12 janeiro 2018

“Piti” do Senador João Alberto é o retrato do coronelismo que governou o Maranhão

Em final de carreira e sem nenhuma perspectiva de reeleição, o senador João Alberto (o carcará) demonstrou descontrole total ao ouvir do governador Flávio Dino um pouco do balanço administrativo a frente do governo do Maranhão. O destempero de João Alberto foi tanto, que foi necessária toda a comitiva midiática para concentrar os ataques ao governador e não a baixaria do carcará.

Após décadas de desmando do clã comandado por Roseana e Sarney, seria pouco provável que João Alberto não se revelasse ao ouvir os avanços do Estado vindos do próprio Flávio Dino. A diferença, porém, é que em outros tempos João Alberto logo poderia se utilizar da máquina estatal para destilar todo o seu ódio, e é exatamente por isso o descontrole do senador. Afinal, é difícil conviver no anonimato, mesmo tendo passado 8 anos como Senador e tendo realizado tão pouco ou quase nada pelo Maranhão.


O ataque de fúria do Senador é a prova que o Maranhão está num caminho bem melhor que se estivesse sob o comando da batuta sarneysista, a mesma que trata o nosso Estado como se fosse uma província ou a casa grande do coronelismo de antigamente. 
Postar um comentário