Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



emara.jpg

 

Estudantes de escolas da rede estadual localizadas nas regionais de Açailândia e Imperatriz recebem, nesta quinta-feira (7), e sexta-feira (8) as etapas do projeto ‘Emaranhando Sonhos: I Encontro Estadual de Grêmios Estudantis do Maranhão’. As etapas serão realizadas nas 19 Unidades Regionais de Educação (UREs), reunindo estudantes de escolas de cada unidade.

“O que este projeto propõe é tecer, em nível estadual, uma rede articulada de grêmios estudantis, propiciando a participação dos estudantes como protagonistas no processo de redemocratização do Maranhão, na escola e comunidade, efetivando uma gestão democrática e colaborando com os direitos das juventudes maranhenses”, explicou Ismael Cardoso, Secretário Adjunto de Programas e Projetos Especiais da Seduc.

As etapas regionais serão preparatórias para o I Encontro Estadual, e acontecem entre 9 de maio e 13 de junho. Em cada encontro são esperados, em média, 500 estudantes.  
Os encontros regionais serão realizados em escolas polos. Na cidade de Açailândia será realizado Centro de Ensino Professor Antônio Carlos Beckman, localizado na rua Marly Sarney, s/n, Centro, das 8h até às 16h. 

Em Imperatriz, o encontro acontecerá no Centro de Ensino Governador Archer, localizado na rua Cel. Manoel Bandeira, 847, Centro, das 8h às 16h.
Em cada regional serão eleitos os delegados municipais que irão representar os grêmios das escolas do seu município no I Encontro Estadual, previsto para acontecer de 20 a 22 de junho. 

Nos dias 12 e 13 de junho, será a vez de Pedreiras e Bacabal.

Serviço
O QUÊ? Etapa regional do Emaranhando Sonhos: I Encontro Estadual de Grêmios Estudantis”;

ONDE? Açailândia: Centro de Ensino Professor Antônio Carlos Beckman, localizado na rua Marly Sarney, s/n, Centro;
Imperatriz: Centro de Ensino Governador Archer, localizado na rua Cel. Manoel Bandeira, 847, Centro;

QUANDO? Nesta quinta-feira (7) e sexta-feira (8);

HORÁRIO? 8h às 16h.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:25

10743_samara_regina_sa_silva_7015646509773125559.j

 

A expansão da Rede de Internet Gratuita do Maranhão (Maranet) para mais municípios significa uma conquista para a democratização do mundo digital. A avaliação é de maranhenses após o Governo do Estado anunciar que o serviço está chegando a mais 61 cidades. 

No total, agora são 75 pontos de acessos gratuitos à rede digital em 69 municípios, de acordo com a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). 

Os municípios contemplados receberão internet de alta velocidade, uma estrutura com o totem de quatro metros de largura e seis de altura, que é instalado em praças, feiras livres, no centro da cidade ou ponto de grande movimentação de pessoas. A área de alcance é de um raio de aproximadamente 400 metros de distância do totem.

“Eu acho interessante que o governo olhe para todos de forma igual e que se preocupe em garantir esse tipo de ação. Até porque tem muita gente que não tem condição de comprar pacotes de internet, principalmente no interior”, comenta a estudante Vanda Reis, de 16 anos, usuária ativa da rede de telefonia móvel.

Vanda ainda ressalta que os recursos que a rede digital proporciona aos estudantes reflete no aprendizado e facilita o acesso à universidade. “A gente que vai fazer vestibular futuramente, sabe que o meio para buscar ou consultar as vagas disponibilizadas nas universidades é pela internet. É na internet que a gente encontra os complementos para os estudos. Eu acho essencial essa iniciativa”, reitera. 

Para Mayckel Zaidan, de 16 anos, a medida chega para beneficiar a população que estava isolada digitalmente, apesar de possuir aparelho celular. “A gente percebe que muitas pessoas têm o celular, mas não tem condições de manter o pacote de dados. Essa ação de levar internet para todos é muito importante para que as pessoas possam passar informações livremente”, acrescenta. 

