Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), avançou nas políticas ambientais em 2017 e está planejando novas ações para este ano. Destaques ao Programa Maranhão, de apoio à conservação e recuperação ambiental. Entre os projetos do programa, o Berço do Rio Itapecuru, no Parque Estadual do Mirador, e o Floresta Protetora dos Mananciais, no Parque Estadual do Bacanga.

"Instituímos ações de educação ambiental, capacitação de populações locais, produção de mudas de espécies nativas, preservação, restauração, recomposição e recuperação de áreas e monitoramento e avaliação ambiental, sendo a ação de extrema importância para o Estado do Maranhão", informa o secretário de Estado de Meio Ambiente, Marcelo Coelho. 

O secretário destacou a construção de parques ambientais, que estão contribuindo para a preservação ambiental e incentivando o lazer. “São áreas com características naturais espetaculares e únicas”.

Marcelo Coelho disse que os parques ambientais servem, também, como locais de pesquisas científicas e de educação ambiental. “E é muito importante esses espaços, porque contribuem para a melhoria da qualidade de vida da população”.

Em 2017, foi entregue à população o Complexo Ambiental da APA do Itapiracó. Para este ano estão previstas a construção o Complexo Ambiental do Parque Estadual do Sítio do Rangedor, em São Luís; Parque Ambiental de Codó; Parque Centenário de Balsas; e Parque Ambiental de Bacabeira.

A Sema está planejando a criação e incremento de outros parques no interior do Maranhão, por meio de parcerias com as prefeituras. As conversações com a prefeitura Timon já estão adiantadas. “Os parques, as unidades de conservação estão sendo e serão melhor cuidadas”, afirma Marcelo Coelho. “As pessoas quando conhecem e percebem que o Governo do Estado cuida, também despertam para cuidar e é isso que queremos”.

Os parques serão construídos para garantir a preservação ambiental da vegetação nativa e ecossistema natural, possibilitando a realização de pesquisas científicas, desenvolvimento de educação e interpretação ambiental de recreação e contato com a natureza e turismo ecológico.

“Devemos incentivar a interação da população com a natureza para que desenvolvam o sentimento de proteção e cuidado pelo meio ambiente, além de favorecer o lazer e a prática de esportes para uma melhor qualidade de vida da população”, realça o gestor.

A Sema finalizou o Plano Estadual de Educação Ambiental. Ferramenta importante na construção de um ambiente sustentável no Maranhão, o plano será transformado em Lei.

“O Plano foi consolidado e discutido, democraticamente, para garantir políticas públicas e ações integradas entre sociedade e poder público. Vai contribuir para que as ações de Educação Ambiental sejam articuladas e contínuas, com gestão coordenada, respeitando-se as especificidades de cada região do Estado”, assegura Marcelo Coelho.

Na área de gestão de recursos hídricos, o Governo do Estado, por meio da Semana está elaborando o Plano Estadual de Recursos Hídricos, que delineará estratégias de curto (cinco anos), médio (dez anos) e longo prazo (vinte anos) para assegurar usos múltiplos das águas, conservação, proteção e recuperação das bacias hidrográficas estaduais.Também estão sendo assegurados investindo na capacitação de recursos humanos para atender as demandas ambientais do Maranhão. 

Balneabilidade das praias

Depois de décadas de poluição nas praias, a população de São Luís voltou a ter, em 2016, locais próprios para o banho de mar, chegando a atingir 100% durante todo o mês de outubro, de acordo com laudos divulgados pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema). 

Os índices de poluição estão diminuindo a cada mês como resultado dos investimentos do Governo do Estado em saneamento nos últimos três anos. O serviço de fiscalização sistemática visando evitar o lançamento de esgotos irregulares nos rios e na orla de São Luís, realizado pela Sema em São Luís está, também, contribuindo com a manutenção da balneabilidade das praias. A Sema monitora 21 pontos, distribuídos nas praias da Ponta d’Areia, São Marcos, Calhau, Olho d’Água, Praia do Meio e Araçagi.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:58

Morreu na manhã de hoje (02), vítima de câncer no pulmão, o advogado José Larmarck de Andrade de Lima (79). 


Lamarck lutava contra o câncer e esteve acompanhado pela família até hoje pela manhã quando foi anunciado sua morte. 

