16 agosto 2017

Esquema denunciado no Fantástico tem representantes em Porto Franco


Em Porto Franco, cidade a 700 km da capital do Maranhão, São Luís, um grupo pessoas ligadas a “pirâmide d9”, foram denunciadas na delegacia local, pelo crime de estelionato. Segundo informações de uma das supostas vitimas (veja na imagem), uma grande quantidade de pessoas também teriam feitos os supostos depósitos, somando uma quantia de mais de R$ 500 mil reais, relata a denuncia.  O golpe, conhecido como D9, está sendo investigado pela Polícia Cívil do estado da Bahia e os proprietários do esquema estão foragidos. A reportagem policial foi divulgada no programa Fantástico, da TV Globo (vídeo). 

Em Porto Franco, existe um grupo no WhatsApp para “recrutar novos investidores”, que acreditam estar investindo em algo concreto, no entanto, a reportagem do fantástico e o boletim de ocorrência da advogada afirmam que o esquema seria um golpe. E não é somente pessoas sem informação que caem na proposta fantasiosa, por conhecerem e confiarem nos envolvidos todos acabam caindo, como foi o caso da advogada Faelma Teles, que foi assediada a participar da pirâmide pelo seu ex-colega de trabalho, Mardonio de Sá, que seria um dos coordenadores do D9 na região. Segundo a queixa feita pela advogada na delegacia, Mardonio de Sá prometeu um retorno semanal de US$ 170 (cento e setenta dólares) se a ex-colega fizesse um deposito na conta da D9 no valor de R$ 6.750,00.  O dinheiro foi transferido da conta da advogada para a conta do primo do Mardonio, Igresias Castro de Sá, que também participa da D9. 

A ex-secretária de Esportes do Município, Viviane Aguiar, que fez um vídeo entregando a pasta, alegando que sua dignidade e honestidade não permitiam que ela continuasse no cargo, é uma das parceiras do grupo. Inclusive, foi ela quem enviou mensagens para a vítima pedindo dados pessoais para regularização do cadastro na D9. Em seu perfil na rede social, Viviane aparece com um uma pessoa de Brasília, No texto da foto repassada a redação, ela escreveu: “Nossa meta é superar a Meta !”, nos comentários: “Aqui nós só bate de BMW a bicha é chique”. Uma alusão aos ganhos milionários que o grupo vem obtendo.

Mesmo com várias denuncias que a D9 não passa de um esquema estelionatário, um grupo de Porto Franco continuam tentando levar mais pessoas a “pirâmide” que vai resultar num prejuízo eminente aos investidores, como denuncia na reportagem do fantástico. 

Viviane Aguiar, que deixou a prefeitura por vontade própria é uma das pessoas que arquitetam um suporto protesto para o dia 7 de Setembro, feriado do dia da Independência do Brasil.

Assista a matéria abaixo:

15 agosto 2017

Doutor Dheroldy Morais deve fazer dobradinha com André Fufuca

O medico Dheroldy Morais, filho do prefeito CICIN, de Estreito, deve mesmo ser lançado para Deputado Estadual.

        Sua pré-candidatura ganha corpo e passou a ser um sentimento da região e não mais um projeto politico. 

A cidade de Estreito e as cidades da região reconhecem o potencial e a liderança de CICIN e esperam investir em Dheroldy e fortalecer mais ainda a liderança do grupo.

Dherody Morais recebeu o convite para fazer dobradinha com deputado federal André Fufuca (PP).

JEMs: João Lisboa desponta com medalhistas e classifica atletas para a etapa nacional

         

         Estudantes da cidade de João Lisboa se destacam nesse inicio do 45°JEMs – Jogos Escolares Maranhense, com medalhas em várias competições e escolas vencedoras na contagem geral da Regional Sul Maranhense. Para o secretário de Esportes, Poliano Bispo, “o apoio da prefeitura de João Lisboa é um dos fatores preponderantes para o sucesso dos competidores. Uma equipe de profissionais de educação e esporte, representado acompanham diariamente os atletas em suas competições e oferece todo o apoio, explica o secretário.

Mas a grande expectativa foi a classificação de pelo menos 7 (sete) alunos medalhistas joãolisboense para os Jogos Nacional da Juventude após a conquista da medalha de ouro em cada categoria. Os jogos Nacionais da Juventude acontecerão no mês de Setembro na cidade de Curitiba/PR e os atletas vão representar o estado do Maranhão nas competições em que foram destaques e tiveram a premiação máxima na competição estadual.

