Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Com quase 3 meses de salários atrasados, Dario Sampaio conseguiu ser pior que os piores prefeitos que passaram em Senador la Roque

A população da cidade de Senador La Roque não hesitou em eleger o prefeito Dario Sampaio (PP) na última eleição, mesmo sabendo das dificuldades que o mesmo teria em administrar uma cidade que ele mesmo ajudou a sucatear quando participou da gestão do ex-prefeito João Oliveira. 

Dario, é o mesmo que foi preso suspeito de envolvimento em um esquema criminoso batizado, na época, de “operação rapina”, onde configurava como contador de várias prefeituras, entre elas a própria “terra arrasada” Senador La Roque. 

Teimosos, a população resolveu dar uma chance para o prefeito, Dario Sampaio e o vice-prefeito, Rinaldo da Quejeira, ambos moradores de Imperatriz. 

Bem, seria acreditar de mais que poderia dar certo.

A última, no entanto, o Ministério Publico foi obrigado a intervir para que seja reparado o descontrole financeiro que afeta a gestão que culminou com não pagamento dos vencimentos dos servidores referentes aos meses de Novembro, Dezembro e agora às vésperas de vencer também o mês de Janeiro.

Só para exemplificar o descontrole e falta de perspectiva que passa a pobre Senador La Roque, nenhuma prefeitura da região Tocantina passa por tamanha desorganização. 

Afim de repor a ordem econômica e social, a Promotoria da Comarca de Senador La Roque ingressou, no último dia 22, com uma Ação Civil Pública contra o Município, na qual cobra a regularização do pagamento dos salários do funcionalismo municipal, ainda referentes ao ano passado (2017). 

De acordo com as investigações do Ministério Público do Maranhão, ficou comprovado que o município não vem pagando regularmente os salários desde junho de 2017, mesmo a prefeitura tendo recebido regularmente todos os repasses Fundo de Participação dos Municípios (FPM), de Saúde e Ensino (FUS e Fundeb), além de parcelas de impostos como ICMS e IPVA.

Para o promotor de justiça Edson de Miranda Cunha Filho, a situação é desumana com os servidores que sofrem com os constantes atrasos em verbas alimentares, além de ilegal, pois desrespeita a legislação, inclusive ao que determina a Constituição Federal, ressalta a ação.

O Ministério Público requer, em medida liminar, que sejam bloqueados os valores da complementação dos 15% do Fundeb 2017, que está prestes a ser recebida pela administração municipal ou, alternativamente, que seja determinado ao Município que utilize esses valores integralmente no pagamento dos salários de novembro e dezembro de 2017 ao funcionalismo público.

Em caso de descumprimento da decisão, pede-se que seja aplicada multa de 20% sobre o valor da causa diretamente ao prefeito de Senador La Rocque, além das sanções previstas ao crime de desobediência (detenção de 15 dias a dois anos, mais multa).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:50





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D