10 abril 2018

Morador de Ribamar Fiquene é vitima de latrocínio em Imperatriz

Mais uma vítima de latrocínio e em decorrência de reação ao assalto, engrossa os dados referentes a vítimas em Imperatriz. 

No final da tarde de hoje (10) o Sr. Genivaldo da Silva (50), foi vitima de latrocínio [roubo seguido de morte] após reagir a um assalto. 


Genivaldo, que é primo do presidente da câmara de Ribamar Fiquene, sacou uma quantia em um banco da cidade e teria sido seguido pelos bandidos até um escritório de advocacia no Centro da cidade, onde ocorreu o crime. 

A polícia agora tenta identificar os criminosos e efetuar a prisão dos dois latrocidas. 

Esse tipo de crime tem se repetido na cidade e copia o drama que vive a população de Araguaína, no tocantins, que viu a cidade passar de uma cidade pacata para uma das mais violentas da região, onde assaltos e crimes de toda natureza ocorre diariamente e sem nenhum pudor por parte dos criminosos. Se a cidade de Imperatriz não cuidar através de suas autoridades do judiciário, o quanto antes, Imperatriz não será diferente de outras realidades. É só questão de tempo. 
Postar um comentário