04 fevereiro 2019

Governo realiza ações para garantir a trafegabilidade da MA-006


A rodovia MA-006, no Sul do Maranhão, recebe serviços de melhoramento do Governo do Maranhão, por meio dos trabalhos da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), para garantir a trafegabilidade durante o intenso período chuvoso na região. Estão em andamento ações entre a BR-230 e o município de Fortaleza dos Nogueiras e no trecho entre os municípios de Balsas a Alto Parnaíba. No trecho entre os municípios de Grajaú e Arame, estão em execução trabalhos de pavimentação.

“A gente ficava muito triste por ver essa estrada se acabando. Já vi muita gente se perder em acidentes por causa das condições dessa estrada. Agora está melhor, se comparado ao que estava antes. A gente consegue andar com mais segurança”, conta a lavradora Maria Barros. Com as obras emergenciais, o Governo do Estado garante o direito de ir e vir da população e a escoação da produção agrícola, uma das principais fontes da economia na região.

Pavimentada há quase 30 anos para interligar o Norte ao Sul do Estado, a MA-006 se tornou importante em uma das fronteiras agrícolas importantes para o Maranhão, Pará e Tocantins por onde passa parte da produção do nosso estado. Só que a estrutura da estrada não previa a realidade de um intenso fluxo de veículos, e a maior parte deles, de grande porte.

Além disso, não havia planejamento para o escoamento da água que, durante o período chuvoso, escorria no meio do asfalto. Isso, somado a falta de manutenção durante anos, causou a perda de quase todo pavimento, deixando a rodovia em péssimas condições de trafegabilidade.

Desde 2015, o Governo do Estado iniciou um plano de ação de manutenção das rodovias maranhenses, entre as quais a MA-006. Continuamente são realizados trabalhos para garantir a trafegabilidade e o transporte da produção. Paralelamente, foi elaborado um projeto para pavimentar os 122 quilômetros da rodovia, que está entre as maiores do estado. O financiamento está sendo negociado com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e o Novo Banco de Desenvolvimento da América Latina (NBD).

O secretário de Estado de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, disse que a previsão é que a CAF financie o trecho entre os municípios de Alto Parnaíba e Tasso Fragoso e o NBD entre Balsas e Tasso Fragoso. Essa é a primeira etapa da reconstrução e contempla os trechos mais críticos. A iniciativa vai concretizar o sonho de construir o Corredor de Transporte e Integração Sul Norte do Maranhão”, explicou.

Nenhum comentário: