17 julho 2024

VIDEO: Bolsonaro garante vinda a Imperatriz, mas somente com convite de Mariana, disse o ex-presidente.

 


O melhor posicionamento das pesquisas podem ser um dos fatores que contemplam a decisão do presidente Bolsonaro de só vir a Imperatriz através de Mariana Carvalho. Mas o discurso em defesa das pautas de direita ainda são primordiais nesse campo de avaliação. Por outro lado, Franciscano vem deslizando em números ainda pequenos e sem expressão, apesar de todo o poder financeiro que ainda o mantém na disputa. As pautas de defesa da segurança pública, contra o aborto, contra a ideologia de gênero e contra o comunismo - principalmente, se quer foram tocadas em algum momento pelo candidato do PL. Outro fator de desconforto, mesmo sendo presidente estadual da legenda, o deputado Maranhãozinho parece ter sido deixado na anti-sala das tratativas com Bolsonaro. 

No vídeo que gravou com Franciscano fica claro a defesa da unidade da direita. Bolsonaro diz que virá a Imperatriz conversar sobre política e completa afirmando que a cidade merece ser libertada da esquerda que comanda o estado, mas não citou em nenhum momento apoio a candidatura do pecuarista. 

Apesar dos mais de 10 (dez) cortes no vídeo, o que se entende é que esse apoio de Bolsonaro a direita em Imperatriz depende de um acordo, e que deve, naturalmente, "pender" para quem estiver melhor nas pesquisas, o que certamente favorecerá a Mariana Carvalho inclusive com os discursos e bandeira conservadora (relembro), o que fez com que o ex-presidente condicionasse a vinda a Imperatriz somente a convite de Mariana. 



Escândalo na licitação do transporte escolar em Porto Franco coloca Prefeitura na mira da PF



Deoclides Macedo, prefeito de Porto Franco.

A Prefeitura de Porto Franco está no centro de um novo escândalo. Uma denúncia anônima, respaldada por documentos e provas, foi protocolada no Tribunal de Contas, apontando supostas irregularidades no Pregão Eletrônico nº 001/2024, destinado à contratação de empresa para transporte escolar.

O processo licitatório beneficiou exclusivamente a empresa FILEO Empreendimentos Ltda, sediada em São Luís. Registros oficiais mostram que a empresa dispõe apenas de um Suzuki Vitara 2018, inadequado para transporte escolar.

A situação se agrava com a vistoria prévia realizada pela Prefeitura de Porto Franco nos veículos destinados ao transporte escolar, antes da conclusão do processo licitatório. Essas publicações foram removidas das redes sociais da Prefeitura.

Além disso, a denúncia destaca que a empresa ENGTRADER Ltda, que inicialmente apresentou a proposta mais vantajosa, foi desclassificada por critérios rigorosos, sugerindo possível favorecimento à FILEO Empreendimentos. O contrato, no valor de R$ 5.085.868,00, está em vigor desde março de 2024, causando danos ao erário.

Vale destacar que a Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União (CGU) detectou que a Prefeitura de Santaluz na Bahia realizou um pregão eletrônico em 2022 para contratação de serviços de transporte escolar, mas a empresa vencedora possuía apenas cinco veículos, insuficientes para a execução do contrato.

Essa operação na Bahia destaca práticas semelhantes às observadas em Porto Franco, agravadas pela vistoria antecipada dos veículos terceirizados.


com informações do jornalista Domingos Costa

Senador de Imperatriz! Médico Bene Camacho fica no Senado por tempo indeterminado.

 


O médico e suplente de senador Bene Camacho, ficará no mandato por tempo indeterminado. A decisão ocorre por conta do convite do governador a Eliziane Gama para assumir uma secretaria no governo. 

A troca ainda é questionada nos bastidores, afinal, trocar o senado pela secretaria de juventude - de baixa expressão política e que foge do "nicho" da senadora seria injustificável, entretanto, para a cidade de Imperatriz e para o padrinho político de Bene, o ex-prefeito Ildon Marques de Sousa, as razões pouco importam. 

