Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Imperatriz – A suspeição dando conta que a Casa de Passagem do Santa Rita, estaria faltando comida, foi rechaçada ontem pelos vereadores Rildo Amaral e Chagão do PT. Rildo concedeu ontem entrevista ao programa Rádio Alternativo.
Órgão ligado a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes), a Casa de Passagem abriga crianças vítimas de violência praticada por familiares, onde por determinação judicial são retiradas do seio familiar até que a situação seja revestida.
Rildo Amaral garantiu durante a entrevista que a “Casa de Passagem do Santa Rita” é digna de elogio da população de Imperatriz. “O que é certo é certo, o que é errado, é errado. Mas quando há as boas atitudes, temos também que parabenizar o governo Madeira”, disse.
Ele garante ter verificado “in loco” oito tipos de alimento servidos às 26 crianças hospedadas na Casa de Passagem, inclusive alguns produtos do projeto “Cinturão Verde”, valorizando a agricultura familiar de Imperatriz.
“Infelizmente, a senhora que ligou ontem para fazer essa denúncia ao programa não falou a verdade, pois foi um denuncismo barato e vulgar dessa moradora”, rebateu o vereador Rildo Amaral. Ele enfatiza ainda a importância do projeto social que retira crianças em iminente situação de risco familiar.
Rildo Amaral observa que a comunidade precisa conhecer o funcionamento da Casa de Passagem, pois entende que é um trabalho social fundamental onde crianças recebem apoio e carinho dos servidores do município de Imperatriz.
Berçário
O vereador revelou ainda que todos os berçários da Casa de Passagem dispõem de central de ar condicionado, oferecendo conforto às crianças durante a hospedagem. “As crianças contam ainda com nutricionistas, assistentes sociais e pedagogos. A Casa de Passagem é modelo”, frisa.
O trabalho desenvolvido pela Casa de Passagem é acompanhado de perto pelo juiz da Vara da Infância e da Juventude e pelo Ministério Público Estadual (MPE) de Imperatriz.
Ouvida pela reportagem, a secretária Miriam Reis (Sedes) lamentou que pessoas sem escrúpulos e com propósito claro de querer desgastar a imagem do governo se utilize dos veículos de comunicação para espalhar mentiras. 

Por Gil  Carvalho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:16





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D