10 janeiro 2018

PIPES aumenta tarifa de passageiros e gera protesto em São Miguel do Tocantins


A população que utiliza diariamente a travessia da balsa entre as cidades de São Miguel do Tocantins e Imperatriz, no Maranhão, foram pegas de surpresa com o aumento da tarifa individual, que passou de R$ 1,00 (Um real) para R$ 2,00 (dois reais), um aumento de 100 por cento sobre o valor antigo. O valor pequeno, mas que atinge de forma significativa no bolso de quem utiliza esse transporte diariamente para chegar ao trabalho.

O que também revoltou os usuários foi o acordo entre barqueiros e a gestão da balsa PIPPES que monopolizaram o valor, tirando a opção de escolha e da livre concorrência, direito que deveria ser resguardado. O aumento gerou protestos durante toda a semana e reuniões com a gestão da empresa PIPES [proprietária da balsa], mas até agora sem nenhuma solução.

Apenas os vereadores Murilo e Yanes da cidade de São Miguel se posicionaram contra o aumento, os demais permanecem estranhamente em silencio até o momento, reclama um dos lideres do movimento.

 Na reunião ocorrida no ultimo sábado (6) ficou decido pela continuidade do protesto e os manifestantes buscam em um baixo assinado uma quantidade de assinatura significativa de usuários que sensibilizem a empresa, visto que nenhum órgão autorizou o aumento, portanto, considerado irregular até o momento.


Enquanto isso a maioria absoluta dos vereadores que deveriam representar a população de São Miguel do Tocantins continua em silencio absoluto, como se não pudesse incomodar o patrão.
Postar um comentário