Os Jogos Escolares Maranhenses – JEM’S é o maior evento esportivo do Estado do Maranhão que envolve anualmente estudantes e professores de escolas das redes públicas estaduais, municipais e privadas de municípios maranhenses. Em 2015,os JEM’S ocorreram com participação de aproximadamente 70.000 (setenta mil) estudantes e 1.600 escolas de todo o Maranhão e tem por finalidade aumentar a participação de atividades esportivas e promover a ampla mobilização da juventude estudantil maranhense em torno do esporte. 

Estudantes/atletas classificados para participar dos jogos da juventude:

Madson Kildery (3 medalhas de Ouro no Ciclismo - Esc. Nicolau Dino),
João Vitor (2 Medalhas de Prata e 01 de Bronze no Ciclismo – Esc. Nicolau Dino),
Brenda Katherine (Medalha de Ouro no Atletismo - Prova de 250 mts – Esc. Joana Menezes),
Jessica Brito - 01 Ouro e 02 de broze - Ciclismo - Esc Nicolau Dino),
Ana Flavia (02 Ouro e 01 Prata - Ciclismo - Esc Laurentina),
Leandro Coelho (01 Ouro - Lançamento de Dardo - Esc Laurentina Pereira Mota) e
Renan Santos dos Reis (01 Ouro - 1000 mts - Esc Nicolau Dino).

O resultado geral de medalhas por modalidade
BADMINTON: 01 Ouro (dupla masculina)01 Prata (dupla masculina)03 Bronzes (dupla mista, dupla masculina e dupla mista)
ATLETISMO: 02 Ouros (1000mts e Dardo)01 Bronze (salto em distância)
XADREZ: 02 Pratas (equipe masculina equipe feminina)02 Bronzes (Blitz e Individual feminino)
CICLISMO: 02 Ouros (resistência)01 Prata (resistência)01 Bronze (resistência).
Troféu de Vice-Campeão geral feminino – CENTRO EDUCACIONAL ESPAÇO DA SABEDORIA
Troféu de Vice-Campeão geral masculino – CENTRO EDUCACIONAL ESPAÇO DA SABEDORIA
Troféu de Campeão geral feminino – U.I LAURENTINA PEREIRA MOTA Troféu de Vice-campeão geral feminino – U.I NICOLAU DINO.
 (assessoria)

14 agosto 2017

Justiça nega pedido para afastar prefeito de Porto Franco

Por ausência de provas, juiz já havia decido não afastar o prefeito de Porto Franco

O Juiz da 1ª vara Cível do Município de Porto Franco, Antônio Donizete Aranha Baleeiro, já havia decido, não acatar o pedido da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Porto Franco pelo afastamento do prefeito Nelson Horácio. A decisão é do dia 14 de julho de 2017, portanto, posterior ao pedido do MP, amplamente divulgado nos meios de comunicação durante todo o final de semana.

Vários meios de comunicação alertaram sobre o pedido do MP, no entanto, não atentaram para a decisão da Justiça que não acatou o pedido, porém, determina várias avaliações para que seja comprovado se houve ou não o repasse.

Prefeito Nelson Horácio é mantido no cargo
O prefeito Nelson gravou um vídeo (veja abaixo) onde contesta as acusações: "O áudio usado na denúncia não possui fundamentação, tendo em vista que não foi concedido o contraditório ao gestor, 'restando resquícios de edições no áudio' para fins de manipulação da opinião pública e por ser gravado sem nenhuma autorização judicial".

O prefeito explica que a questão já possui decisão judicial, portanto, a justiça negou o pedido. O prefeito afasta, ainda, qualquer possibilidade de deixar a prefeitura,  "Embora o autor tenha entrado com liminar, o pedido de afastamento foi negado. É a terceira vez em que este tem sido negado pela Justiça. No momento, não há nada que comprometa a governabilidade da atual administração", explicou Nelson.