Bene é segundo suplente da Senadora e foi indicado por Ildon na chapa. O primeiro é o prefeito de Arame, PEdro Fernandes, que concorre a reeleição e desistiu de assumir a cadeira. 

Imperatriz ganha um senador pela segunda vez. O primeiro foi o médico Antônio Leite, que foi segundo suplente de Roseana Sarney. 

16 julho 2024

Políticos, madereiros e indígenas são alvos da PF por crime ambiental no Maranhão

 


A Polícia Federal, nesta terça-feira (16), a operação Conluio Exploratório, com o objetivo de dar cumprimento a mandados de prisão preventiva, expedidos pelo Juízo da 8ª Vara Federal Ambiental e Agrária da Justiça Federal, contra responsáveis pela extração e comercialização ilegal de madeiras oriundas de terras indígenas inseridas na Amazônica Legal do Maranhão.

A operação é a segunda fase da operação Kreepym-Katejê, a qual identificou um conluio entre indígenas, madeireiros, fazendeiros e políticos locais na extração ilegal e comercialização da madeira, com a conivência por parte de alguns indígenas, ao permitir a extração de madeira, em troca de vantagem econômica indevida.

A terra indígena Geralda Toco Preta fica localizada entre os municípios de Arame e Itaipava do Grajaú/MA e, segundo estudos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), é a segunda Terra Indígena que sofre maior pressão de desmatamento.

TRE-MA confirma cassação de deputados do PSC, Fernando Braide e Welington do Curso


Quatro juízes do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) votaram nesta segunda (15) contra os Embargos de Declaração do PSC, que tentava adiar a anulação dos votos do partido nas eleições de 2022. Essa decisão resultará na cassação dos deputados Wellington do Curso e Fernando Braide.

O relator, desembargador Paulo Velten, e os juízes eleitorais José Valterson de Lima, Ângelo Antônio Alencar dos Santos e Rosângela Macieira votaram pelo não conhecimento do embargo. O juiz Rodrigo Maia pediu vistas, mas a maioria já estava formada.

O PSC foi denunciado por fraude eleitoral na cota de gênero nas eleições para deputado estadual em 2022. Em março deste ano, o TRE-MA acatou a denúncia e determinou a anulação dos votos de toda a chapa.

A anulação dos votos leva automaticamente à perda dos mandatos de Wellington do Curso e Fernando Braide. Ao rejeitar os Embargos de Declaração, o tribunal eleitoral confirma a votação anterior e a anulação dos votos.

O processo deve retornar à pauta do TRE-MA na próxima segunda (22), apenas para cumprir formalidades. Ao PSC cabe ainda o recurso especial ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).





15 julho 2024

Aniversário de Imperatriz tem show gratuito de Xand Avião*

 


_Programação acontece nesta segunda-feira, 15, na Avenida Beira-Rio_

O aniversário de Imperatriz vai ser comemorado em grande estilo. Nesta segunda-feira, 15, a Avenida Beira-Rio recebe o show gratuito de Xand Avião, a partir das 20h. A atração nacional vai se apresentar ao lado de artistas locais: Wanessa Oliver e Waguin, que abrem a programação.

O evento é uma realização do Ministério do Turismo por um pedido do Ministro André Fufuca com apoio da Associação Cultural e Educacional do Maranhão (Acema), Sesc, Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e Governo do Maranhão.

*Lazer e renda* 

Além de fazer a alegria da população imperatrizense, o show de aniversário de Imperatriz também vai gerar renda para os ambulantes. As barracas já estão todas montadas na Avenida Beira-Rio e os vendedores estão animados para fazer uma grana extra durante a programação.

Seu Alexsandro é um dos ambulantes que chegou cedo nesta segunda-feira, 15, para preparar tudo o que vai vender nesta noite. “A expectativa está muito grande, há muito tempo não tinha um evento assim, com esse cuidado para os ambulantes. É um show muito esperado em Imperatriz, um show muito grande. Estamos aqui esperando todo mundo que vai se divertir”, comentou Alexsandro Vieira Sancho.