Ex-vereador, ex-presidente da câmara e também assessor jurídico, Dr. Larmarck ficou conhecido por militar e opinar quanto questões políticas, mas também reconhecido pelo seu oficio. 

Nascido em Recife no dia 9 de janeiro de 1938, Lamarck frequentou escolas tradicionais de Imperatriz, entre elas a Universidade Federal de onde formou-se em Direito, nos anos 80.

Em entrevista recente ao jornalista Frederico Luis na TV-band, dr. José Lamarck contou um pouco da sua história.

O presidente da câmara de vereadores, José Carlos, lamentou a morte de Lamarck.

veja no vídeo da entrevista à band abaixo:





Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:17



Virou uma verdadeira bagunça com o descontrole da Companhiaque administra a hidrelétrica de Estreito ao determinar fechamento dascomportas e decretar a seca do Rio Tocantins de forma repentina. 

A atitude pegou a população totalmente desavisada e também resultou em prejuízos para proprietários de embarcações queanoiteceram ancorado e acordaram encalhados, como revela a imagem.

As reclamações foram grandes e até o momento sem nenhumaexplicação. Os barrancos de areia voltaram a preocupar e pescadores poderãosentir a seca do rio ainda durante o dia de sábado quando deve ter sido decretado o fechamento.


Algumas embarcações ancoradas na pousada do Embiral no réveillonficaram encalhadas para a surpresa dos proprietários. “Isso é um mar ou um rio?Nunca vi uma maré tão intensa”. Reclamou um dos encalhados. 


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:04


A prefeitura da cidade de JoãoLisboa, administrada pelo prefeito Jairo Madeira (PSDB), encerra o ano com os saláriosdos servidores e o 13° salário pagos e em dias. Apesar da crise financeira emfunção do corte de repasses nas contas dos municípios de todo o Brasil, acidade de João Lisboa é destaque tanto no controle fiscal quanto no cumprimentodas obrigações com servidores, o mesmo que não ocorre nos municípios da região,onde servidores ainda precisam ingressar na justiça para receber proventos.

Além disso, a população joãolisboenseainda comemora a correta aplicação dos recursos públicos através de construçãopermanente de obras na zona urbana e rural, algumas são frutos de emendasparlamentar e outras, frutos de recursos do fundo municipal.

A gestão de Jairo Madeira sufoca críticose discursos desnorteados que sugeriam que seu segundo mandato não seria tão bomquanto o primeiro. Se continuar assim, certamente ninguém vai querer investir em manobrasarriscadas, mudanças ou retorno ao passado sombrio. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:25

Por Atual7

Auditoria foi instaurada em conjunto com inquérito civil, a pedido do Ministério Público

A 5ª Promotoria de Justiça Especializada de Defesa da Saúde de Imperatriz ingressou, no último dia 21, com uma ação civil pública contra a Prefeitura Municipal de Vila Nova dos Martírios, cobrando a regularização de diversos problemas apontados pelo Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde (Denasus).

O município é administrado desde o ano de 2013 pela atual presidente do multimilionário Consórcio Intermunicipal Multimodal (CIM) — antigo Consorcio dos Municípios dos Corredores Multimodais do Maranhão —, Karla Batista Cabral Souza (PSDB).

Desde o ano de 2015, o Ministério Público do Maranhão instaurou um inquérito civil para apurar irregularidades no funcionamento do Programa Saúde da Família (PSF) no município, tendo solicitado o apoio do Denasus nas investigações.

Ao realizar uma auditoria sobre o caso, o Denasus identificou uma série de problemas na saúde ainda na primeira gestão de Karla Batista, como o fato de cerca de 70% dos profissionais de nível superior das Estratégias Saúde da Família e Saúde Bucal, ambos do Governo Federal, terem sido admitidos sem concurso público. Também foi verificado que médicos e odontólogos não cumprem a carga horária prevista, de 40 horas semanais. Além disso, não foram oferecidos, em 2015 e 2016, capacitações, cursos, e atividade de educação permanente aos profissionais do programa.

No que diz respeito aos agentes comunitários de saúde, não foi encontrada lei de criação da carreira e nem comprovada a realização de processo seletivo para contratação dos profissionais.