Entenda o caso_

A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Porto Franco acionou, em 11 de julho, o atual prefeito do município, Nelson Horácio Macedo Fonseca, e os vereadores Gedeon Gonçalves dos Santos, Semeão Sobral Vilela e Francisco Elias de Sá Sousa por improbidade administrativa após a divulgação de um suposto audio entre os citados. 
A gravação teria sido feita durante uma reunião em um restaurante de Imperatriz-MA, em 19 de abril deste ano. Teriam participados o prefeito e os vereadores Nalva Veras da Silva Morais, Felipe Mota Aguiar e Rubens Sá Pereira, que gravaram toda a conversa, no entanto, o prefeito nega que existiu qualquer repasse ou acordo de má fé.







Proposta de Roberto Rocha prevê menor tarifa de energia

PL do senador oferece desconto maior para beneficiários da Tarifa Social de Energia Elétrica. Estados do Norte e Nordeste seriam os mais beneficiados

Começou a tramitar essa semana no Senado, o Projeto de Lei 260/2017, de autoria do senador Roberto Rocha (PSB-MA), que altera as faixas de consumo e percentuais de desconto aplicados aos beneficiários da Tarifa Social de Energia Elétrica. A proposta foi motiva após sucessivos aumentos na conta de luz dos brasileiros e as dificuldades de pessoas de baixa renda de pagar por esses reajustes. O último aconteceu no início de agosto, quando a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou alteração para cor vermelha a bandeira tarifária. Isso significa que o consumidor vai ter que desembolsar mais para pagar a energia no próximo mês.


Para o senador, a proposta vai beneficiar a população dos estados mais pobres, como é o do Maranhão. “O nosso estado, por exemplo, é o que tem o segundo pior IDH do Brasil e a pior renda per capita, além de possuir indicadores econômicos e sociais muito fracos. E, por outro lado, tem a maior tarifa de energia elétrica, o que é algo absolutamente contraditório”, disse Roberto Rocha.

De acordo com o projeto de lei do parlamentar maranhense, para a parcela de consumo de energia elétrica inferior ou igual a 50 kWh/mês, o desconto será de 70%. Para famílias que consumirem entre 51 e 150 kWh/mês, o desconto cai para 50%. Para a parcela compreendida entre 151 e 250 kWh/mês, o desconto será de 20%, enquanto acima de 250 kWh/mês não haverá desconto.
Roberto Rocha acredita que o projeto não terá dificuldades para ser aprovado. “Estamos procurando atender pessoas mais carentes, especialmente dos estados do Norte e do Nordeste. Como que alguém pode ser contra isso? É uma forma de diminuir as desigualdades regionais existentes no Brasil”, afirmou o senador.

“Blitz urbana” vistoria espaços públicos para propor melhorias

Levantamento prévio será encaminhado ao prefeito
           
Com o objetivo de analisar e fazer levantamentos sobre a situação urbanística de Imperatriz, equipe formada pelos gestores Francisco das Chagas (Defesa Civil), Rosa Arruda (Meio Ambiente), Fidélis Uchôa (Planejamento Urbano) e Marlon Moura (Secretário de Governo), percorreu a Praça Tiradentes, Terminal de Integração e o Camelódromo, na manhã desta quinta-feira (10). A supervisão também alcançará vários outros pontos da cidade.

            “O coreto está cheio de lixo e entulhos, e tem gambiarras de energia elétrica” – informou o superintendente Francisco das Chagas. Segundo ele, será feito um diagnóstico para que a situação seja resolvida. Depois desse levantamento, serão elaborados relatórios que serão encaminhados ao secretário de Governo e assim buscar de soluções.

            A situação não é diferente no camelódromo, com lojas abandonadas e entulhos no local. Marlon Moura coordenou a ação e informou que “o objetivo é mapear na cidade, os principais problemas nas praças e reorganizar os espaços públicos. O prefeito Assis Ramos está atento a essas questões de ordem urbana e tem interesse em buscar soluções para esses problemas”.


            Ele acrescentou que será realizada uma limpeza na área, tanto na parte do Camelódromo, como na praça, e outros locais também serão inspecionados. Foi acordado, entre a equipe, que um projeto simples para reestruturação do local será encaminhado ao prefeito.  

Praias da Ilha de São Luís voltam a ficar balneáveis após diminuição das chuvas

A diminuição das chuvas no Maranhão, nas últimas semanas, fez com que as praias da Grande São Luís voltassem a apresentar índices satisfatórios de balneabilidade. É o que aponta o laudo semanal de balneabilidade divulgado pelo Governo do Estado – realizado pelo Laboratório de Análises Ambientais (LAA), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), entre os dias 6 e 9 de agosto – na sexta-feira (11), que aponta 16 pontos próprios, dos 21 aferidos nas praias da capital e de São José de Ribamar.

