31 outubro 2018

Aprovado o mestrado profissional em Pedagogia da UFMA – Imperatriz


IMPERATRIZ - O Curso de Pedagogia da Universidade Federal do Maranhão, Câmpus Imperatriz, agora contará com um mestrado profissional. Aprovado pela Capes na última sexta-feira, 26, o programa de Formação Docente em Práticas Educativas tem como objetivo a compreensão e a ressignificação das práticas educativas a partir da reflexão sobre a realidade da educação maranhense, permeada por sua contextualização em âmbito nacional.

O programa abrangerá duas linhas de pesquisa: “Linguagens, Práticas Pedagógicas e Tecnologias na Educação” e “Pluriculturalidade, Interculturalidade e Práticas Educativas Interdisciplinares”.

Serão disponibilizadas 20 vagas não somente para alunos graduados em pedagogia, como também para que tem licenciatura e bacharelado em áreas afins. O edital de abertura está previsto para o início do próximo ano e a primeira turma deve ter início no segundo semestre de 2019.

A professora Mariléia Santos Cruz da Silva, coordenadora da proposta, ressalta a importância do mestrado profissional para a cidade.

“O sonho de fazer um mestrado aqui é antigo. Foram várias tentativas e articulações; fizemos nossa proposta dentro da nossa realidade e a opção mais viável foi pelo mestrado profissional. A necessidade de se ter um mestrado em educação na nossa cidade era enorme, são várias as pessoas que realizam mais de uma graduação e não têm a oportunidade de ascensão no mercado de trabalho, por conta disso, deixamos o leque aberto para todos os bacharéis e licenciados que tenham interesse de desenvolver pesquisa voltada para as práticas pedagógicas”, afirma.

Quatro programas no câmpus Imperatriz

O câmpus Imperatriz passa a oferecer agora quatro programas de Mestrado: o Programa de Pós Graduação em Ciência dos Materiais e os novos programas aprovados esse ano, o Programa de Pós Graduação em Sociologia (com inscrições abertas), o Programa de Pós Graduação em Comunicação e o Programa Formação Docente em Práticas Educativas.

Mais informações no site: www.imperatriz.ufma.br.
Postar um comentário