Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




07 - Segundo o secretário Alair Firmiano, de jane

 

Secretário de Saúde levou esclarecimentos acima da possibilidade de entendimento de alguns vereadores, que nem se quer sabiam o que é 'atenção básica'.

A audiência pública solicitada pela câmara para ouvir o secretário de saúde de Imperatriz, o médico Alair Firmiano, praticamente consolidou o bom trabalho que vem sendo realizado na saúde, apesar das dificuldades consideradas naturais.

O vereador Bebé Taxista limitou-se a virar contra o secretário pelo fato de “ouvi dizer” ou “o povo fala”, nada mais que isso. E travou um nível de questionamentos que acabou deixando o vereador intimidado, principalmente por não conhecer praticamente nada de como funciona o sistema de saúde do município, o que é muito ruim para um parlamentar.  A rede de atendimento, por exemplo, em um dos pontos fundamentais chamada de “atenção básica”, foi confundida com copos e água mineral. O secretário, por sua vez, tentou explicar ao parlamentar que atenção básica é outra coisa, apesar do nome parecer que seria o mínimo que deveria ser feito, como lavar o banheiro, limpar o chão e não deixar faltar água.

Alair reconhece, no entanto, que as dificuldades são pertinentes a burocratização do próprio sistema, como um problema recente no sistema do Governo Federal e a demora para recuperar equipamentos que dão problema, que na sua maioria não possui peças de reposição no país. O secretário explanou com propriedade, com sensibilidade e afastou do debate inclusive os críticos de sempre, como Carlos Hermes e Aurélio, que praticamente não participaram da audiência.

“Com todas as dificuldades a cidade de Imperatriz possui uma saúde pública melhor que em grandes centros”, explicou. Ao final, a única deficiência listada passiva de criticas ficou por conta do cumprimento de prazos da prestação de contas, questionada pelo presidente Zé Carlos, os outros questionamentos foram ofuscados pela segurança e propriedade do secretário de saúde.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:59





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D