A chuva é um fator que influencia a balneabilidade, pois a drenagem da água da chuva em direção à praia lava as ruas carregando a sujeira presente para rios e para o mar, prejudicando a qualidade da água. Passado o longo período de alto índice pluviométrico no Maranhão, a tendência é que o número de substâncias que tornam as praias impróprias entre em declínio, e os efeitos dos investimentos realizados pelo Governo do Estado em saneamento voltem a aparecer.

Na praia da Ponta d’Areia, todos os pontos estão balneáveis, exceto os trechos ao lado do Forte de Santo Antônio e em frente ao Hotel Brisamar. Na praia de São Marcos, o único ponto impróprio está localizado na Foz do Rio Calhau. Os pontos aferidos na praia do Olho d’Água não estão liberados para banho. Já as praias do Calhau, Meio e Araçagy estão 100% liberadas para o banho.

De acordo com o governador Flávio Dino, os investimentos para balneabilidade das praias faz parte de uma concepção de valorização dos espaços públicos, democráticos e gratuitos. “Compreendendo que uma cidade mais humana é um direito. De modo que nós teremos ao fim do nosso Governo a recuperação plena das nossas praias e, também, parques integrados a vida urbana para que as pessoas vivam melhor”, destacou.

“Houve uma melhora significativa e, se o tempo se mantiver firme, sem chuvas, a tendência é que mais pontos voltem a ficar próprios para banho”, explicou o secretário da Sema, Marcelo Coelho.

Desde o início de 2015, o Governo do Estado está investindo na ampliação do esgotamento sanitário de São Luís por meio do programa ‘Mais Saneamento’, que visa aplicar R$ 350 milhões para que a Região possa sair de 6% – cenário encontrado em janeiro de 2015 – para patamares de 70% de efluentes tratados.

Os investimentos na construção de Estações de Tratamento de Esgotos (ETEs) e de redes coletoras e estações elevatórias estão influenciando diretamente na balneabilidade das praias. Desde que a ETE do Vinhais – que tem capacidade para tratar 40% dos esgotos de São Luís – foi inaugurada e mais de 80 km de redes coletoras foram implantadas, as praias começaram a apresentar índices próprios de balneabilidade em condições normais, sem a influência das chuvas.

12 agosto 2017

OPINIÃO Reforma política ou conluio contra o cidadão brasileiro?

BRASILIA, DF, BRASIL, 02-08-2017, 19h00: Sessão da câmara dos deputados destinada inicia a votação da admissibilidade da investigação contra o presidente Michel Temer no plenário. O presidente da câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) preside a sessão. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER)


JOÃO AMOEDO
COLUNISTA DA FOLHA

A reforma política em curso tem um único objetivo: perpetuar no poder, e com direito a foro privilegiado, os principais caciques políticos.
Na proposta, instituiu-se mais um fundo para os partidos. O valor, além de exorbitante, é um acinte para um país que tem um rombo gigantesco nas suas contas e péssimos serviços públicos.

A divisão desses recursos –baseada no resultado das eleições passadas, ou seja, nas escolhas que fizemos em 2014, antes de termos conhecimento de todas as falcatruas denunciadas pela Lava Jato– é outro absurdo. É nesse cenário que os quatro partidos mais envolvidos nas investigações, PT PMDB, PSDB e PP, receberão cerca de R$ 1,5 bilhão, mais de 40% do valor total do fundo.
O sistema de votação, apelidado, cinicamente, de "distritão" é aplicado apenas no Afeganistão, Jordânia e algumas ilhas do Pacifico. Isso diz tudo sobre a sua eficácia.

As expressões utilizadas são um engodo na tentativa de enganar o cidadão: "FFD - Fundo de Financiamento Para a Democracia", que nada tem de democrático, e "distritão" que nada tem do sistema distrital.
A criação do fundo e a forma da sua distribuição, concentrando recursos nos maiores partidos, é a primeira etapa deste conluio contra o cidadão e a democracia.
A segunda etapa, com o "distritão", tem a mesma lógica: diminui o número de candidatos, dificulta a renovação e concentra poder nos caciques de cada partido, facilitando as suas reeleições.