*Reforço da segurança*

Para garantir a segurança do evento, a Polícia Militar do Maranhão vai colocar 15 viaturas e mais de 80 homens para fazer o policiamento no perímetro da Avenida Beira-Rio, além de empregar a Cavalaria e contar com o reforço de 20 soldados das Forças Especiais da Polícia Militar do Maranhão enviados de São Luís.

“Nosso esquema de segurança foi dividido em duas etapas: a primeira fase começa antes mesmo do show. Vamos colocar homens nas ruas, nos principais pontos de acesso ao local, para intensificar esse policiamento. Em um segundo momento teremos o emprego dos nossos policiais diretamente no circuito da Avenida Beira-Rio”, explicou o comandante do 3º BPM, Major Leonardo Oliveira.

_Assessoria Rildo Amaral_

13 julho 2024

Tribunal de Justiça nega suspensão de obra do grupo Mateus em Imperatriz




Tribunal de Justiça nega suspensão de obra do grupo Mateus em Imperatriz

A juíza Ana Lucrécia Bezerra Sodré (2ª Vara da Fazenda Pública) rejeitou pedidos feitos em Ação Popular para suspender as obras da construção do Mateus Supermercados na Avenida Bernardo Sayão, em Imperatriz, a qual abrange parte de espaço pública, porque os efeitos do ato questionado na Justiça já se estabilizaram na sociedade, com o passar do tempo.

De acordo com a decisão da juíza, a ação que pediu para decretar a ilegalidade do ato é improcedente (descabida), mas não impede o ajuizamento de pedido de indenização por dano ambiental que tenha sido causado em decorrência da obra, caso comprovado, para fins de responsabilização civil.

Conforme a decisão, não se trata de descuido do poder público para evitar ocupações irregulares em área pública; mas as circunstâncias da correção de ocasional ilegalidade cometida seriam mais prejudiciais à sociedade imperatrizense do que a sua manutenção.

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

Segundo informações da sentença, a área em questão está situada em região nobre da cidade, responsável por atender diretamente quatro bairros – Maranhão Novo, Três Poderes, Juçara e Nova Imperatriz, esses de grande densidade populacional e expressivo poderio econômico.

Além de se tratar de empreendimento de grande monta, responsável por empregar centenas de pessoas, de gerar renda e receitas tributárias, alcança ainda a população dos municípios vizinhos, devido à posição estratégica da cidade e de sua importância para a economia regional.

Nesse caso, avaliou a juíza, não há como deixar de considerar a importância socioeconômica do empreendimento para a cidade de Imperatriz e, mais especificamente, aos moradores e pessoas que transitam nos bairros vizinhos ao supermercado.

FUNÇÃO SOCIAL DA PROPRIEDADE

A decisão citou o desenvolvimento econômico, a função social da propriedade, o direito à propriedade privada, o fomento ao pleno emprego, de ampla proteção ao consumidor, em contraponto à mobilidade e correta ocupação dos espaços urbanos,

“Inarredavelmente mais gravosas à coletividade as consequências advindas da cassação do ato de desafetação da área pública em que parte do supermercado foi edificado, do que permitir que a situação perdure”, declarou a juíza na sentença.

Ana Lucrécia Sodré ressaltou que o espaço público ocupado, de 960m2, não resultou em obstrução da livre circulação de pessoas e veículos em seus arredores, porque há outras ruas que cortam o local e que garantem uma adequada mobilidade na área, inclusive possibilitando acesso facilitado ao supermercado.

NÃO HOUVE PREJUÍZOS AO ERÁRIO

“Não houve, igualmente, a demonstração de prejuízos ao Erário decorrente do ato de desafetação mediante permuta de imóveis, visto que em troca do espaço público avaliado em R$ 63.129,60, foram recebidos outros dois imóveis de 4.707m2, cada, avaliados em R$ 81.300,00, os quais já foram até mesmo doados pelo Município à União Federal para a construção da sede da Vara do Trabalho”, diz o texto da decisão.

