05 novembro 2017

Estudantes são beneficiados com transporte gratuito para provas do Enem

“É uma boa iniciativa não ser descontado, em um dia que muitos estudantes estão tentando uma vaga para o ensino superior. Tem bastante ônibus rodando e já soma com a gente saber que este custo, por menor que seja, não vamos ter”, avaliou o estudante Renato Amorim, 23 anos. Ele é um dos milhares de candidatos beneficiados com a medida do Governo do Estado, que concedeu gratuidade no transporte público nos dias de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O jovem fez a prova neste domingo (5), tentando uma vaga para o curso de Direito.

O benefício alcança os milhares de estudantes regularmente matriculados nas unidades de ensino da rede pública municipal e estadual e também de escolas particulares nas cidades que compõem a Região Metropolitana de São Luís – São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar e a capital, São Luís. Para ter acesso ao benefício basta usar a carteira estudantil que é utilizada para a compra da meia passagem, registrada no Sindicato das Empresas de Transportes (SET).

Outro estudante que destacou a medida foi o auxiliar administrativo Anderson Gomes da Silva, que estava em uma faculdade no bairro do Anil para fazer a prova. “Uma boa ideia, ainda mais hoje que são milhares em busca de uma oportunidade de formação e, certamente, há aqueles que não teriam esse dinheiro. Uma ação boa para quem precisa”, disse. 

O secretário de Estado de Governo (Segov), Antônio Nunes, explicou que a medida é válida para os dias 5 e 12 deste mês, quando serão realizadas, respectivamente, a primeira e a segunda prova do Enem. Ele informou que ao passar na catraca, basta o estudante utilizar a carteira e não será cobrado valor algum nestes dois domingos. 

“Com essa medida, o governador Flávio Dino contribui para o crescimento dos estudantes, para que se sintam mais estimulados a comparecer e tentar um futuro melhor. Para milhares de estudantes essa medida é de grande importância”, enfatizou o secretário Antônio Nunes.

O superintendente do SET, Luís Claúdio Siqueira, informou que todo o planejamento para organização dos sistemas foi realizado para que a gratuidade seja concedida sem problemas. “O sistema já está atualizado para reconhecer os documentos e não descontar qualquer valor da carteira de estudante, que deve ser a mesma com a qual a pessoa compra a meia passagem”, reforçou.

Em casos em que o estudante não consiga utilizar o benefício, este deve anotar a placa, o número e a linha do coletivo e se direcionar à sede do SET, no bairro Apicum. De acordo com a Superintendência do SET, os casos serão analisados e se comprovado o desconto indevido da meia passagem nestes dias de prova do Enem, o valor será devolvido ao estudante.
Postar um comentário