A terceira e última etapa é a perpetuação desse modelo com a adoção da cláusula de barreira. Esta exige que os partidos tenham uma votação mínima para terem alguma representatividade.

Alguns consideram algo meritocrático e justo, mas temos que lembrar que a largada para a conquista desses votos será extremamente desigual. Partidos maiores terão mais de R$ 400 milhões, enquanto outros saem com menos de R$ 2 milhões. Não há nada de justo ou democrático nesse processo.
O silêncio dos principais candidatos à Presidência em 2018, normalmente tão ágeis e rápidos em proferir ataques pessoais, revela o endosso a essas medidas. Assim, é um engano imaginar que virá dessas pessoas a renovação que o país tanto precisa.

NOVO
O Novo tem uma proposta clara para a reforma política: somos a favor do voto facultativo, do sistema distrital misto, das candidaturas avulsas e contra a cláusula de barreira e o financiamento público.
O partido não usa o que recebe do Fundo Partidário e aguarda definição de como devolver essa verba ao Tesouro.

Os partidos devem buscar meios para se financiar e convencer os eleitores da viabilidade de suas propostas, sem ajuda de dinheiro público. Como, aliás, toda entidade da sociedade civil faz para sobreviver.

O Fundo de Financiamento da Democracia no valor de R$ 3,6 bilhões equivale a uma contribuição de R$ 25 por eleitor. Cabe ao cidadão, pagador de impostos, no momento do voto, decidir como aplicar esses recursos.

Assim, caso o FFD seja realmente aprovado, sugiro que se inclua na urna eletrônica a opção para que o eleitor defina –se existir– o partido da sua preferência, que receberá os recursos. Somente assim, teríamos, de fato, um fundo democrático.

Podemos e devemos ir às ruas fazer abaixo assinados contra essas medidas, mas a principal ferramenta de mudança está nas nossas mãos: precisamos influenciar a maior quantidade de pessoas divulgando os conceitos corretos e votando consciente em 2018.

10 agosto 2017

Para Deputado Estadual e Federal...

       

A mesma pesquisa do Instituto INTERPRETA, de Belém do Pará, que avaliou o cenário para governador em Imperatriz, também avaliou os cenários para Deputado Estadual e Federal. Os dois nomes que dominam na pesquisa é o do ex-deputado Federal, Davi Jr, que ainda aparece como favorito. Para Estadual o Deputado Marco Aurélio (PC do B) seria o mais votado. 

      Outros nomes são destaques e aparecem pela primeira vez nas pesquisas, que em breve vamos divulgar os números.

JOÃO LISBOA: Secretário participa do 16º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação


O Secretário de Educação da cidade de João Lisboa, Davison Sormanni, e membro do Conselho Nacional de Representantes da “Undime” (União Nacional dos Dirigentes de Escola), participa, durante toda a semana, do 16° Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação.

O Fórum tem a participação do Ministério da Educação e de várias entidades e institutos que fomentam ou auxiliam no desenvolvimento da educação no país, como: Unicef, Unesco, Fundação Itaú e os Institutos Natura e Ayrton Senna. O objetivo é discutir com dirigentes e equipes técnicas de secretarias municipais de educação de todo o país o tema: "Os desafios para o cumprimento do Plano Nacional de Educação (PNE) na garantia do direito à educação de todos e de cada um.” O fórum ocorre em Fortaleza (CE) entre dos dias 8 a 11 de Agosto.
Ao todo, serão quatro dias de atividades, divididas entre conferências, palestras, mesas-redondas, salas temáticas e visitas às salas de atendimento governamental. Nas salas temáticas, são debatidos seis temas: Implementação, monitoramento, avaliação dos Planos Municipais de Educação (PME) e gestão democrática; gestão pedagógica; gestão de pessoas; gestão administrativa e gestão estrutura e documentação; gestão do transporte escolar e gestão da alimentação escolar; e gestão orçamentária e financeira.
Davison Somanni destaca a iniciativa do Ministério da Educação, colocada pelo Ministro Ricardo Barros, de retomar o PSE (Programa de saúde nas escolas). “É importante a integração das secretárias de educação e saúde para bancar a eficiência e assistência ao aluno, no entanto, é preciso destacar a manutenção do trabalho, através recursos financeiros permanentes para a manutenção da ação e principalmente da qualidade”, argumentou o secretário.
            Mais de 1.200 Secretários municipais de educação de todo o país, incluído cidades importantes como São Paulo, Rio, Joinville, Belo Horizonte, Criciúma, Santos. No Maranhão, tem três dirigentes (secretários municipais de Educação) no CNR – Conselho Nacional de Representantes, sendo, dentre eles, o secretário Davison Sormanni de João Lisboa. 