Mais adiante, a sentença informa que o Mateus Supermercados juntou ao processo a Lei Municipal autorizativa da desafetação do espaço público, Licenças de Instalação e Construção, Certidão de Uso e Ocupação do Solo e Termo de Permuta de áreas urbanas.

“O caso em apreço, as provas dos autos autorizam a conclusão de que os interesses da coletividade local encontram-se satisfatoriamente tutelados em consequência da instalação do empreendimento empresarial no referido espaço público, até mais se lá houvesse tão somente uma viela de interligação com a avenida principal ladeada”, concluiu a juíza.

com informações do jornalista Neto Ferreira

Irmã da Senadora Eliziane Gama e seu “braço direito” na SFPA-MA são denunciados na Polícia Federal

Pablo Baldez e Elisvane Gama, estão sendo acusados, respectivamente, de usurpar funções públicas, fraudar o erário e coagir presidentes de entidades representativas dos pescadores.



Elisvane Gama, Superintendente Federal de Pesca e Aquicultura (SFPA-MA) e o seu “braço direito”, Pablo Baldez.

A Superintendência Regional de Polícia Federal no Maranhão (SR/PF/MA), recebeu na tarde de quarta-feira, dia 10, uma denúncia conforme Protocolo: 2024.07.10.141557.306 que aponta para desvio de recursos públicos e um pedido de apuração para o possível cometimento do crime de corrupção ativa/passiva.

Os alvos da denúncia é a senhora Elisvane Pereira Gama (foto), que atualmente ocupa o cargo de Superintendente Federal de Pesca e Aquicultura no Maranhão (SFPA-MA), irmã da Senadora Eliziane Gama (PSD) e o seu “braço direito”, Pablo Vinícius Rodrigues Baldez (foto).

Conforme o documento o qual o Blog do Domingos Costa teve acesso (cópia no final deste post), a denúncia foi formulada por dois pescadores Cícero de Sousa, do município de Lago Verde e Francinete Portela de Sousa, ambos pescadores residentes do município de Lago Verde no Maranhão.

De acordo com os relatos, Elisvane Gama é acusada de fraudar o erário e coagir presidentes de entidades representativas dos pescadores, e estaria, segundo os relatos dos pescadores denunciantes, agindo em conluio com Pablo Baldez, que usurpa a função pública no órgão federal.

A denúncia, diz também, que Pablo Vinícius, sem posse legítima de cargo na administração pública, tem atuado como se fosse funcionário da Superintendência (SFPA-MA), utilizando-se de crachá, fardamento e estrutura do órgão para negociar e emitir carteiras de pescador profissional em troca de benefícios financeiros.

“Organizaram um esquema criminoso para fraudar o erário público, negociando e ofertando à falsos pescadores a emissão de carteiras de pescador profissional ou RGP- (Registro Geral da Pesca) em troca do benefício financeiro de trezentos Reais por carteira (R$ 300,00), além de coagir presidentes das entidades de representatividade dos pescadores emitindo as carteiras de seus sócios apenas após comprometimento político para com o grupo da ora noticiada ELISVANE PEREIRA GAMA, com vista a campanha futura para o cargo de deputado no pelito eleitoral do ano de 2026”, relata a denuncia protocolada na Polícia Federal.

A prática ilícita, conforme relatado, tem causado revolta entre os pescadores do Maranhão, pois tem aumentado de forma descontrolada o número de falsos pescadores registrados, impactando negativamente a credibilidade das entidades de pesca e gerando fraudes ao INSS através do acesso indevido ao seguro defeso.

Ainda, conforme a denúncia, o “braço direito” da irmão de Eliziane Gama, que segundo o documento é “falso servidor”, participa de todos os eventos da Superintendência realizados nos municípios do Estado do Maranhão, fazendo uso de fardamento, crachá de identificação de servidor, computadores e senha para acesso ao sistema, utilizando-se de toda a estrutura do órgão como se servidor fosse

