01 agosto 2018

Pavimentação asfáltica avança em ruas no Centro de Imperatriz

Espaços, antes usados como depósitos de lixo, foram revitalizados

 por Gil Carvalho

Foram concluídos, nesta semana, os serviços de pavimentação asfáltica de mais quatro ruas situadas nas proximidades do Centro de Convenções de Imperatriz. Obra é resultado de uma parceria público-privado, celebrada entre a Prefeitura e a Faculdade Pitágoras.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Francisco Pinheiro, o conjunto de obras contemplou a execução dos serviços de drenagem profunda, terraplanagem e pavimentação asfáltica das ruas Pará, entre Urbano Santos e Gonçalves Dias; Rui Barbosa, entre Pará e Maranhão; Iracema, entre Gonçalves Dias e Barão do Rio Branco; e Barão do Rio Branco, entre Maranhão e Pará.

Segundo ele, foram executados quase 1.000 metros de pavimentação asfáltica; projeto inclui ainda drenagem superficial com a construção de meios-fios e sarjetas, além de sinalização vertical e horizontal. “Esse trabalho iniciou por uma força-tarefa envolvendo a participação das secretarias de Meio Ambiente, Planejamento Urbano, Infraestrutura e Receita Municipal, com determinação do prefeito Assis Ramos de acabar com o lixão nesta área”, enfatizou.

Prefeito lembrou que, no início da gestão, determinou à Secretaria de Planejamento Urbano, Seplu, que fossem notificados proprietários dos terrenos baldios próximos ao Centro de Convenções, área utilizada para esconderijo de ladrões e focos de transmissão de doenças.

"Ninguém podia mexer, pois contrariava interesses, porém sempre disse no que dia que eu fosse entregar Imperatriz para meu sucessor, não quero que seja a cidade do mesmo jeito que recebi. Imperatriz estará muito melhor, embora tenha que adotar medidas impopulares: colocamos máquinas, vigilância, realizamos limpeza e obrigamos a construção dos muros dos terrenos”, frisou o prefeito.

Assis Ramos afirma que “se não tivesse feito isso, jamais nasceria um novo complexo universitário, onde antes era um grande lixão a céu aberto no centro da cidade”.
Postar um comentário