09 agosto 2017

Jovem executado no mercadinho exibia-se com armas pesadas. Namorada foi assassinada em 2016

Rodrigo e Carol: a prova que o crime não compensa.

Carol -  morta pelo tráfico em 2016
 O jovem Rodrigo de Jesus Sousa, 22 anos, executado com vários tiros dentro do mercadinho, crime ocorrido na manhã de ontem (8), fazia divulgação de vídeos exibindo armas de grosso calibre (veja no vídeo abaixo)assim como a ex-namorada, Carol, morta em 2016, os dois tinham envolvimentos com o crime.

Rodrigo tinha uma vasta ficha na polícia pela pratica de assaltos a mão armada, roubos de carro e até assassinato. O crime ocorreu poucos metros do estabelecimento comercial do seu pai. 

Rodrigo era namorado de Ana Caroline, executada no ano passado com 4 tiros no beco da Roseana ou buraco fundo, como é mais conhecido o local. O crime teria ocorrido por conta de acertos com tráfico de drogas. Na época as imagens que correram as redes sociais chocaram a cidade, pela beleza e pela joviedade da vitima, no entanto, também envolvida no crime e tinha o mesmo hábito de exibir-se com armas nas redes sociais.

EXCLUSIVO: Vídeo mostra cara de estuprador pouco antes do crime no bairro São José

As imagens agora podem ajudar a identificar o criminoso e impedir que venha praticar outros estupros
Uma mulher foi brutalmente estuprada pelo individuo que aparece nas imagens de segurança da residência pouco antes do ataque. A polícia agora tenta identificar o criminoso. 

No vídeo das câmeras de segurança é possivel ver com clareza o criminoso e ele ainda observa que estava sendo filmado, o que não inibiu a pratica do crime.

O estupro ocorreu no dia 4 de Agosto no Bairro São José e a vitima teve que ser levada para o Pronto Socorro. Após o crime a vitima teve que sair da cidade por conta do trauma e receio que o estuprador possa voltar.

Quem souber o paradeiro do estuprador pode denunciar imediatamente para a polícia, ou...






Homem invade universidade armado e toca terror



Na noite de ontem (08) um homem entrou com armas em punho nas dependências da Universidade UNISULMA em Imperatriz, causando pânico entre os alunos e professores. 
Segundo informações de uma aluna, testemunha ocular do ocorrido, o jovem seria um policial e teria entrado de arma em punho para intimidar sua namorada que estuda na universidade, no entanto, a confusão se propagou após alguns professores tentarem intervir na discussão. Um advogado e professor do curso de direito teria sido agredido pelo policial.

Vários advogados e representantes da OAB foram para a Delegacia Regional e logo o comandantes da PM também compareceu. Informações ainda não confirmadas pela redação, que o homem seria um policial Militar recém formado. 

'Distritão' já para 2018, ganha força na reforma política



Ailton de Freitas / Agência O Globo


Avança articulação para adotar modelo definitivamente a partir de 2018


Apontado como o sistema eleitoral mais fácil para os atuais parlamentares se reelegerem, o chamado distritão pode ser adotado como modelo definitivo para as eleições de deputados e vereadores a partir do próximo pleito. As articulações de bastidores, sobretudo entre parlamentares do centrão, indicam apoio a essa mudança sem respeitar o acordo estabelecido com o PSDB e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de se adotar o sistema distrital misto a partir de 2022. O tema faz parte da reforma política, que deve ter a votação iniciada hoje em comissão especial.


Usado em apenas quatro países — Afeganistão, Jordânia, Vanuatu e Pitcairn —, o distritão elege para o parlamento os candidatos mais votados, independentemente do apoio que seus partidos recebam. Hoje, as cadeiras de deputados e vereadores são distribuídas primeiro de forma proporcional aos votos recebidos pelos partidos ou coligações e ocupadas pelos candidatos mais votados desses grupos.