“Sabe-se que o Sr. PABLO BALDEZ passa-se por funcionário da Superintendência com aval da ora noticiada Superintendente ELISVANE GAMA, que o mesmo está diariamente nesse órgão Federal, podendo ser comprovado com uma simples visita in loco na sede do órgão federal, o mesmo possui sala de atendimento para recebimento e encaminhamento das demandas que chegam ao órgão trazidas pelos representantes das entidades de pesca, local este que negocia carteiras e coage os representantes das entidades em troca de apoio político para a noticiada ELISVANE, além de fazer uso da senha de acesso ao sistema de emissão de carteiras do órgão, senha esta, fornecida pela própria Superintendente lhe dá acesso ao banco de dados dos pescadores da Superintendência, podendo cadastrar qualquer pessoa, emitir carteira profissional do pescador (RGP) e excluir qualquer um desse sistema, tal senha, diga-se de passagem é privativa de poucos servidores daquele órgão federal”, completa o documento.

– Outro lado

O Blog do DC procurou Pablo Vinícius Rodrigues Baldez para falar a respeito da denúncia protocolada na Polícia Federal. Foram feitas 07 (sete) perguntas ao “braço direito” da irmã da senadora Eliziane, contudo, ele respondeu apenas da seguinte forma: “Olá, bom dia, você conseguiu meu contato como?”.

Pablo Baldez nada mais falou e também não atendeu nossas ligações.

Já no caso de Elisvane Pereira Gama, o Blog do DC não conseguiu manter contato. Um advogado próximo contactado ficou de enviar um posicionamento, porém, até a publicação deste post nenhuma nota foi emitida.

Contudo, após a publicação ir ao ar, Gama enviou uma nota por meio do advogado: “Superintendência Federal de Pesca e Aquicultura do Maranhão, por sua superintendente em exercício, vem informar que o senhor Pablo Baldez é o secretário da Entidade da Colônia de pescadores do Município de Anajatuba, não presta serviços em nome da Superintendência de Pesca, no entanto, é um dos colaboradores eventuais no programa pescador legal, e sua eventual participação em eventos do órgão federal decorre dessa específica relação.”

– CLIQUE AQUI E CONFIRA A ÍNTEGRA DE DENÚNCIA PROTOCOLADA NA POLÍTICA FEDERAL CONTRA ELISVANE GAMA E PACLO BALDEZ –


Protocolo feito na Polícia Federal do Maranhão.

informações exclusivas do que se tornou a irmã Eliziane, do jornalista Domingos Costa

Mariana Carvalho se consolida como a principal liderança da direita em Imperatriz.

Mídia destacou apoio de Tarcísio de Freitas a Mariana 

O crescimento de Mariana pode ser justificado por sua trajetória e consolidação do discurso conservador, e se fortalece com apoio de um time de lideranças nacionais de peso, como a Senadora do DF, Damares Alves e agora o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas. O significado, portanto, é a consolidação da pré-candidata no campo da direita, contrariando o que prega a mídia paga da esquerda no estado.

O apoio de Tarcísio declarado a Mariana torna um dos movimentos mais expressivos dos últimos dias, e deixa o eleitorado conservador eufórico com a expectativa de se identificar com uma opção importante do jogo este momento.

 Mariana não somente se diz conservadora, mas cola sua imagem ao discurso conservador, e ainda desponta com o carisma da senadora pelo DF, Damares Alves - Considerada uma das políticas mais influentes no bolsonarismo.

Durante o período que exerceu o mandato na câmara federal, Mariana não perdeu oportunidades para marcar espaço em defesa das pautas e lideranças conservadoras, e talvez por isso tem sido uma das pré-candidaturas que mais crescem em Imperatriz nesse momento.

11 julho 2024

Projeto Dança eem Trânsito movimentará público de Imperatriz com uma série de espetáculos em julho

 

O projeto patrocinado pelo Ministério da Cultura e Instituto Cultural Vale realizará apresentações gratuitas no Centro Cultural Tatajuba

Imperatriz é uma das 33 cidades brasileiras que receberá a 22ª edição do Dança em Trânsito em 2024. O projeto levará movimento, por meio da dança, e cultura ao povo imperatrizense. Com quatro apresentações que acontecerão a partir das 17h do dia 14 de julho, no Centro Cultural Tatajuba, o 22º Dança em Trânsito é apresentado pelo Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, e conta com patrocínio master do Instituto Cultural Vale e patrocínio da Volkswagen Caminhões e Ônibus e Engie Brasil Energia.


