo esse conhecimento e a fonte desse conhecimento está nos mestres e nas mestras”, explica Alex Oliveira.

O secretário Diego Galdino frisou que o governo reconhece a cultura como um importante fator de desenvolvimento. “Desta forma, buscando políticas de preservação e disseminação das práticas culturais, estamos fortalecendo a nossa identidade”.

Prêmio
O prêmio está divido em dez categorias: Bumba meu Boi, Tambor de Crioula, Capoeira, Festas Religiosas Tradicionais, Danças Populares, Blocos Tradicionais, Artesanato Tradicional, Música Popular Maranhense, Culinária Tradicional e Griôs/Povos Tradicionais de Terreiro. Os dez candidatos vencedores receberão diploma de reconhecimento e premiação no valor de R$ 20 mil.

Está inserido na linha de ação “Popularização da Ciência”, no âmbito do programa “Mais Cultura” e do Programa Estadual de Patrimônio Imaterial (PEPI). Tem amparo nos Artigos 215 e 216 da Constituição Federal que dispõem dos direitos culturais e amplia o conceito de patrimônio cultural para além dos bens tangíveis, na Lei Estadual nº 10.509 de 16 de setembro de 2016, que institui o Programa Estadual de Proteção e Promoção dos Mestres e Mestras da Cultura Popular do Maranhão, na Lei Estadual nº 10.514 de 05 de outubro de 2016, que institui a Política Estadual de Proteção de Bens Culturais de Natureza Imaterial.

Puderam se inscrever no edital, candidatos de grande experiência e conhecimento dos saberes e fazeres populares, dedicados às expressões culturais populares maranhenses, com reconhecimento da comunidade onde vivem e atuam, com longa permanência na atividade e capacidade de transmissão dos conhecimentos artísticos e culturais. Entre os ganhadores estão mestres e metras dos municípios de São Luís, Icatu, Amarante do Maranhão, Axixá, Alcântara, Bacabal e Caxias.


Premiados e categorias

Antônio Ribeiro (Seu Tonico) – Bumba-meu-boi

José Tomás dos Santos ( Zequinha de Militão) – Tambor de Crioula

Antônio José da Conceição Ramos (Mestre Patinho)  - Capoeira

Vicente Ramu’i Guajajara – Festas Religiosas Tradicionais – Festa do Mel

José Carlos Leite – Danças Populares Maranhenses

Waldete Moraes Corrêa (Cabeça Branca) – Bloco Tradicional

Neide de Jesus – Artesanato Tradicional Maranhense

Maria do Socorro Silva (Patativa) – Música Popular Maranhense

Maria de Nazareth do Nascimento Souza (Mestra Nazinha) – Culinária Tradicional Maranhense

Maria Madalena Carvalho (Mãe Madalena) - Griôs de Comunidades Tradicionais de Matriz Africana - Povos de Terreiro
Postar um comentário