No distrital misto que, pelo acordo, começaria a valer em 2022, o eleitor votaria duas vezes: em um representante de seu distrito e em um partido político, que apresentaria uma lista fechada. Metade das vagas seriam preenchida pelos distritais, metade pelos candidatos das listas. Para aprovar qualquer mudança, são necessários 308 votos entre os 513 deputados e 49 entre os 81 senadores.

TEMER APOIA O DISTRITÃO
Rejeitado em 2015 pela Câmara quando o ex-presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) patrocinava a mudança, o distritão ganhou adeptos recentemente diante da perspectiva de uma grande renovação da Casa devido às denúncias de corrupção contra dezenas de deputados na Operação Lava-Jato. O sistema é o preferido do presidente Michel Temer. A avaliação é que o modelo favorece candidatos conhecidos, ainda mais com as regras já aprovadas que reduziram o tempo de campanha. A ideia, no entanto, era usar o sistema apenas como uma transição.

— O que eu estou tentando trabalhar é um sistema eleitoral que faça a transição em 2018 para que a gente tente chegar ao distrital misto em 2022, que atende à maioria da sociedade brasileira — afirmou Rodrigo Maia.
O líder do PMDB na Câmara, deputado Baleia Rossi (SP), sustenta que o distritão é a única alternativa possível. Deputados e senadores de diferentes partidos, da base aliada e da oposição, fizeram reunião na noite de ontem, na residência do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), para discutir a reforma.
— A tendência é fechar com o "distritão", mesmo sem saber se haverá 308 votos em plenário. Mas este é o único caminho — disse Baleia ao chegar à casa de Eunício.
Há, no entanto, resistências na Casa ao sistema desejado pelos tucanos, movimento que começa a ganhar corpo.
— O distritão é o que aproxima mais, o que tem ampla maioria. O distrital misto não dá nem para pensar. A gente não vai aprovar isso — afirmou o líder do PTB, Jovair Arantes (GO), um dos principais líderes do centrão.
Parlamentares desse grupo afirmam que a derrubada do distrital misto pode acontecer de duas formas: na votação da reforma política agora ou, eventualmente, na próxima legislatura.
— A verdade é que tem gente querendo só enganar o PSDB. Vota agora como eles querem e depois tira o misto — afirmou um líder do centrão.

ALCKMIN CRITICA NOVAS REGRAS
Autor da emenda que institui o "distritão", o deputado Miro Teixeira (Rede-RJ) rebate as críticas e minimiza o fato de apenas poucos países periféricos adotarem este modelo:
— O povo não tem mais controle sobre o que se passa na Câmara e passará a ter, fiscalizando. Aliás, o povo já pensa que é assim, que quando são dez vagas entram os dez mais votados.
A adoção desse sistema é criticada mesmo por correligionários de Miro, como Alessandro Molon (Rede-RJ):

— A Câmara está voltada para impedir a renovação. Esse sistema piora em muito a representatividade, porque grande parte dos votos são simplesmente jogados no lixo, sem ajudar a eleger alguém por um partido.
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) é outro que já fez críticas severas ao modelo:
— Distritão é um absurdo. O nome está errado, não é distritão, é estadão, é o estado inteiro, a campanha fica mais cara.
Os debates na Câmara abrangem também o financiamento público de até R$ 4 bilhões para campanhas e a cláusula de barreira para retirar benefícios de legendas com menos de 1,5% dos votos válidos para deputado federal em nove estados.

Bebé diz que não fica no PEN


"Eu vou é procurar o presidente e desfiliar logo", disse o vereador Bebé Taxista (ainda do PEN) ao ser perguntado se iria apoiar o pré-candidato a presidente da República Jair Bolsonaro. Segundo ele, o melhor candidato é Lula (PT) ou Ciro Gomes (PDT).

O PEN é o partido que abrigará o presidenciável Bolsonaro, considerado um 'mito' nas redes sociais e agora segue como o segundo nome mais citado para presidente pelos intitutos de pesquisas. O PEN vai mudar o nome do partido para PATRIOTA, afim de identificar mais ainda com o perfil de Bolsonaro.

Bolsonaro já prometeu que virá para o Maranhão visitar os apoiadores da sua candidatura, por sinal, todos aderidos de forma expontanea.

É aguardar