Como um dos maiores e mais abrangentes festivais internacionais de dança contemporânea do país, o Dança em Trânsito garantirá aos imperatrizenses experiências na área de residências artísticas, com oficinas de criação, workshops, abrindo canais para novos talentos da dança, além da formação de plateias, estimulando o interesse pela arte e pela dança.

O público de Imperatriz terá a oportunidade de contemplar as produções cariocas, “Em Boa Companhia”, de Helena Heizer e Guilherme Gomes; “Descaminho”, do Afrobunker e “Fantasmas”, do Grupo Tápias. Já a companhia artística de Vitor Hamamoto, de Brasília, será a segunda a se apresentar na noite do domingo, 14 de julho. 

Este ano, o festival contará com a participação de 31 companhias e artistas provenientes do Brasil e de outros 12 países: Burkina Faso, Canadá, Colômbia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, França, Israel, Itália, República Tcheca e Ucrânia. Eles ocuparão palcos e espaços públicos em 10 capitais brasileiras e 23 outras cidades com uma série de espetáculos e ações voltadas para a difusão e democratização da dança. As atividades incluem residências de criação e intercâmbio profissional, intercâmbios culturais, workshops, rodas de conversa e oficinas, promovendo a valorização do folclore e da cultura brasileira.

Oportunidade 

Na 22ª edição, o Dança em Trânsito viabilizará workshop com criação para estudantes de dança e artes cênicas, sob orientação de artistas e coreógrafos convidados de diferentes regiões do Brasil. Esses profissionais criarão coreografias para o grupo inscrito de cada uma das cidades onde forem realizadas as oficinas, contando com a apresentação de um resultado, na própria cidade.

A ação consiste em um aprofundamento nos estudos do movimento, mas especialmente na aplicação das práticas e teorias da dança no momento da cena. Assim, cidades distantes das metrópoles têm a oportunidade de receber um artista de outro lugar, reforçando espaços de troca. 

Itinerante 

A partir do dia 20 de junho, o festival Dança em Trânsito inicia sua principal etapa, que envolve uma abrangente itinerância por todas as cinco regiões do país, envolvendo 33 cidades. Até 1º de outubro, o festival passa por Belo Horizonte (MG), Brumadinho (MG), Coronel Fabriciano/Timóteo (MG), Ipatinga (MG), Governador Valadares (MG), Baixo Guandú (ES)/Aimorés (MG), Vila Velha (ES), Vitória (ES), Entre Rios do Sul (RS), Alto Bela Vista (SC), Florianópolis (SC), Curitiba (PR), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Ilha do Combú (PA), Belém (PA), Parauapebas (PA), Canaã dos Carajás (PA), Curionópolis (Serra Pelada) (PA), Brasília (DF), Imperatriz (MA), Açailândia (MA), Pindaré-Mirim (MA), Itapecuru-Mirim (MA), São Luís (MA), Quatis (RJ), Resende (RJ), Volta Redonda (RJ) e Mangaratiba/Itaguaí (RJ).

Dança em Trânsito

Criado em 2002, o Dança em Trânsito é um festival internacional de dança contemporânea que tem por objetivo valorizar, promover e democratizar esta expressão artística, seja pelo intenso intercâmbio entre artistas e companhias do Brasil e do exterior, como também pela itinerância, percorrendo desde as grandes cidades até pequenas localidades no interior do Brasil, em teatros ou espaços públicos. Sua atuação abrange ainda residências artísticas, com oficinas de criação, e workshops, abrindo canais para novos talentos da dança, e a formação de plateias, estimulando o interesse pelas artes e pela dança. O festival é parte do projeto Ciudades Que Danzan, que reúne 41 cidades em diversas partes do mundo com o intuito de difundir a dança contemporânea. Desde a sua criação, em 2002, o Dança em Trânsito já apresentou mais de 1.272 apresentações, com cerca de 114 companhias de 21 países, envolvendo mais de 43 cidades das cinco regiões do Brasil e exterior, para um público de mais de 100 mil pessoas. Em 2020, durante a pandemia, realizou uma versão online, indicada ao Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), na categoria “Difusão”, e, em 2021, a primeira edição híbrida, que envolveu 25 cidades.