Também foram apontados problemas na estrutura física, de equipamentos e processos de trabalho em diversas unidades básicas de saúde, além da falta de estrutura física para a realização de trabalho das equipes da Estratégia Saúde da Família, em especial quanto à prevenção do Câncer Cérvico Uterino (PCCU) e à realização de procedimentos básicos, como curativos.

Foi verificado, também, que a quantidade de medicamentos de atenção básica é insuficiente para atender à demanda da população, com quase 33% dos itens mínimos indisponíveis. Outra irregularidade é o fato dos atendimentos de saúde bucal serem realizados em consultório particular, sem que haja sequer um contrato formalizado.

Após elaborar o relatório de auditoria, o Denasus emitiu uma série de recomendações à prefeitura de Vila Nova dos Martírios, que não comprovou a tomada de qualquer providência para sanar as irregularidades apontadas.

Na ação, o promotor de justiça Newton de Barros Bello Neto requer da Justiça, em decisão liminar, que sejam sanadas todas as irregularidades apontadas pelo Denasus no prazo de 90 dias. Em caso de descumprimento da decisão, o Parquet pede que seja aplicada multa diária de R$ 5 mil.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:49


O governador FlavioDino também se solidarizou com a família Coutinho, em nota de pesar oficial do palácio, o governo reverencia o parlamentar e decreta luto de 7 dias em função da sua morte.Veja abaixo:

O Governo do Estado do Maranhão manifesta profundo pesar pelo falecimento doPresidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Humberto Coutinho, aotempo que anuncia luto oficial de sete dias.

Humberto Coutinho foi exemplo de luta e superação para todos os maranhenses.Mesmo nos momentos de maior sofrimento pessoal, demonstrou compromisso com osinteresses do Estado ao conduzir o Legislativo estadual. 

Dos mais destacados líderes políticos do Maranhão, Humberto Coutinho ocupouvários cargos públicos, como vereador e prefeito de Caxias, deputado estadual,por várias legislaturas, e governador do Estado interinamente.

O falecimento de Humberto Coutinho deixa uma imensa lacuna na política doEstado e enluta os cidadãos e cidadãs de Caxias e de todo o Maranhão.

O Governo do Maranhão transmite irrestrita solidariedade à família e aos amigosneste momento de dor.

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Humberto Coutinho (PDT) faleceu na noite desta segunda-feira 1º, em Caxias (PDT), atual presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão. Ele tinha 71 anos e lutava contra um câncer no intestino há quatro anos, mas não resistiu após ter o quadro clínico agravado nos últimos dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:42

Apesar dos ferimentos o PM está fora de perigo.

A polícia investiga uma tentativa de homicídio contra avida de um polícia Militar ocorrida na madrugada de ontem. Segundo informações oPM identificado por Soldado Layo teria sido atingido por 3 disparos. Layo foisocorrido e passa bem.

A tentativa de homicídio ocorreu na BR-010 proximo a antigagaragem da transbrasiliana, no entanto o autor dos disparos ainda não foiidentificado.

Laio recebe visita de colegas
de farda e passa bem
Segundo informações do blog asmoinp, a vítima após seralvejado ainda gravou dois áudios pedindo socorro e ajuda dos amigos policiais,em seguida gravou outro dizendo não saber se o autor dos disparos seria bandidoou policial, e chegou ao Socorrão de Imperatriz com apoio de um policial civil.


A polícia investiga o autor da tentativa de homicídiocontra o Policial militar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09


Entre os objetivos dos trabalhos estão a inibição de assaltos próximo à região das aldeias e a fiscalização de veículos com possíveis irregularidades. Centenas de veículos foram abordados todos os dias. Uma arma de fogo foi apreendida

A Polícia Rodoviária Federal realizou no período de fim de ano, entre o natal e o ano-novo, uma Operação batizada de Canabrava II, que integra os trabalhos da Operação RODOVIDA, que teve início no último dia 22 de dezembro e encerramento programado para o dia 18 de fevereiro de 2018. 


