25 outubro 2017

Flávio Dino recebe ONG francesa e fecha parcerias para instalação de novo Corpo de Bombeiros



Representantes locais e franceses do Centro Educacional e Profissionalizante do Maranhão (Cepromar) foram recebidos nesta terça-feira (24) pelo governador Flávio Dino, no Palácio dos Leões.

O governador apresentou oportunidades de financiamento de projetos sociais, propôs parcerias para capacitação profissional de jovens e adultos e recebeu a doação de terreno para instalação de um novo Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) no Sítio Pyranhenga, em São Luís. 

“Acredito que temos aqui um projeto completo, tivemos uma conversa que nos permitiu avançar no desenvolvimento dos nossos projetos e observamos que o governador nos colocou os secretários à disposição para ampliação do que já fazemos”, afirmou o presidente da Cepromar França, Jacques Martin. 

Para a presidente local da organização, Luiza Rezende, a construção de um batalhão do Corpo de Bombeiros e a parceria para oferta de cursos profissionalizantes por meio do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) ampliarão o trabalho social já desenvolvido pela ONG, que funciona no Sítio Pyranhenga e atende comunidades carentes do chamado Polo Coroadinho.

“Esse apoio do Governo do Estado vai ser fundamental para a continuação desse trabalho e cada vez mais vamos poder atender mais jovens, oferecer a eles essa oportunidade”, destacou. 

No Maranhão, o Cepromar atendeu cerca de 2.800 jovens com capacitação profissional apenas em 2016. O projeto foi fundado pelo padre João de Fátima, que também participou da reunião. Também estiveram presentes o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Davi Telles, e o secretário de Relações Insitucionais, Pastor Porto. 

Os presentes também conheceram o projeto Maranhão Rede Solidário, que vai contribuir para auxiliar a promoção de políticas em direitos humanos e combate à pobreza, especialmente assistência a idosos, crianças e adolescentes, dependentes químicos e ações em segurança alimentar e nutricional, executados no território maranhense, por Organizações da Sociedade Civil – OSC.
Postar um comentário