Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Em entrevista coletiva prestada agora a pouco, e transmitida pelo canal globo news, o presidentedo STF, Joaquim Barbosa, defendeu o sistema politico brasileiro, a democracia, e disse não ver riscosao sistema, mas defendeu a eleição distrital, inclusive, explicando comofunciona a proposta e citou exemplo parecido nos Estados Unidos, onde olegislador constantemente presta contas diretamente do seu mandato ao seu reduto eleitoral. 

Saibacomo funciona o voto distrital:

VOTO DISTRITAL

CAUSA BÁSICA OU PROBLEMA RAIZ DO BRASIL Leia e veja que a solução é mais fácil do que você imagina.

CAUSA BÁSICA 
O Brasil tem muitos problemas, todos nós sabemos. Porém, existem os problemas de raiz, de onde se originam todos os outros.

O principal problema-raiz brasileiro é a ESTRUTURA DO SISTEMA ELEITORAL.

Esse tipo de sistema eleitoral provoca o distanciamento entre o candidato e os cidadãos, faz com que o representante do povo (vereador, deputado, senador) FIQUE FORA DO ALCANCE DA COBRANÇA DOS ELEITORES, por falta de uma base territorial de eleitores mais definida, o Distrito Eleitoral.

Outro fato que a atual estrutura eleitoral provoca, é a necessidade do candidato ter que se comunicar com um público muito disperso e desconhecido, numa base territorial extensa, a um custo muito grande, o que torna os políticos OBRIGADOS A GASTAR O QUE NÃO TEM para serem eleitos e os faz depender de cabos eleitorais, tornando mais aguda a necessidade desses políticos de dar emprego a esses cabos, bem como participarem de meios, às vezes "estranhos", para repor os gastos com sua eleição. No sistema de VOTO DISTRITAL, o custo da campanha de um candidato é bem menor, permitindo a ascensão política de cidadãos, realmente compromissados com os interesses da sua comunidade.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA SEREM COMPREENDIDAS
POR QUE O VOTO DISTRITAL É A VERDADEIRA DEMOCRACIA? Veja abaixo:

O QUE É DEMOCRACIA:
(segundo o dicionário Aurélio)
Regime político que se funda nos princípios da soberania popular e da distribuição eqüitativa de poder, ou por outras palavras, regime de governo que se caracteriza, em sua essência, pela liberdade de votar e ser votado pela igualdade do valor do voto, de cada um, pela divisão de poderes e pelo controle da autoridade eleita.

A SOLUÇÂO QUE ESTÁ PRÓXIMA DE VOCÊ:
VOTO DISTRITAL, não obrigatório e em dois turnos em todos os níveis, desde Municipal, Estadual e Federal, dando origem ao verdadeiro estado democrático, onde os cidadãos têm IGUALDADE DE VALOR DO VOTO (*), PODER SOBRE OS SEUS REPRESENTANTES, controle efetivo da autoridade e não o contrário.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:21





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D