O efetivo policial, com várias viaturas e equipamentos, foi convocado para a intensificar a fiscalização na BR 226, especialmente entre Presidente Dutra e Grajaú, com o objetivo de reforçar a fiscalização de trânsito na região e aumentar a segurança para quem trafega naquela importante rodovia. Na região das aldeias, não é tão raro a ocorrência de assaltos naquele trecho, localizado entre Grajaú e Barra do Corda. O enfrentamento a criminalidade foi realizado por agentes da PRF, que fizeram rondas diuturnamente sempre realizando abordagens a veículos e fiscalizando seus ocupantes. Um homem foi detido e conduzido para a delegacia de Polícia Civil por porte ilegal de arma de fogo. Ele portava uma espingarda Cal 32. 

No quesito trânsito, um dos trabalhos realizados foi a colocação do radar móvel, que, em apenas três dias, flagrou mais de 300 veiculos transitando com velocidade acima do permitido. Um dos veículos fotografados pelo aparelho portátil da PRF transitava a 175km/h. 

O nome da Operação se deve a uma das aldeias indígenas daquela região. Há alguns meses a PRF realizou a Operação Canabrava I, direcionada ao enfrentamento de assaltos e apreensão de veículos clonados. Naquela ocasião os trabalhos se estenderam até São Domingos do Maranhão e Colinas, quando foram apreendidas várias caminhonetes de luxo, todas com ocorrência de roubo ou furto.

Outras operações deverão ser realizadas na BR 226 com o mesmo objetivo de dar mais segurança aos usuários daquela rodovia, incrementar a fiscalização de trânsito e evitar acidentes.

Fonte: PRF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:05

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), através da Coordenação de Educação para o Trânsito, e em parceria com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), participou da última operação Lei Seca de 2017, neste fim de semana, com o objetivo de desestimular o uso de bebida alcoólica por motoristas.

A ação fiscalizatória aconteceu na Avenida Professor Carlos Cunha, no Calhau, bem próximo à sede do Comando Geral da PM, e contou com a participação de dez policiais, uma viatura e uma van do BPRv, além da equipe formada por três educadores de trânsito do Detran-MA.

Os condutores parados pela blitz do BPRv também foram abordados pelos educadores do Detran-MA, que distribuíram panfletos educativos e explicaram sobre o risco de se misturar álcool e direção.

O sargento José Hortêncio Pires, que estava no comando da operação, ressaltou a importância da fiscalização. “Nós estamos cientes que a legislação atual oferece uma multa pesada com graves consequências para o condutor que insiste em dirigir alcoolizado, mas essa legislação rigorosa precisa vir acompanhada de um trabalho de fiscalização intenso, e essa é a nossa parte nessa luta contra os acidentes de trânsito causados por embriaguez ao volante”, ressaltou.

Para o coordenador da ação educativa do Detran-MA, Gilmárcio Chaves, o trabalho que vem sendo realizado pelo Departamento já está colhendo resultados. “É cada vez mais comum você ver pessoas que preferem deixar o carro em casa quando vão para algum evento onde podem ingerir bebidas alcoólicas. Isso mostra que nosso trabalho está conseguindo conscientizar a população”, afirmou.

A atendente Luisa Ribeiro foi parada pela blitz quando trafegava com sua motocicleta. Ela ela passou pelo teste do etilômetro e afirmou que esse tipo de ação deixa a cidade mais segura. “A gente que segue as leis corretamente se sente mais tranquila sabendo que as autoridades estão coibindo esse pessoal que insiste em dirigir bêbado”, declarou.

Sobre a Lei Seca
A Lei nº 11.705, de 19 de junho de 2008, também chamada de Lei Seca, foi aprovada com o objetivo de diminuir os acidentes de trânsito causados por condutores alcoolizados. Além de proibir qualquer consumo de álcool, proíbe a venda de bebidas alcoólicas ao longo de rodovias federais.

Atualmente, o condutor que ingerir qualquer quantidade de bebida alcoólica e for submetido à fiscalização de trânsito está sujeito à multa, considerada gravíssima, no valor de R$ 2.934,70, e que leva à apreensão do veículo e suspensão do direito de dirigir por 12 meses. 

Em caso de reincidência, o valor da multa é dobrado. Se apresentar níveis de álcool acima de 0,33 mg/l, o motorista corre o risco de ser preso por um período de detenção de seis meses a um ano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:55

Pág. 6/6





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D