A operadora de telemarketing Samara Regina de Sá Silva avalia que a ação do Governo do Maranhão de prover internet traz mais conhecimento, inclusão digital e social: “Quem tem acesso no dia a dia à internet talvez não perceba, mas com a inauguração do serviço gratuito, muita gente será beneficiada e poderá fazer parte dessa globalização digital. Isso reflete na informação do povo. Até mesmo para ficar por dentro do que acontece em nosso país”. 

O servidor público Bruno Toledo também aprovou o programa: “Hoje a internet está mais rápida e importante que a própria televisão. Espero que o serviço seja expandido o máximo possível e que fique de qualidade”.

A Maranet

A Rede de Internet Grátis do Maranhão (Maranet) integra o Programa Cidadania Digital e já está presente em São Luís na Feira da Cidade Operária, Feira do Anjo da Guarda, na Praia Grande, no Estaleiro Escola (área Itaqui-Bacanga), na Casa do Maranhão, na Praça Deodoro, e nos municípios de Vitória do Mearim, Timon Pinheiro, Pindaré-Mirim, Arari, Imperatriz e Coroatá. Com o projeto de expansão das redes, ocorrido na última terça-feira (29), mais 61 municípios passaram a ser contemplados. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:48

10626_img_20180525_wa0035_5499996031442780123.jpg

O governador Flávio Dino recebeu, nesta sexta-feira (25), diretores e presidentes de órgãos públicos, sindicatos, empresas privadas e das Forças Armadas para discutir ações que amenizem, em âmbito estadual, os efeitos da crise federal de combustíveis, com a paralisação dos caminhoneiros nas estradas. 


A intenção é garantir serviços essenciais para a população, como transporte público coletivo, segurança, serviços de saúde e coleta de lixo. 

“A situação deriva de um problema nacional, mas demanda uma reflexão conjunta, para garantir o fluxo normal dos serviços públicos em todo o Maranhão”, disse o governador Flávio Dino. 

Para o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, a reunião denota a preocupação do Governo do Estado em atender às necessidades básicas do cidadão maranhense. 

“A posição do Governo é de atender a população. Com essa reunião fizemos uma análise de todo o problema e definimos a atuação das partes, para serem praticadas de modo integrado. Isso será feito com diálogo e ações, de modo a permitir a tranquilidade que queremos para o nosso estado”, garantiu. 

As estratégias discutidas na reunião visam expandir o acesso aos serviços públicos em todo o estado. Ted Lago, presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), que gerencia o Porto do Itaqui, afirma que o trabalho emergencial foi iniciado em São Luís, e deve se estender para o interior a partir deste sábado (26). 

“Nós já iniciamos uma estratégia especial para garantir o transporte urbano, ferry-boat, além da coleta de lixo na capital. Vamos trabalhar para ampliar o que já estamos fazendo”, disse. 

Representante da BR Distribuidora, Valmir Oliveira destaca que a reunião demonstra a preocupação do Governo em minimizar os impactos da crise federal. 

“É muito importante essa convocação por parte do governador Flávio Dino. Mostra que todo o estado está preocupado em garantir os serviços públicos, em fazer as cidades rodarem normalmente. Esse é o caminho, todos envolvidos para o bem comum”, assegurou. 

Também estiveram presentes na reunião o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior; o secretário-chefe da Casa Civil, Rodrigo Lago; o secretário de Indústria e Comércio, Expedito Júnior; o secretário de Comunicação e Articulação Política, Edinaldo Neves; o comandante da Polícia Militar do Maranhão, Coronel Luongo; o comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Célio Roberto; o presidente da Agência Estadual de Mobilidade, Lawrence Melo; e o procurador-geral do Estado, Rodrigo Maia.

Além destes, representantes das empresas privadas Raízen e Ipiranga e diretores do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão (SindCombustíveis) e Sindicado das Empresas de Transporte de São Luís (SET).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:00

987ac33d-43a6-4fe4-93cf-ba0cc77c1a09-1-256x300.jpg

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) desembarca na campital do Estado no proximo dia 16 de junho em evento onde deve lançar Maura Jorge áo governo do Maranhão e também a sua candidatura a presidente.

O anunio a da pré-candidata Maura Jorge em suas redes sociais.

“Vamos fazer desse primeiro evento um marco histórico, para que a segunda vinda de Bolsonaro seja o mais breve possível”, disse Maura Jorge.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:32




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D