26 maio 2020

Atraso de 7 meses da prefeitura a Clinica de Oftalmologia pode levar mulher a cegueira.

Mulher procura com urgência o atendimento em Clinicas de Oftamologias mas recebe a notícia que a prefeitura deve mais de 7 meses e poderá perder a visão por falta de compromisso do executivo municipal.

Mais uma triste revelação do estado caótico que se encontra a saúde pública na cidade de Imperatriz, mesmo com tantos recursos vindos, apesar da negativa do prefeito Assis, a prefeitura não consegue se quer honrar os compromissos com o sistema e acumula dívidas provavelmente impagáveis neste ano.

Laboratórios e clinicas conveniadas cancelam os atendimentos e pacientes que necessitam de serviços urgentes, como o caso apresentado na noite de ontem na TV Miranda (veja o vídeo) podem até perder a visão.

Além dos recursos recebidos a prefeito também não consegue justificar pra onde estão sendo investidos e 'tapia' a população com mensagens caras pagas em horários nobres.


O Hospital de Campanha compete entre os leitos ocupados, gastos injustificáveis, contratos milionários e o numero de pessoas curadas que dificilmente tiveram passagem pelo Sistema público, visto que a quantidade chega a 50% dos acometidos com o Virus Corona.

O sistema público de saúde precisa ser passado a limpo o mais rápido possível, pois os danos são irreparáveis, tanto quanto se perde vidas como quando se perde a visão.  



Nenhum comentário: