Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




No discurso de posse, Dilma prometeu que seu governo teria um slogan: "pátria educadora". Até agora é só calote.

(Do Valor) Os maiores grupos de ensino superior do país, com mais de 20 mil alunos, querem um compromisso formal do governo de que os repasses do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) que não serão pagos neste ano - de agosto a dezembro - sejam feitos em dois anos, com correção pelo IGP-M. O mecanismo, que nos últimos quatro anos bancou as mensalidades escolares de 1,82 milhão de alunos, com desembolso de R$ 23,7 bilhões, está sob novas regras.

Até agora, as escolas recebiam os repasses do Ministério da Educação (MEC) a cada 30 dias. Agora, o Fies só honrará as mensalidades deste ano até julho. O restante será pago em 2016, sendo que as regras desses repasses não foram definidas. Os grupos privados, a princípio, aceitam o adiamento, mas querem que os valores sejam corrigidos pelo IGP-M e que, em 2016, os pagamentos voltem a ser mensais.

O governo já havia decidido pagar com desfasagem os repasses das mensalidades vencidas a partir de janeiro deste ano. Os valores de dezembro de 2014, por exemplo, só serão repassados no dia 10 de fevereiro; os de janeiro, apenas em 23 de março, e assim por diante. 

As parcelas serão transferidas às escolas ao longo deste ano em oito vezes, a cada 45 dias, mas a defasagem para as instituições com mais de 20 mil alunos chegará a 4,5 meses, no caso da mensalidade de julho, a última ser honrada neste ano - o valor só será quitado em 14 de dezembro.
Em 2014, o Fies custou R$ 9 bilhões ao governo. Entre 2010 e 2014, a despesa chegou a R$ 23,7 bilhões. No Orçamento de 2015 estão previstos R$ 12,4 bilhões.

O portal do Fies na internet está fora do ar desde o dia 1º e ainda não há data para normalização. A previsão inicial era que o site voltaria a operar em 18 de janeiro, o que não aconteceu. O Ministério da Educação informa que os estudantes podem solicitar o benefício até 30 de abril. Até lá, devem negociar com as escolas o pagamento das mensalidades dos primeiros quatro meses do ano.

Coturno Noturno

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D