Assessoria de Imprensa 

Dyego Rodrigues 

DRT-797

(98) 991706807

10 julho 2024

Grupo Qualiificar deve ampliar rede em mais 4 cidades do Maranhão

 


O Grupo Qualificar Educação, que controla a rede de ensino Seja Qualificar, com o seu ótimo posicionamento no mercado, já está com planos de inaugurar mais 4 novas unidades até dezembro de 2024. 

A meta foi estipulada em junho de 2024, pelos diretores da empresa. O plano já se encontra em ação, com a ajuda do departamentoadministrativo empresarial.

As próximas cidades no Maranhão que irão receber a instituição Seja Qualificar, são: Açailândia, Grajaú, Codó e Santa Inês.

Rejeição de Jorge Vieira surpreende e deixa prefeito de Vila Nova irritado com a falta de povo em evento

 

O local escolhido seria para estar lotado ou pelo menos 252 pessoas - referente a quantidade de títulos entregues, mas parece que não deu nem 50, o que irritou o prefeito Jorge Vieira.

O prefeito de Vila Nova dos Martírios, Jorge Vieira, viu a ausência do povo em evento realizado no ultimo dia 29 de junho, para a entrega de títulos de regularização fundiária, e quase entrou em desespero. 

Pelo menos os agraciados deveriam ter 252 - o que seria uma grande quantidade que lotaria a quadra da praça - local escolhido para mostrar liderança, mas o que viu foi o evento totalmente esvaziado, o que deixou o prefeito em pânico. No uso do microfone desabafou em desespero por conta do desastre do evento, quase que culpando o próprio povo pela decepção.  As imagens de poder da mídia da prefeitura não mostra o discurso, mas deixa bem evidente que não foi dessa vez que deu para mostrar o povo prestigiando Jorge Vieira. Em sua fala, Jorge culpou o povo por não abrir suas casas para a vistoria. 

Dois são presos pela PF em Imperatriz e São Luis. O de Imperatriz responde por homicídio pela justiça de Augustinopolis-TO

 

No último final de semana, a PF realizou duas prisões. A primeira ocorreu no dia 6/7 (sábado), no Aeroporto Marechal Cunha Machado em São Luís, quando o indivíduo desembarcava de um voo proveniente de São Paulo. Ele tinha mandado de prisão expedido pela Justiça de Goiás, pelo crime de apropriação indébita.

Já no domingo, dia 7/7, policiais federais lotados na Delegacia de Imperatriz, efetuaram a prisão de um acusado quando ele desembarcava no Aeroporto Renato Moreira, em voo proveniente de São Paulo.

A prisão preventiva foi determinada pelo juízo de Augustinópolis/TO, pela prática do crime de homicídio qualificado. Após os procedimentos legais, os acusados foram encaminhados ao sistema prisional, onde permanecem à disposição da Justiça.

09 julho 2024

Justiça proíbe divulgação de pesquisa “fraudulenta” do pré-candidato Arnoldo do Frango


Justiça proíbe divulgação de pesquisa “fraudulenta” do pré-candidato Arnoldo do Frango

BUITICUPU - Diante diversas inconsistências apresentadas durante uma pesquisa registrada sob o número MA01405/2024 no município de Buriticupu, onde coloca o pré-candidato Arnoldo do Frango com um percentual fora do contexto, diante às falhas apresentadas na pesquisa e sua suposta manipulação nos dados, a juíza de direito, Dra. URBANETE DE ANGIOLIS SILVA determinou a suspensão imediata da divulgação da respectiva pesquisa.

Além da suspensão a justiça determinou, também, multa diária de R$ 5.000,00, caso seja descumprida a ordem judicial, sob pena do crime de desobediência. Ás alegações de fraude consta nos altos do processo.

Veja abaixo a determinação da justiça eleitotal: 

Ante o exposto, defiro a tutela de urgência tão somente para determinar a suspensão imediata da divulgação da Pesquisa Eleitoral MA-01405/2024 até ulterior deliberação deste juízo, sob pena de pagamento de multa diária no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) limitada a R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), sem prejuízo das demais implicações legais cabíveis, como eventual prática de crime de desobediência, nos termos do art. 16, § 1º, da Resolução TSE nº 23.600/2019. Ademais, determino: a) intimação do Representante para ciência desta decisão; b) a notificação da ordem de suspensão imediata da divulgação da pesquisa pela empresa M R BORGES PROMOÇÕES, nome fantasia INSTITUTO VOX BRASIL PESQUISA INTELIGENCIA; c) a citação do Representado M R BORGES PROMOÇÕES, nome fantasia INSTITUTO VOX BRASIL PESQUISA INTELIGENCIA, para apresentar defesa em 2 (dois) dias, contados da data em que for realizada a notificação, nos termos dos artigos 5º, V, e 13, §4º e art. 16, §1º da Res. TSE n. 23.600/19 c/c art. 18 da Res. TSE n. 23.608/19; d) logo após a defesa, a abertura de vista ao Ministério Público Eleitoral, via expediente PJe, para emissão de parecer em 1 (um) dia, conforme artigos 12, §7º e 19, ambos da Resolução TSE nº 23.608/2019; e) por fim, apresentado ou não o parecer, voltem conclusos os autos para decisão. Registre-se. Publique-se. Intime-se. Cópia desta decisão servirá como mandado. Todos os atos neste processo serão cumpridos de ordem. Buriticupu/MA, 08 de julho de 2024. URBANETE DE ANGIOLIS SILVA Juíza Eleitoral

Coronel da reserva da PM do Tocantins é preso por formação de milícia



Coronel da reserva, Deroci Putencio, resistiu à abordagem policial e não quis entregar o punhal e a pistola e entrou em luta corporal com os policiais, que o dominaram.

Deroci Putencio de Sousa, coronel da reserva da Polícia Militar do Estado do Tocantins foi preso na manhã desta segunda-feira (08) na zona rural de Fernando Falcão, município do interior do Maranhão.

Além dele, outros nove homens também foram presos sob acusação de participação em milícia armada. Entre os presos estão um fazendeiro, policiais penais e um militar.

Quando recebeu voz de prisão, o coronel Deroci Putencio resistiu e chegou a travar uma luta corporal para não entregar a sua pistola, contudo, foi dominado pelos PM-MA e policiais civis maranhenses.

Durante a ação da Polícia Militar do Maranhão, foram apreendidas armas de fogo e punhais.

– Acusados de milicias blitzes

As investigações iniciaram após reclamações de moradores e fazendeiros locais, onde há cerca de 15 dias, muitos homens armados e desconhecidos chegaram na região e passaram a fazer segurança de uma fazenda, em que um suposto proprietário se dizia o dono das terras da região.

Os homens armados faziam blitzes e revistavam quem passava pela região. Diante dos fatos, a equipe da Polícia Civil em Barra do Corda fez o levantamento e descobriu que alguns dos seguranças tratavam-se de policiais militares.

No momento da abordagem policial, o coronel resistiu à prisão e não quis entregar o punhal e a pistola, entrando em luta corporal com os policiais civis, que o dominaram.

Alguns dos investigados são dos Estados do Tocantins e do Pará. Após os procedimentos legais, os presos foram encaminhados à penitenciária local e os militares para a custódia militar. A operação foi realizada pela 15ª Delegacia Regional de Barra do Corda, com o apoio da Força Tática do 5º e 37º BPM.
Domingos Costa

Postagem em destaque

VIDEO: Bolsonaro garante vinda a Imperatriz, mas somente com convite de Mariana, disse o ex-presidente.

  O melhor posicionamento das pesquisas podem ser um dos fatores que contemplam a decisão do presidente Bolsonaro de só vir a Imperatriz atr...